Abrir menu principal
Liga Nacional de Futsal 2016
LNF 2016
LogoLNF2016.png
Logotipo da LNF 2016
Dados
Participantes 19
Organização LNF
Período 14 de abril12 de dezembro
Gol(o)s 838
Partidas 171
Média 4,9 gol(o)s por partida
Campeão Corinthians (1º título)
Vice-campeão Magnus
◄◄ 2015 Soccerball.svg 2017 ►►

A Liga Nacional de Futsal de 2016 foi a 21ª edição da competição, que é a principal entre clubes do futsal profissional brasileiro, desde sua criação em 1996. A tabela foi anunciada em 19 de fevereiro de 2016[1], sendo que a temporada iniciou-se em 14 de abril de 2016[2], e terminou em 12 de dezembro de 2016.

A ACBF de Carlos Barbosa entrou na temporada como campeã de 2015, já o Marreco de Francisco Beltrão foi o estrante em 2016.

Fórmula de DisputaEditar

Primeira FaseEditar

Na Primeira Fase da LNF 2016, os clubes jogam entre si em turno único. Os 16 melhores classificam-se direto para as oitavas de final, a fase de mata-mata do torneio.

Segunda FaseEditar

Oitavas de FinalEditar

Os 16 clubes classificados, iniciam as oitavas de final em formato de mata-mata em duas partidas, em caso de vitórias alternadas ou dois empates, a decisão irá para a prorrogação e pênaltis.

Quartas de FinalEditar

Restando 8 clubes classificados, iniciam-se as quartas de final, em duas partidas eliminatórias, em caso de vitórias alternadas ou dois empates, a decisão irá para a prorrogação e pênaltis.

SemifinalEditar

Os 4 semifinalistas, jogam em duas partidas eliminatórias para definir os finalistas da temporada, em caso de vitórias alternadas ou dois empates, a decisão irá para a prorrogação e pênaltis.

FinalEditar

Os dois finalistas, jogam em duas partidas eliminatórias para definir o grande campeão da temporada 2016 da LNF, em caso de vitórias alternadas ou dois empates, a decisão irá para a prorrogação e pênaltis.

ParticipantesEditar

Um total de 19 franquias disputam a Liga Nacional de Futsal na temporada 2016, 18 delas são remanescentes da temporada 2015, havendo apenas um estreante o paranaense Marreco de Francisco Beltrão.

Equipe Cidade Estado Em 2015 Ginásio (mando) Capacidade Títulos
Alaf Lajeado   RS 10º Univates 4 000[3] 0 (não possui)
Assoeva Venâncio Aires   RS Parque do Chimarrão 5 000[4] 0 (não possui)
Atlântico Erechim   RS 18º Ginásio do CER Atlântico 3 500[5] 0 (não possui)
Carlos Barbosa Carlos Barbosa   RS Sérgio Luiz Guerra 5 000[6] 5 (2001, 2004, 2006, 2009 e 2015)
Cascavel Cascavel   PR 17º Neva 1 200 0 (não possui)
Concórdia Concórdia   SC Centro de Eventos Concórdia 2 800[7] 0 (não possui)
Copagril Marechal Cândido Rondon   PR 15º Ney Braga 5 200 0 (não possui)
Corinthians São Paulo   SP Parque São Jorge 6 834[8] 1 (2016)
Floripa Florianópolis   SC 12º Rozendo Lima Vasconcelos 1 800[9] 0 (não possui)
Guarapuava Guarapuava   PR 11º Joaquim Prestes 2 200 0 (não possui)
Intelli Orlândia   SP Maurício Leite de Moraes 800[10] 2 (2012, 2013)
Jaraguá Jaraguá do Sul   SC Arena Jaraguá 8 500[11] 4 (2005, 2007, 2008, 2010)
Joinville Joinville   SC Centreventos Cau Hansen 4 000[12] 0 (não possui)
Magnus Sorocaba   SP Arena Sorocaba 4 000[13] 1 (2014)
Marreco Francisco Beltrão   PR N/A Arrudão 2 600 0 (não possui)
Minas Belo Horizonte   MG 19º Arena Vivo 3 600[14] 0 (não possui)
São José São José dos Campos   SP 13º Tênis Clube 2 500[15] 0 (não possui)
Tubarão Tubarão   SC 20º Salgadão 600[16] 0 (não possui)
Umuarama Umuarama   PR 14º Amário Vieira da Costa 3 600 0 (não possui)

