Lúcio Sílio Deciano

Lúcio Sílio Deciano
Cônsul do Império Romano
Consulado 94 d.C.

Lúcio Sílio Deciano (em latim: Lucius Silius Decianus) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de setembro a dezembro de 94 com Tito Pompônio Basso. O pai de Deciano foi o famoso poeta Sílio Itálico[1]. Seu irmão, Sílio Severo, morreu antes que seu pai[2]. Seu nome foi encontrado numa tubulação de água em Roma posterior a 102. Finalmente, sabe-se que Deciano foi superintendente de obras públicas em Roma (curator operum publicorum).

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Sexto Pompeu Colega

com Quinto Peduceu Priscino
com Tito Avídio Quieto (suf.)
com Sexto Lusiano Próculo (suf.)
com Caio Cornélio Raro Sêxtio (suf.)

Lúcio Nônio Calpúrnio Torquato Asprenas
94

com Tito Sêxtio Mágio Laterano
com Marco Lólio Paulino Décimo Valério Asiático Saturnino (suf.)
com Caio Âncio Aulo Júlio Quadrado (suf.)
com Lúcio Sílio Deciano (suf.)
com Tito Pompônio Basso (suf.)

Sucedido por:
'Domiciano XVII

com Tito Flávio Clemente
com Lúcio Nerácio Marcelo (suf.)
com Aulo Búcio Lápio Máximo II (suf.)
com Públio Ducênio Vero (suf.)
com Quinto Pompônio Rufo (suf.)
com Lúcio Bébio Tulo (suf.)


Referências

  1. Marcial, Epigrammata VIII 66,4
  2. Marcial, Epigrammata IX 86

BibliografiaEditar

  • Der Neue Pauly. Stuttgart 1999. T. 11. c. 557.