Lavinia Spencer, Condessa Spencer

Lavinia Spencer
Retrato por Joshua Reynolds, localizado em Althorp.
Viscondessa Althorp
Reinado 6 de março de 178131 de outubro de 1783
Condessa Spencer
Reinado 31 de outubro de 17838 de junho de 1831
 
Cônjuge George Spencer, 2.º Conde Spencer
Descendência John Spencer, 3.º Conde Spencer
Sarah Lyttelton, Baronesa Lyttelton
Richard Spencer
Robert Cavendish Spencer
William Spencer
Harriet Spencer
Georgiana Charlotte Quin
Frederick Spencer, 4.º Conde Spencer
George Spencer
Casa Bingham (por nascimento)
Spencer (por casamento)
Nascimento 27 de julho de 1762
  Castlebar, Condado de Mayo, República da Irlanda
Morte 8 de junho de 1831 (68 anos)
  Spencer House, Cidade de Westminster, Londres, Inglaterra, Reino Unido
Enterro Igreja de Santa Maria, a Virgem, Brighton, Northamptonshire, Inglaterra, Reino Unido (atualmente em East Sussex)
Pai Charles Bingham, 1.° Conde de Lucan
Mãe Margaret Smith

Lavinia Spencer (nascida Lavinia Bingham; Castlebar, 27 de julho de 1762Spencer House, 8 de junho de 1831)[1] foi uma nobre e ilustradora irlandesa. Ela foi viscondessa Althorp, e posteriormente, condessa Spencer pelo seu casamento com George Spencer, 2.º Conde Spencer.

FamíliaEditar

Lavinia foi a filha de Charles Bingham, 1.° Conde de Lucan e de Margaret Smith. Os seus avós paternos eram Sir John Bingham, 5.° Baronete Bingham de Castlebar e Anne Vesey (Descendente de Carlos II de Inglaterra). Os seus avós maternos eram Sir James Smith, um membro do Parlamento, e Grace Dyke.

Ela teve quatro irmãos: Margaret, esposa de Thomas Lindsey; duas irmãs de nomes desconhecidos, e Richard Bingham, 2.° Conde de Lucan, marido de Elizabeth Belasyse.

BiografiaEditar

O visconde George Spencer apaixonou-se por Lavinia, e a pediu em casamento, apesar da ausência de um dote e de a família Bingham não ser particularmente distinta. Os pais de George, John Spencer, 1.º Conde Spencer e Margaret Georgiana Poyntz, não se opuseram a união, pois a consideravam bonita, inteligente, e aceitável.[2]

 
Lavinia Bingham em 1780 por Samuel Shelley.

Desta forma, eles se casaram em 6 de março de 1781, em Charles Street, em Mayfair, na cidade de Londres. A noiva tinha 18 anos, e o noivo, 22. A partir do casamento, ela tornou-se viscondessa Althorp.

Lavinia era descrita, de acordo com Amanda Foreman, como "bonita de uma maneira convencional com olhos azuis e cabelos claros, falante e inteligente, e possuía um forte senso de propriedade, o qual a Senhora Spencer aplaudia". Contudo, ela também era mal-humorada, vingativa e hipócrita. Além de ser ciumenta, ela detestava as suas cunhadas, Georgiana Cavendish, Duquesa de Devonshire, e Henrietta Ponsonby, Condessa de Bessborough.[2]

Eles moravam em Althorp, em Northamptonshire, e em Spencer House, em Londres. Lavinia se interessava por política, e o casal entretinha os líderes políticos e intelectuais da época.

Com a ascensão de George ao título de conde Spencer, em 31 de outubro de 1783, Lavinia passou a ser conhecida como condessa Spencer.

A condessa arrecadou, exclusivamente das mulheres, o dinheiro para erigir uma estátua despida de Aquiles como um atributo a Arthur Wellesley, 1.º Duque de Wellington. [3]

Elas usaram as dez mil libras para comprar uma estátua do herói mitológico, feita pelo escultor Richard Westmacott.[3]Ela foi colocada em Hyde Park, em 1822, porém, devido a sua nudez, elas foram obrigadas a adicionar uma folha de figo à obra.[3] [4]

O casal teve nove filhos, sete meninos e três meninas.

Lavinia faleceu no dia 8 de junho de 1831, aos 68 anos de idade, em Spencer House. Ela foi enterrada na Igreja de Santa Maria, a Virgem, em Brighton, em Northamptonshire. [5]

DescendênciaEditar

  • John Spencer, 3.º Conde Spencer (30 de maio de 1782 – 1 de outubro de 1845), sucessor do pai. Foi marido de Esther Acklom. Sem descendência;
  • Sarah Spencer (29 de julho de 1787 – 13 de abril de 1870), foi governanta do rei Eduardo VII do Reino Unido. Foi casada com William Lyttelton, 3.° Barão Lyttelton, com quem teve cinco filhos;
  • Richard Spencer (18 de outubro de 1789 – 20 de janeiro de 1790/91), morto jovem;
  • Sir Robert Cavendish Spencer (24 de outubro de 1791 – 4 de novembro de 1830), foi capitão da Marinha Real, e foi apontado Cavalheiro Comandante da Real Ordem Guélfica. Não se casou e nem teve filhos. Morreu no comando do navio Madagascar;
  • William Spencer (n. 1792);
  • Harriet Spencer (n. e m. 1793);
  • Georgiana Charlotte Spencer (10 de agosto de 1794 – 21 de fevereiro de 1823), foi esposa de lorde George Quin, com quem teve quatro filhos;
  • Frederick Spencer, 4º Conde Spencer (14 de abril de 1798 – 27 de dezembro de 1857), foi sucessor do irmão. Foi feito vice-almirante em 1857. Sua primeira esposa foi sua prima, Georgiana Elizabeth Poyntz, com quem teve três filhos. Com sua segunda esposa, Adelaide Horatia Seymour, teve mais dois filhos;
  • George Spencer (21 de dezembro de 1799 – 1 de outubro de 1864), como anglicano, ele foi capelão do bispo de Chester. Em 1830, George converteu-se ao catolicismo. Foi padre de 1832 a 1839 em West Bromwich.

LegadoEditar

Lavinia era uma ilustradora, e um de seus desenhos, A Pinch of Snuff, foi incluído no livro Women Painters of the World, por Walter Shaw Sparrow.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lavinia Spencer, Condessa Spencer

Referências

  1. «The Peerage». thepeerage.com 
  2. a b Foreman, Amanda (1998). Georgiana: Duchess of Devonshire. New York: Random House. p. 72. Consultado em 23 de Janeiro de 2018 
  3. a b c James, Lawrence (2002). Warrior Race: A History of the British at War. [S.l.]: Abacus History 
  4. «Sculpture: Achilles statue». londonremembers.com 
  5. «Find a Grave». findagrave.com