GinásiosEditar

ALAF Assoeva Atlântico Carlos Barbosa Cascavel Concórdia
Univates Parque do Chimarrão Ginásio do CER Atlântico Sérgio Luiz Guerra Neva Centro de Eventos Concórdia
Capacidade: 4 000 Capacidade: 5 000 Capacidade: 3 500 Capacidade: 5 000 Capacidade: 1 200 Capacidade: 2 800
Copagril
Corinthians
Ney Braga Parque São Jorge
Capacidade: 5 200 Capacidade: 6 834
 
Floripa Guarapuava
Rozendo Lima Vasconcelos Joaquim Prestes
Capacidade: 1 800 Capacidade: 2 200
Intelli Jaraguá
Maurício Leite de Moraes Arena Jaraguá
Capacidade: 800 Capacidade: 8 500
 
Joinville Magnus
Centreventos Cau Hansen Arena Sorocaba
Capacidade: 4 000 Capacidade: 4 000
Marreco Minas São José Tubarão Umuarama
Arrudão Arena Vivo Tênis Clube Salgadão Amário Vieira da Costa
Capacidade: 2 600 Capacidade: 3 600 Capacidade: 2 500 Capacidade: 600 Capacidade: 3 600
 

Primeira FaseEditar

ClassificaçãoEditar

  Atualizado em 5 de setembro de 2016.[17]

       Classificados para às Oitavas de Final
       Eliminados
Pos Times Pts J V E D GP GC SG     %
1   Intelli 37 18 11 4 3 63 34 29 30 0 68,51
2   Copagril 36 18 10 6 2 55 39 16 31 5 66,66
3   Atlântico 35 18 11 2 5 56 36 20 44 1 64,81
4   Joinville 35 18 10 5 3 53 33 15 31 0 64,81
5   Corinthians 33 18 10 3 5 52 36 16 30 1 61,11
6   Carlos Barbosa 31 18 9 4 5 53 40 13 31 2 57,4
7   Jaraguá 30 18 9 3 6 44 45 -1 38 1 55,55
8   Assoeva 28 18 8 4 6 44 38 6 35 0 51,85
9   Concórdia 25 18 6 7 5 45 36 9 25 1 46,29
10   Magnus 22 18 6 5 7 57 61 -4 24 1 40,74
11   Floripa 22 18 6 4 8 38 45 -7 41 1 40,74
12   Umuarama 21 18 5 6 7 39 37 2 36 1 38,88
13   São José 20 18 5 5 8 33 37 -4 28 2 37,03
14   Marreco 19 18 3 10 4 26 42 -16 43 0 35,18
15   Guarapuava 18 18 4 6 8 44 52 -8 37 1 33,33
16   Minas 17 18 3 7 8 38 47 -9 27 0 31,48
17   Cascavel 14 18 4 3 11 30 45 -15 36 2 25,92
18   ALAF 12 18 1 8 9 33 51 -18 30 1 22,22
19   Tubarão 11 18 3 2 13 35 84 -44 35 1 20,37

ConfrontosEditar

  Atualizado em 17 de maio de 2016.[18]

  ALA ASS ATL CBA CAS CON COP COR FLO GUA INT JAR JOI MAG MAR MIN SJO TUB UMU
Alaf 1-1 - 3-3 1-1 - 2-2 - 4-4 2–4 - 3-3 1-1 - 1-1 - - - 2-1
Assoeva - - - R-17 - 3-1 - R-13 R-11 - R-6 R-8 - R-9 - - 10-0 R-19
Atlântico 2-1 R-7 R-18 5-2 R-17 R-10 - - R-13 5-5 - - - - R-11 - R-15 -
Carlos Barbosa - R-16 - R-12 - - R-11 R-19 R-8 - - - R-9 2-2 - 3-1 - -
Cascavel - - - - - R-8 R-19 - R-15 R-18 - 4-2 R-13 - 2-3 R-6 - R-10
Concórdia R-13 2-2 - R-15 R-7 - - - 6-2 R-12 - - - - R-10 - R-19 1-1
Copagril - - - 3-2 - R-9 4-1 - - R-7 - - 3-3 R-13 R-19 R-11 R-14
Corinthians R-18 R-14 3-0 - - R-6 - R-10 - - R-8 R-12 - R-17 - - - -
Floripa - - 0–1 - R-11 3-3 R-6 - R-18 R-9 - - R-15 R-8 - - - R-17
Guarapuava - - - - - - 5-7 R-9 - R-16 R-10 - R-19 - R-6 R-14 R-12
Intelli R-19 R-15 - R-10 - - - R-13 - - R-17 R-6 - 7-0 - R-8 11-3 -
Jaraguá - - R-14 3-1 1-0 R-18 R-16 - 5-2 - - - - R-11 - - R-9 R-7
Joinville - - R-9 2-1 - R-11 R-18 - R-7 3-2 - R-15 - R-19 - - R-16 3-0
Magnus R-11 R-12 R-6 - - 2-7 - R-16 - - R-14 R-41 R-17 - R-8 - - -
Marreco - - R-16 - 0-0 R-14 R-12 - - R-7 - - - 5-3 R-18 - - 1-1
Minas 5-0 3-3 - R-17 - - - R-7 R-16 - 3-3 R-19 R-14 - - R-9 R-12 -
São José R-7 R-18 R-12 - - R-16 - 2-1 2-4 - - R-13 R-10 3-2 R-15 - - -
Tubarão R-8 - - R-7 R-14 - - 1–5 1–3 3-5 - - - R-10 R-13 - R-17 -
Umuarama - - R-8 R-13 - - - R-15 - R-11 - - - R-18 - 6-5 3-3 R-6
1 Jogo entre Magnus e Jaraguá válido pela 4ª rodada adiado para 11 de agosto

