Abrir menu principal
Le Classique
Marseille 32 vitória(s), 112 gol(s)
PSG 40 vitória(s), 122 gol(s)
Empates 23
Total de jogos 95
Total de gols 234
editar

O Le Classique é o nome dado ao confronto de futebol entre os clubes Paris Saint-Germain Football Club e Olympique de Marseille.

Disputado pela primeira vez no dia 12 de dezembro de 1971, com vitória dos Marsellais por 4 a 2, é o único clássico francês entre equipes campeãs da Europa, pois enquanto o Olympique detém o título da Liga dos Campeões da UEFA de 1992-93, o PSG foi campeão da Recopa Europeia em 1996.

A rivalidade apenas teve ares mais sérios no final da década de 1980 e começo da de 1990, quando brigas entre torcedores entre as duas equipes se tornaram mais frequentes.

HistóriaEditar

Embora seja considerada uma das maiores rivalidades da França, há uma disparidade notável nas comparações entre os dois clubes. Enquanto o Marseille tem mais de cem anos de história, o Saint-Germain completa quarenta em 2010.

Mesmo assim, um fator foi importantíssimo para o confronto se tornar, de fato, um clássico. O Olympique, com uma nova diretoria, passou a investir muito nas contratações e conquistar títulos, quase na mesma época em que o PSG foi comprado pelo Canal+, e passou a se reforçar na mesma medida. Assim, com o canal de televisão alimentando ainda mais o interesse pelas partidas entre as equipes, a rivalidade veio à tona.[1]

Jogos decisivos e memoráveisEditar

Olympique de Marseille 1 - 0 Paris Saint-Germain (5 de maio de 1989)

Na temporada 1988-89, ambos estavam empatados na liderança da Ligue 1 com 70 pontos. Na última rodada, o confronto decidiria o título. A partida permaneceu em 0 a 0 até o último minuto, quando Franck Sauzée marcou o gol da vitória e do título Marselhano.

Paris Saint-Germain 0 - 1 Olympique de Marseille (20 de dezembro de 1992)

Novamente, os dois clubes estavam no topo da tabela. Artur Jorge, então treinador do PSG, declarou em um jornal que seu time iria "passar por cima" do Olympique, gerando muita repercussão. Bernard Tapie, presidente do Marseille na época, buscando incentivar seus jogadores, colou uma cópia da matéria no vestiário, o que acabou dando certo, dada a vitória da equipe Marselhana.

Olympique de Marseille 3 - 1 Paris Saint Germain (29 de maio de 1993)

Apenas três dias após a conquista europeia do Olympique, a vitória considerada fácil por 3 a 1 sobre os parisienses gerou revolta nos torcedores do PSG, que começaram a arremessar objetos em chamas à tribuna Ganay do estádio, ferindo diversas pessoas.

Paris Saint-Germain 2 - 1 Olympique de Marseille (4 de maio de 1990)

O Olympique estava na disputa do título com o Bordeaux, enquanto que o PSG não fazia uma boa campanha. Para completar, o clube de Paris não vencia o de Marselha pela Ligue 1 desde 1990. Porém, a vitória veio e, com ele, o tropeço fundamental do Marseille, que viu seu rival Bordeaux conquista o título francês algumas partidas mais tarde.

 
Torcida do PSG na final da Copa da França, em 2006.
Olympique de Marseille 0 - 3 Paris Saint-Germain (9 de março de 2003)

Pela primeira vez em 15 anos, o PSG venceu o Marseille no Stade Vélodrome, dificultando a luta dos Marselhanos pelo título.

Paris Saint-Germain 2 - 1 Olympique de Marseille (7 de novembro de 2004)

Com um jogador a menos desde o primeiro tempo, devido a uma expulsão injusta, o PSG conseguiu vencer seu rival, que tinha contratado recentemente dois jogadores do clube de Paris.

Olympique de Marseille 2 - 3 Paris Saint-Germain (10 de novembro de 2004)

Só três dias se passaram após a vitória heroica do PSG por 2 a 1. Dessa vez pela Copa da Liga Francesa, o Marseille logo abriu 2 a 0 no primeiro tempo. Porém, devido a falhas na defesa, a equipe parisiense conseguiu virar e venceu por 3 a 2, conquistando suas 8ª vitória consecutiva sobre o rival.

 
Torcida do OM na final da Copa da França, em 2006.
Paris Saint-Germain 0 - 0 Olympique de Marseille (5 de março de 2006)

Em protesto contra a má segurança do estádio Parc de Princes, o presidente do Marseille, Pape Diouf, decidiu mandar apenas jogadores juvenis e reservas para a partida. O empate então teve gosto de vitória para os Marselhanos.

Olympique de Marseille 1 - 2 Paris Saint-Germain (29 de abril de 2006)

Era a final da Copa da França de 2006. O Marseille ia bem nas competições em que disputava, enquanto que o PSG lutava contra o rebaixamento na Ligue 1. O favoritismo era todo da equipe de Marselha, porém o time parisiense conseguiu abrir 2 a 0 e deixou o Olympique sem espaços no campo. Apenas um gol não foi necessário para evitar a 7ª conquista da Copa do PSG.

Paris Saint-Germain 1 - 3 Olympique de Marseille (10 de setembro de 2006)

Com a vitória, o Marseille quebrou um tabu de 7 anos sem vencer no Parc de Princes, estádio do PSG.

IncidentesEditar

Como toda rivalidade no futebol, o Le Classique já ficou marcado por muitos atos de vandalismo. Embora tenha se tentado controlar esse ódio crescente entre torcedores de ambos os times, episódios lamentáveis são evidenciados cada vez mais.

EstatísticasEditar

Maiores públicos


Referências