Abrir menu principal
Caio Cornélio Raro Sêxtio
Cônsul do Império Romano
Consulado 93 d.C.

Caio Cornélio Raro Sêxtio (em latim: Gaius Cornelius Rarus Sextius Na(..?)) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de setembro a dezembro de 93 com um colega de nome desconhecido (Túcio Cerial?). Sua existência é conhecida apenas através de uma inscrição[1] em mármore do século II que aparentemente adornava o Arco de Trajano, em Léptis Magna, instalada no começo da obra. Infelizmente ela está bastante danificada[2].

CarreiraEditar

Depois de seu consulado, foi procônsul da África entre 108 e 109. Foi provavelmente durante o seu mandato que começou a construção do Arco de Trajano, que terminou já no mandato de Quinto Pompônio Rufo, seu sucessor[3].

Sabe-se que ele foi também membro do prestigioso colégio dos quindecênviros dos fatos sagrados[1].

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b IRT 523
  2. Romanelli, Africa Italiana (Rivista di Storia e d’Arte a cura del Ministero delle Colonie) 8 vols., Bergamo, 1927—1940 VII:104 ff., fig. 12
  3. Kenneth D. Matthews, Jr. Cities in the Sand Leptis Magna and Sabratha in Roman Africa. University of Pennsylvania Press, Philadelphia, 1957