Rodadas na liderançaEditar

Em negrito, os clubes que mais permaneceram na liderança.

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19
COR ATL CON JAR INT ATL JOI INT COP ATL INT

Rodadas na lanternaEditar

Em negrito, os clubes que mais permaneceram na lanterna.

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19
TUB LAJ TUB

Segunda FaseEditar

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados.

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 7 a 16 de outubro  21 de out. a 7 de novembro  13 a 22 de novembro  28 de nov. a 12 de dezembro
                                       
   Copagril 2 2  
15º    Guarapuava 1 1  
     Copagril 6 6  
     Floripa Futsal 3 5  
   Carlos Barbosa 4 1 (1) (1)
11º    Floripa Futsal 2 2 (1) (2)  
     Copagril 2 1 (0) (0)  
     Magnus 1 2 (0) (2)  
   Intelli 0 4 (1)  
16º    Minas 2 2 (0)  
     Intelli 1 2
     Magnus 4 2  
   Jaraguá 0 2
10º    Magnus 4 4  
     Magnus 2 2
     Corinthians 3 5
   Joinville 3 3  
13º    São José 3 2  
     Joinville 3 1 (0) (4)
     Assoeva 2 2 (0) (5)  
   Assoeva 1 3
   Concórdia 1 1  
     Assoeva 1 2
     Corinthians 1 5  
   Corinthians 5 4  
12º    Umuarama 1 2  
     Corinthians 2 7
     Atlântico 2 2  
   Atlântico 3 3 (3)
14º    Marreco 5 2 (0)  

FinalEditar

Primeiro jogoEditar

05/12/2016   Magnus 2 – 3   Corinthians
19:00

Segundo jogoEditar

12/12/2016   Corinthians 5 – 2   Magnus
19:45

PremiaçãoEditar

CampeãoEditar

Liga Nacional de Futsal de 2016
 
Sport Club Corinthians Paulista
(1º título)

Estatísticas da TemporadaEditar

Craque da RodadaEditar

O Craque da Rodada é uma eleição realizada nas redes sociais oficiais da competição, a cada rodada do torneio sendo o jogador eleito por voto popular. O vencedor de cada rodada, se credencia para disputar o prêmio Craque do Povo, ao término do campeonato.[21][22][23][24][25][26][27][28][29][30][31][32]

