Jorge Liberato Urosa Savino

Jorge Liberato Urosa Savino (Caracas, 28 de agosto de 1942 – Caracas, 23 de setembro de 2021) foi um cardeal venezuelano, arcebispo emérito de Caracas.

Jorge Liberato Urosa Savino
Cardeal da Igreja Católica
Arcebispo emérito de Caracas
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Caracas
Nomeação 19 de setembro de 2005
Entrada solene 5 de novembro de 2005
Predecessor Antonio Ignacio Velasco Garcia, S.D.B.
Mandato 2005 - 2018
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 15 de agosto de 1967
Caracas
por Dom José Humberto Cardeal Quintero Parra
Nomeação episcopal 3 de julho de 1982
Ordenação episcopal 22 de setembro de 1982
Catedral de Caracas
por Dom José Alí Lebrún Moratinos
Nomeado arcebispo 16 de março de 1990
Cardinalato
Criação 24 de março de 2006
por Papa Bento XVI
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Maria no Monte
Brasão
Coat of arms of Jorge Urosa Savino.svg
Lema PRO MUNDI VITA
Dados pessoais
Nascimento Caracas
28 de agosto de 1942
Morte Caracas
23 de setembro de 2021 (79 anos)
Nacionalidade venezuelano
Funções exercidas -Bispo-auxiliar de Caracas (1982-1990)
-Arcebispo de Valência (1990-2005)
Títulos anteriores -Bispo-titular de Vegesela na Bizacena (1982-1990)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

BiografiaEditar

Estudou no Colégio "De La Salle", Tienda Honda, em Caracas (humanidades), no Seminário Interdiocesano de Caracas (filosofia), no Seminário de Santo Agostinho, em Toronto, 1962-1965 (teologia). Depois, entrou na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, 1965-1971 (doutorado em teologia dogmática); enquanto em Roma, residiu no Pontifício Colégio Pio Latino-americano.[1][2]

Foi ordenado padre em 15 de agosto de 1967 em Caracas por José Humberto Quintero Parra, arcebispo de Caracas.[1][3] Foi professor e Reitor do Seminário San José de Caracas. Reitor do Seminário Interdiocesano "Santa Rosa de Lima", também em Caracas. Ainda, foi vigário-geral da Arquidiocese de Caracas.[1][2]

Eleito bispo-auxiliar de Caracas em 6 de julho de 1982 pelo Papa João Paulo II, foi consagrado bispo-titular de Vegesela na Bizacena em 22 de setembro, na Catedral de Caracas, por José Alí Lebrún Moratinos, arcebispo de Caracas, coadjuvado por Domingo Roa Pérez, arcebispo de Maracaibo e por Miguel Antonio Salas Salas, arcebispo de Mérida.[1][3] Foi promovido a arcebispo metropolitano de Valência na Venezuela em 16 de março de 1990. Em 19 de setembro de 2005, foi transferido para a Sé Metropolitana de Caracas.[1][2][3] Sofreu forte resistência por parte do presidente venezuelano Hugo Chávez, "devido às declarações publicadas em 26 de outubro de 1998, criticando a violência verbal que ele (Chávez) usou na campanha eleitoral. E por ter também me oposto à convocação da Assembleia Constituinte".[4]

Em 22 de fevereiro de 2006, foi anunciada a sua criação como cardeal pelo Papa Bento XVI, no Consistório de 24 de março, em que recebeu o barrete vermelho e o título de cardeal-presbítero de Santa Maria no Monte.[1][3] Foi nomeado membro do Conselho de Cardeais para o Estudo de Problemas Econômicos e Organizacionais da Santa Sé em 9 de maio de 2009.[1][2]

Em 9 de julho de 2018, o Papa Francisco aceitou sua renúncia ao governo pastoral da Arquidiocese de Caracas.[1][3]

Foi membro da Congregação para o Clero.[2]

Savino morreu em 23 de setembro de 2021 em um hospital de Caracas, aos 79 anos de idade, devido à COVID-19.[5]

ConclavesEditar

Referências

  1. a b c d e f g h The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. a b c d e Biografia no site do Vaticano
  3. a b c d e Catholic Hierarchy
  4. Ramón Antonio Pérez (22 de setembro de 2020). «15 años del ataque de Chavez al Cardenal Jorge Urosa». Aleteia. Consultado em 30 de setembro de 2020. debido a declaraciones mías publicadas en El Nacional el 26 de octubre del 1998, criticando la violencia verbal que él (Chávez) utilizaba en la campaña electoral. Y por haberme opuesto también a la convocatoria a la Constituyente 
  5. «Fallece el cardenal venezolano Jorge Liberato Urosa Savino». Diario Libre (em espanhol). 23 de setembro de 2021. Consultado em 23 de setembro de 2021 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Jorge Liberato Urosa Savino


Precedido por
Dom Alfredo Torres Romero
 
Bispo-titular de Vegesela na Bizacena

1982 — 1990
Sucedido por
Dom Segundo René Coba Galarza
Precedido por
Dom Luis Eduardo Henríquez Jiménez
 
Arcebispo de Valência

1990 - 2005
Sucedido por
Dom Reinaldo Del Prette Lissot
Precedido por
Dom Antonio Ignacio Velasco Garcia, S.D.B.
 
Arcebispo de Caracas

2005 - 2018
Sucedido por
sede vacante
Precedido por
Dom Jaime Cardeal Sin
 
Cardeal-presbítero de
Santa Maria no Monte

2006 - 2021
Sucedido por
sede vacante