Lúcio Flávio (cônsul em 33 a.C.)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Lúcio Flávio.
Lúcio Flávio
Cônsul da República Romana
Consulado 33 a.C.

Lúcio Flávio (em latim: Lucius Flavius) foi um político da gente Flávia da República Romana nomeado cônsul sufecto em 33 a.C. com Caio Fonteio Capitão. Serviu no lugar de Lúcio Autrônio Peto, que abdicou em 1 de junho.

CarreiraEditar

Como crescia rapidamente a quantidade de aliados de Otaviano, este aproveitou o ano de 33 a.C. para homenagear homens de pouca reputação da aristocracia romana ou pessoas com influência nas demais cidades da Itália. Por isto, apesar de ser um aliado de Marco Antônio[1]. Foi nomeado cônsul sufecto em 33 a.C. no lugar de Lúcio Autrônio Peto em 1 de junho do mesmo ano. Apesar disto, exerceu a magistratura por apenas um mês e acabou sucedido por Mânio Acílio Glabrião[2].

Ver tambémEditar

Cônsul da República Romana
 
Precedido por:
'Lúcio Emílio Lépido Paulo (suf.)

com Marco Herênio Piceno (suf.)

Otaviano II
33 a.C.

com Lúcio Volcácio Tulo
com Lúcio Autrônio Peto
com Lúcio Flávio
com Caio Fonteio Capitão
com Marco Acílio Glabrião
com Lúcio Vinício
com Quinto Larônio

Sucedido por:
'Cneu Domício Enobarbo

com Caio Sósio


Referências

  1. Dião Cássio, Histpória Romana XLIX 44,3
  2. Broughton, p. 413

BibliografiaEditar