Rodada Jogador Time Adversário Resultado Data
  Fabio Fiuza Marreco Cascavel 0–0 15 de abril
  Galo Jaraguá ALAF 3–3 23 de abril
  Poletto Jaraguá Cascavel 1–0 3 de maio
  Fiuza Marreco Carlos Barbosa 2–2 11 de maio
  Suelton Marreco Magnus 5–3 16 de maio
  Fiuza Marreco ALAF 1–1 21 de maio
  Eduardo Jabá Copagril Intelli 1–1 27 de maio
  Rafa Carlos Barbosa Guarapuava 5–4 3 de junho
  Rafa Carlos Barbosa Magnus 3–1 10 de junho
10ª   Pelé Copagril Atlântico 3–1 18 de junho
11ª   Bruno Carlos Barbosa Corinthians 4–3 20 de junho
12ª   Adeirton Guarapuava Umuarama 1–1 25 de junho
13ª   Rangel Marreco Tubarão 4–3 1 de julho
14ª   Suita Carlos Barbosa ALAF 3–3 9 de julho
15ª   Nando Marreco São José 1–0 15 de julho
16ª   Bruno Carlos Barbosa Assoeva 3–1 2 de agosto
17ª   Bruno[PD] Carlos Barbosa Minas 2–2 8 de agosto
  Rangel[PD] Marreco Corinthians 1–3 8 de agosto
18ª   Kevin Carlos Barbosa Atlântico 4–5 23 de agosto
19ª   Marlon Carlos Barbosa Floripa Futsal 4–1 26 de agosto
Oitavas Ida   Ale Falcone Carlos Barbosa Floripa Futsal 4–2 7 de outubro
Oitavas Volta   Suelton Marreco Atlântico 2–3 (0–3) 15 de outubro
Quartas Ida   Barbosinha Copagril Floripa Futsal 6–3 22 de outubro
Quartas Volta   Pelé Copagril Floripa Futsal 1–4 (1–1) (6–5) 6 de novembro
Semifinais Ida   Genaro Assoeva Corinthians 1–1 13 de novembro
Semifinais Volta   Barbosinha Copagril Magnus 1–2 (0–0) (0–2) 27 de novembro
Final Ida   Leandro Lino Corinthians Magnus 3–2 5 de dezembro
Final Volta   Deives Corinthians Magnus 5–2 12 de dezembro
  • PD. ^ Prêmio dividido.

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Definida a tabela de jogos da LNF 2016». ligafutsal.com.br. 19 de fevereiro de 2016. Consultado em 26 de abril de 2016 
  2. «Com 19 equipes e novidades no regulamento, LNF chega à 21ª edição». sportv.globo.com. 14 de abril de 2016. Consultado em 26 de abril de 2016 
  3. «Complexo esportivo». univates.br. Consultado em 26 de abril de 2016 
  4. «Ginásio Municipal Poliesportivo do Parque do Chimarrão». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 18 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  5. «Ginásio do CER Atlântico». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 18 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  6. «Centro Municipal de Eventos Sérgio Luiz Guerra». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 18 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  7. «Centro de Eventos Concórdia». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 18 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  8. «Ginásio do Parque São Jorge». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 18 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  9. «Ginásio Rozendo Lima Vasconcelos». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 18 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  10. «Ginásio Maurício Leite de Moraes». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 18 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  11. «Arena Jaraguá». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 18 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  12. «Centreventos Cau Hansen». Terra Esportes. Consultado em 18 de janeiro de 2013 
  13. «Arena Sorocaba». GloboEsporte.com. Consultado em 18 de janeiro de 2013 
  14. «Arena Vivo». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 18 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  15. «TC São José dos Campos». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 17 de janeiro de 2013 [ligação inativa]
  16. «Ginásio Salgadão». Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Consultado em 18 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  17. «Classificação Geral 1ª Fase» (PDF). ligafutsal.com.br. Consultado em 5 de setembro de 2016 
  18. «Tabela 1ª Fase Classificatória» (PDF). ligafutsal.com.br. Consultado em 26 de abril de 2016. Arquivado do original (PDF) em 17 de abril de 2016 
  19. «Estatísticas Detalhadas – Gols». LNF. Consultado em 5 de setembro de 2016 
  20. «Estatísticas Detalhadas – Gols de goleiro». LNF. Consultado em 5 de setembro de 2016 
  21. «Craque da Rodada». facebook.com. Consultado em 5 de setembro de 2016 
  22. «Craque da 16ª Rodada». facebook.com. Consultado em 5 de setembro de 2016 
  23. «Craques da 17ª Rodada». facebook.com. Consultado em 5 de setembro de 2016 
  24. «Craque da 18ª Rodada». facebook.com. Consultado em 5 de setembro de 2016 
  25. «Craque das Oitavas de Final - Ida». facebook.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  26. «Craque das Oitavas de Final - Volta». facebook.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  27. «Craque das Quartas de Final - Ida». facebook.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  28. «Craque das Quartas de Final - Volta». facebook.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  29. «Craque das Semifinais - Ida». facebook.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  30. «Craque das Semifinais - Volta». facebook.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  31. «Craque da Final - Jogo de Ida». facebook.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  32. «Craque da Final - Jogo de Volta». facebook.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016