Abrir menu principal

José de Sousa Nunes

José de Sousa Nunes
Nacionalidade Portugal Portugal
Ocupação Engenheiro, ferroviário
Empregador Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses
Cargo Engenheiro chefe da Divisão de Via e Obras

José de Sousa Nunes foi um engenheiro e ferroviário português.

BiografiaEditar

Iniciou a sua carreira em 1919, como engenheiro praticante na Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.[1] Em 1927, foi promovido a chefe de serviço das Instalações Eléctricas na Divisão de Via e Obras, e, em 1930, a engenheiro chefe de serviço da Conservação de Via e Obras; pouco tempo depois, tornou-se chefe da Sala de Estudos.[1] Em 1942, passa a engenheiro subchefe, e em 1947, a engenheiro chefe da Divisão.[1] Reformou-se no dia 1 de Dezembro de 1955, após 36 anos de serviço da Companhia.[1]

Colaborou, igualmente, na organização do Pavilhão da Companhia na Exposição do Mundo Português, em 1940, tendo recebido um louvor por parte do Conselho de Administração.[1] Em 1943, chefiou as obras de construção da Colónia de Férias da Praia das Maçãs, e, em 1947, orientou a reparação dos estragos provocados por um descarrilamento na Estação Ferroviária de Vila Franca de Xira.[1] Em 1948, liderou os trabalhos de restabelecimento da circulação ferroviária na Ponte de Santana, e, no ano seguinte, organizou um comboio especial, entre Queluz e Luso, onde viajou o General Franco.[1]

Referências

  1. a b c d e f g «Figuras ferroviárias: Engenheiro José de Sousa Nunes» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 69 (1639). 179 páginas. 1 de Abril de 1956. Consultado em 28 de Abril de 2014 


  Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.