Ladj Ly (França, 1978) é um cineasta e roteirista francês. Vencedor do Prêmio do Júri de Festival de Cannes 2019 por Les Misérables, foi indicado ao Oscar 2020 na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.[1][2][3][4]

Ladj Ly
28 Millimètres, Portrait d'une génération, Braquage, Ladj Ly vu par JR, Les Bosquets, Montfermeil, 2004.
Nascimento 3 de janeiro de 1978 (43 anos)
Paris
Cidadania França
Ocupação diretor de cinema, cineasta, roteirista, ator
Prêmios
Obras destacadas Os Miseráveis (2019)

Processo judicialEditar

Ladj Ly se envolveu em um caso criminoso em 13 de janeiro de 2009. Ele acompanhou um amigo que desejava punir a irmã: ela acabara de voltar do Senegal onde, de acordo com rumores, ela teria tido relações sexuais com um homem casado. A moça teve um dedo quebrado e um traumatismo craniano. Em seguida, Ladj Ly acompanhou o memo amigo para pedir explicações ao homem casado: ele foi amarrado, colocado na mala de um carro, levado a uma floresta, espancado e ameaçado.

Em 2 de março de 2011, Ladj Ly foi condenado pelo tribunal de Bobigny a três anos de prisão e seu amigo a cinco. No entanto, a pena de Ladj Ly foi reduzida em apelo a dois anos, um dos quais de prisão firme.[5][6][7][8]


Referências

  Este artigo sobre um(a) cineasta é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.