Lista de neguses de Axum

artigo de lista da Wikimedia

Neguses, durante o apogeu do Reino de AxumEditar

A seguir com base em S. C. Munro-Hay, Aksum: An African Civilisation of Late Antiquity.


Reinado
Nome
Notas[1]
c. 100
Zoscales
* possivelmente "Za Hacala" da lista de neguses [2]
c. 200 - c. 230
Gedara
* grafado também em gueês como GDRT ou GDR
* inscrições mencionam que teria um filho Beiga ou Beigate (BYGT) [3]
c. 230 - c. 240
Azaba
* também chamado Adeba (Adhebah), grafado em gueês como 'DBH
* inscrições mencionam seu filho Girma (GRMT) [3]
c. 240 - c. 260
Sembrutes
* conquistou o reino de Cuxe [4]
c. 260 - c. 270
Dataunas
* grafado também em gueês como DTWNS
* inscrições mencionam seu filho Zacarnas (ZQRNS)
* conquistou o reino de Himiar [5]
c. 270 - c.300
Endúbis
* iniciou a cunhagem de moedas [6]
* seu título real era bisi dakhu [7]
c. 300 - c.310
Afilas
* também chamado Filia ou Felia[8]
* seu título real era bisi dimêlê [7]
c. 310 - c.320
Uazeba I
* também grafado WZB e WDBH [9]
* seu título real era bisi zigly (zagalay) [7]
c. 320 - c.333
Usanas
* também chamado Ela Alada ou Ela Amida [10]
* seu título real era bisi gisene [11]
* pai de Ezana e Saizana
c. 333 - c. 356
Ezana
* apoiado por seu irmão Saizana ou Asbá (Atzbeha)
* possivelmente Abrá (Abreha) do Tarik Negusti [12]
* seu título real era bisi alêne [13]
* primeiro rei de Axum a se converter ao cristianismo
* filho de Usanas
c. 350
Meadeis
* também grafado MHDYS [14]
f. século IV
Uazeba II
c. 400 - c. 432
Eão
* também chamado Huina pelo Reino Himiarita (Iêmen) [15]
* seu título real era bisi dakuen [16] ou bisi anaaph, [17] ou bisi anioskal[18]
c. 432 - c. 439
Ela Amida
* também chamado Aizã
* pai de Ebana, Nezana e Tazena
c. 439 - c. 450
Ebana
c. 450 - c. 486
Nezana
* também chamado Nezol
c. 486 - c. 493
Tazena
* também chamado Usas ou Usana(s)
* pai de Elesbão (Calebe)
c. 493 - c. 531
Elesbão (Calebe)
* também grafado KLB [11]
* possivelmente Ela Atsbeha, Iúçufe Asar Iatar, Finas [19]
* seu título real era
bisi lazen (b's/lzn) [20]
* filho de Tazena
c. 531 - c. 540
Uazena
* possivelmente Ala Amida II, Sumiafa Axaua [19]
* filho de Elesbão [19]
m. século VI
Uazebe
* também grafado W'ZB [21][19]
* filho de Elesbão [21]
* possivelmente Ela (Ala) Gabaz, Za-Gabaza, Abrá (Abraha) [22][19]
* seu título real era bisi hadefan [20]
* algumas inscrições afirmam que Uazebe é Gabra Mascal enquanto outras afirmam que é seu irmão Israel[22]
m. século VI
Ioel [23]
c. 575
Hataz [23]
* identificado como Iátlia[24]
* pai de Axam [25]
c. 577
Saifu [23]
* possivelmente Ceife Du Iazã[26]
* Neto de Elesbão
c. 590
Israel [23]
* filho de Elesbão
* seu título real era bisi azzal [27]
* algumas inscrições afirmam que Israel é o irmão de Gabra Mascal (Uazebe), enquanto outras afirmam que Israel é o próprio Gabra Mascal [3]
c. 600
Gersão [23]
c. 614
Axam [23]
* filho de Hataz
* possibilidade de ser Axama ibne Abjar
* também chamado Ela Saam (Illa Ṣaḥām/Tsaham)

Ver tambémEditar

Referências

  1. Stuart Munro-Hay (1991) Aksum: An African Civilisation of Late Antiquity. Edinburgh University Press, pp. 67 e seguintes, Edinburgh ISBN 0-7486-0106-6.
  2. Kanakasabhai, V. (1989). The Tamils Eighteen Hundred Years Ago (em inglês). [S.l.]: Asian Educational Services, p. 4. ISBN 978-81-206-0150-5 
  3. a b c Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: , p. 67 
  4. Macmillan, Palgrave (2016). Layers of Time: A History of Ethiopia (em inglês). [S.l.]: Springer, pp. 28-29. ISBN 978-1-137-11786-1 
  5. Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: , pp. 71-74 
  6. Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: , p.76 
  7. a b c Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: , p.160 
  8. Selassie, Sergew Hable (1972). Ancient and Medieval Ethiopian History to 1270 (em inglês). [S.l.]: United Printers, p. 88 
  9. Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: , p.71 
  10. Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: , p.223 
  11. a b Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: , p.160 
  12. Selassie (1972). Ancient and Medieval Ethiopian History to 1270. [S.l.]: , p. 104 
  13. Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: , p.67 
  14. Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: , p.267 
  15. Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: , p.85 
  16. Drake, David; Flint, Eric (1998). An Oblique Approach (em inglês). [S.l.]: Baen Publishing Enterprises, p. 160. ISBN 978-1-61824-161-0 
  17. Bausi, Alessandro (2017). Languages and Cultures of Eastern Christianity: Ethiopian (em inglês). [S.l.]: Routledge, p. 156. ISBN 978-1-351-92329-3 
  18. Phillipson, David W. (2014). Foundations of an African Civilisation:. Aksum and the Northern Horn, 1000 BC - AD 1300 (em inglês). [S.l.]: Boydell & Brewer Ltd, p. 82. ISBN 978-1-84701-088-9 
  19. a b c d e Bardakjian, Kevork; Porta, Sergio La (2014). The Armenian Apocalyptic Tradition:. A Comparative Perspective (em inglês). [S.l.]: BRILL. p. 698. ISBN 978-90-04-27026-8 
  20. a b Tefera, Amsalu (19 de junho de 2015). The Ethiopian Homily on the Ark of the Covenant:. Critical Edition and Annotated Translation of Dǝrsanä Ṣǝyon (em inglês). [S.l.]: BRILL, p. 73. ISBN 978-90-04-29718-0 
  21. a b Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: p. 89 
  22. a b Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: p. 89 
  23. a b c d e f Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: p. 93 
  24. Munro-Hay (1991). Aksum:. [S.l.]: pp. 89-90 
  25. Uhlig, Siegbert; at all (2017). Ethiopia:. History, Culture and Challenges (em inglês). [S.l.]: LIT Verlag Münster, p. 102. ISBN 978-3-643-90892-6 
  26. Le Lasta, Un nouveau site pre-aksumite, Mäqabér Ga'éwa. Un territoire dans l'histoire, in Annales d'Ethiopia, Studies French Centre for Ethiopian (em francês). [S.l.]: De Boccard, pp. 100-102. 2009. ISBN 978-2-7018-0266-4 
  27. Tefera (2015). The Ethiopian Homily ... [S.l.]: , p. 74