Públio Ducênio Vero

Públio Ducênio Vero
Cônsul do Império Romano
Consulado 95 d.C.

Públio Ducênio Vero (em latim: Publius Ducenius Verus) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de maio a agosto de 95 com Aulo Búcio Lápio Máximo[1][2]. Ainda vivia em 102, durante o reinado de Trajano, quando aparece como membro do Colégio de Pontífices[3]. É possível que Públio Ducênio Verres, cônsul sufecto em 124, tenha sido seu filho[4].

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Lúcio Nônio Calpúrnio Torquato Asprenas

com Tito Sêxtio Mágio Laterano
com Marco Lólio Paulino Décimo Valério Asiático Saturnino (suf.)
com Caio Âncio Aulo Júlio Quadrado (suf.)
com Lúcio Sílio Deciano (suf.)
com Tito Pompônio Basso (suf.)

Domiciano XVII
95

com Tito Flávio Clemente
com Lúcio Nerácio Marcelo (suf.)
com Aulo Búcio Lápio Máximo II (suf.)
com Públio Ducênio Vero (suf.)
com Quinto Pompônio Rufo (suf.)
com Lúcio Bébio Tulo (suf.)

Sucedido por:
'Caio Mânlio Valente

com Caio Antíscio Veto
com Quinto Fábio Postúmino (suf.)
com Tito Priférnio (suf.)
com Tibério Cácio Césio Frontão (suf.)


Referências

BibliografiaEditar

  • E. Groag, "P.Ducenius Verus 5)", RE, vol. V,1-2, Stuttgardt, 1905, col. 1755.