Abrir menu principal

Wikipédia β

Johann Arndt

teólogo luterano alemão

Johann Arndt ou Arnd (Ballenstedt,[1] 27 de dezembro de 1555 - Celle, 11 de maio de 1621) foi um teólogo luterano alemão, que escreveu livros de cristianismo devocional de grande influência. Embora reflexo do período da ortodoxia luterana, ele é visto como um precursor do pietismo, um movimento dentro do Luteranismo, que ganhou força no final do século XVII.

Johann Arndt
Nascimento 27 de dezembro de 1555
Ballenstedt, Harz
Morte 11 de maio de 1621 (65 anos)
Celle
Nacionalidade Alemanha alemã
Ocupação teólogo

Índice

BiografiaEditar

Arndt nasceu em Edderitz, perto de Ballenstedt, em Anhalt-Köthen, e estudou em várias universidades. Frequentou a Universidade de Helmstedt em 1576 e a de Wittenberg em 1577. Em Wittenberg a controvérsia crypto-calvinista estava no seu auge, e ele tomou o partido de Philipp Melanchthon e dos crypto-calvinistas. Continuou seus estudos em Estrasburgo, sob a orientação do professor de hebreu, Johannes Pappus (1549-1610), um luterano fervoroso, que dedicou sua vida à repressão violenta da pregação e adoração calvinista daquele tempo, e que exerceu grande influência sobre ele.

Na Basileia, novamente, estudou Teologia com Simon Sulzer (1508-1585), um estudioso liberal de tendências luteranas, cujo objetivo era o de conciliar as igrejas das confissões helvéticas e de Wittenberg. Em 1581 retornou para Ballenstedt, mas logo foi chamado de volta à vida ativa devido à sua nomeação para o pastorado em Badeborn, em 1583.

Depois de algum tempo, as suas tendências luteranas despertaram a ira das autoridades locais, que eram integrantes da Igreja Reformada. Consequentemente, em 1590, Arndt foi deposto por se recusar a retirar as imagens de sua igreja e interromper o uso de exorcismo no batismo. (Anhalt se tornaria calvinista em 1596). Ele encontrou proteção em Quedlimburgo (1590). Porém, Arndt era muito impopular entre os habitantes da cidade, e por isso foi transferido para a igreja de São Martinho em Braunschweig em 1599. Mais tarde, trabalhou em Eisleben, e de 1611 até sua morte em 1621, foi superintendente geral em Celle.

A fama de Arndt repousa em seus escritos. Estes eram principalmente de um tipo místico, devocional, e inspirados por São Bernardo, Johannes Tauler e Thomas à Kempis. Sua principal obra, Wahres Christentum (livro 1: 1605; livros 1-4: 1606-1610), isto é, "Verdadeiro Cristianismo", que foi traduzida na maioria das línguas europeias, tem servido de base para muitos livros de devoção, católicos e protestantes. Nelas, Arndt se preocupa com a união mística entre o crente e Cristo, e esforça-se, chamando a atenção para a vida de Cristo em Seu povo, para corrigir o lado puramente legal da teologia da Reforma, que prestou atenção quase exclusiva à morte de Cristo por Seu povo.

Assim como Martinho Lutero, Arndt gostava muito do pequeno livro anônimo, Theologia Germanica. Publicou uma edição dele e chamou a atenção para os seus méritos em um prefácio especial. Depois de Wahres Christentum, a obra mais conhecida de Arndt é Paradiesgärtlein aller christlichen Tugenden, que foi publicada em 1612. Os dois livros foram traduzidos para o inglês: Paradiesgärtlein com o título the Garden of Paradise, e Wahres Christentum como True Christianity. Vários de seus sermões foram publicados no Buch der Predigten (1858), de R. Nesselmann. Uma edição de coleção de suas obras foi publicada em Leipzig e Görlitz em 1734.

Arndt foi tido sempre em grande consideração pelos pietistas alemães. O fundador do Pietismo, Philipp Jakob Spener, repetidamente, chamou a atenção para ele e seus escritos, e chegou mesmo ao ponto de compará-lo com Platão.

Notas

  1. Friedrich Wilhelm Bautz (1975). Arndt (Arnd), Johann (em alemão). 1 Biographisch-Bibliographisches Kirchenlexikon ed. Nordhausen: Verlag Traugott Bautz. pp. 226–227. ISBN 3-88309-013-1 

Referências

  • Este artigo incorpora texto da Encyclopædia Britannica (11ª edição), publicação em domínio público.
  •   Vários autores (1911). «Arndt, Johann». In: Chisholm, Hugh. Encyclopædia Britannica. A Dictionary of Arts, Sciences, Literature, and General information (em inglês) 11.ª ed. Encyclopædia Britannica, Inc. (atualmente em domínio público) 
  • George S. Spink, "John Arndt's Religious Thought: A Study in German Proto-Pietism" (Ph.D. diss., Temple University, 1970)
  • C. Aschmann, Essai sur la vie, etc., de J. Arndt
  • Herzog-Hauck, Realencyklopädie
  • Karl Scheele, Plato and Johann Arndt, Ein Vortrag, &c., 1857
  • Johann Arndna Christian Cyclopedia
  • Rines, George Edwin, ed. (1920). "Arndt, Johann". Encyclopedia Americana.

Ligações externasEditar

Obras on-lineEditar