A Kyocera Corporation (京セラ株式会社 Kyōsera Kabushiki-gaisha?) é uma empresa multinacional que produz componentes eletrônicos, cerâmicas e células fotovoltaicas de energia desde 1959 do Japão.[1] Sua sede está na cidade de Quioto e possui sete subdivisões.[1]

Kyocera
Sede da Kyocera em Quioto
Razão social Kyocera Corporation
Nome nativo 京セラ株式会社
Nome romanizado Kyōsera Kabushiki-gaisha
Pública (KK)
Cotação TYO: 6971
Atividade Eletrônicos
Fundação 1959
Fundador(es) Kazuo Inamori
Sede Quioto, Quioto,  Japão
Presidente Hideo Tanimoto
Empregados c. 70 mil
Website oficial global.kyocera.com

HistóriaEditar

O produto original da Kyocera era um isolador de cerâmica conhecido como "kelcima" para uso em tubos de imagem de televisão. A empresa rapidamente adaptou suas tecnologias para produzir uma gama crescente de componentes cerâmicos para aplicações eletrônicas e estruturais.[2]

A empresa adquiriu tecnologias de fabricação de equipamentos eletrônicos e de comunicação por rádio em 1979, através de um investimento na Cybernet Electronics Corporation, que foi incorporada à Kyocera em 1982. Logo depois, a Kyocera lançou um dos primeiros laptops portáteis movidos a bateria, vendidos nos EUA como o Tandy Model 100, com tela LCD e capacidade de transferência de dados por modem por telefone.[3]

Na década de 1980, a Kyocera comercializou componentes de áudio, como CD players, receptores, toca-discos e decks de cassetes. Em 1989, a Kyocera adquiriu a Elco Corporation, fabricante de conectores eletrônicos. Em 1990, as operações globais da Kyocera se expandiram significativamente com a adição da AVX Corporation.

em 2000, a Kyocera adquiriu as operações de fabricação de telefones celulares da Qualcomm Incorporated para formar a Kyocera Wireless Corp. Em 2003, a Kyocera Wireless Corp. estabeleceu a Kyocera Wireless India (KWI), uma subsidiária de telefonia móvel em Bangalore. A KWI estabeleceu alianças com vários players líderes no fornecimento de serviços CDMA na Índia.[4]Em 2008, a Kyocera adquiriu a Sanyo Mobile, a divisão de telefonia móvel da Sanyo Electric Co., Ltd., e suas operações associadas no Japão, Estados Unidos e Canadá.

Em março de 2010, a Kyocera lançou seu primeiro Smartphone (Zio) desde 2001, depois de se concentrar em telefones de menor custo.[5] Em junho de 2010, a Kyocera adquiriu parte dos negócios de design e fabricação de telas de cristal líquido (TFT) de transistor de película fina (TFT) da subsidiária da Sony Corporation, Sony Mobile Display Corporation.

No BrasilEditar

Anunciou em 2005 um acordo para deter o naming rights do Estádio Joaquim Américo Guimarães, passando a chamá-lo de Kyocera Arena.[6] Em 2008, o acordo foi rescindido de forma unilateral pelo Atlético Paranaense por expectativas de um acordo mais lucrativo visando a candidatura da cidade de Curitiba para a Copa do Mundo FIFA de 2014.[7]

Referências

  Este artigo sobre uma corporação ou companhia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.