Abrir menu principal

Lista de títulos nobiliárquicos estrangeiros concedidos a portugueses

artigo de lista da Wikimedia

AragãoEditar

Brasão Título Data de criação Primeiro titular Tipo Actual titular
  Rei de Aragão 1035 - Criação
1463 - Aclamação do 1º e único português
D. Pedro de Coimbra, Rei de Aragão e Infante de Portugal real hereditário extinto

ÁustriaEditar

Brasão Título Data de criação Primeiro titular Tipo Actual titular
Conde de Saldanha da Gama Século XX D. José Luís de Saldanha da Gama hereditário D. Vasco Miguel Maria de Saldanha da Gama, 3º Conde de Saldanha da Gama

BrasilEditar

EspanhaEditar

Brasão Título Data de criação Primeiro titular Tipo Actual titular
Duque de Abrantes 23 de Março de 1642 D. Afonso de Lancastre, 1º Marquês de Porto Seguro (título português) e 1º Marquês do Sardoal (título espanhol) em vida
(sempre renovado até à actualidade)
José Manuel de Zuleta y Alejandro, 15º Duque de Abrantes e 3º Marquês do Sardoal (títulos espanhóis)
Duque de Valência de Campos 1387 D. João de Portugal, Infante de Portugal (filho do Rei D. Pedro I de Portugal e D. Inês de Castro) em vida
(renovado 1 vez no 3º Conde de Valência de Don Juan - título espanhol)
extinto
Marquês de Basto Século XVII Duarte de Albuquerque Coelho, 1º Conde de Pernambuco (título espanhol) e 4º Senhor da Capitania de Pernambuco (título português) em vida extinto
  Marquês de Frechilla Século XVII D. Duarte de Portugal (2º filho varão de D. João I, 6º Duque de Bragança) em vida
(renovado 1 vez)
extinto
Marquês de Mendia 7 de Agosto de 1913
(autorizado o uso em Portugal em 30 de Maio de 1954)
Eugénio de Mendia y Cunha Matos, 1º Conde de Mendia (título português) em vida
(renovado nos 3º e 4º Condes de Mendia)
Eduardo Guedes de Queirós de Mendia, 3º Marquês de Mendia (título espanhol) e 4º Conde de Mendia (título português)
Marquês do Sardoal 23 de Março de 1642 D. Afonso de Lancastre, 1º Duque de Abrantes (título espanhol) e 1º Marquês de Porto Seguro (título português) em vida
(renovado por 2 vezes)
José Manuel de Zuleta y Alejandro, 15º Duque de Abrantes e 3º Marquês do Sardoal (títulos espanhóis)
Marquês de Soydos[1] 1 de Novembro de 1785 Jerónimo António Pereira Coutinho Pacheco de Vilhena e Brito, 1º Visconde de Santo António (título espanhol)[2] em vida
(renovado)
extinto
Marquês de Trancoso 1653 D. Luís Guilherme de Portugal em vida
(renovado)
extinto
Marquês de Pereira Coutinho 7 de Abril de 2011 Vasco Manuel de Quevedo Pereira Coutinho juro e herdade Vasco Manuel de Quevedo Pereira Coutinho, 1º Marquês de Pereira Coutinho
Conde de Armamar 9 de Maio de 1639 em Madrid Rui de Matos de Noronha Juro e Herdade Dona Maria Manuela Botelho de Moraes Sarmento, 12º Conde de Armamar e 11º Guarda Mor do Sal de Setúbal ( Juro e Herdade )
Conde de Palma 30 de Março de 1654 D. António Mascarenhas da Costa (filho herdeiro de D. Nuno Mascarenhas, Senhor de Palma) juro e herdade D. José Luís de Andrade de Vasconcelos e Sousa, 3º Marquês de Santa Iria (título português), 13º Conde de Palma (título espanhol), 12º Conde de Sabugal (título português), 11º Conde de Óbidos (título português) e 5º Conde de Alva (título português)
Conde de Pernambuco Século XVII Duarte de Albuquerque Coelho, 4º Senhor da Capitania de Pernambuco (título português) e depois 1º Marquês de Basto (título espanhol) em vida extinto
Conde de Sandim Século XVII D. Fernando Alexandre de Portugal, 2º Marquês de Trancoso (título espanhol) em vida
(renovado 1 vez)
extinto
Conde de Valência de Don Juan
(anteriormente designado de Conde de Valência de Campos)
Século XIV Martim Vasques da Cunha, marido de D. Maria de Portugal, 1ª Senhora de Valência de Campos (filha de D. João de Portugal, Infante de Portugal e 1º Duque de Valência de Campos - título espanhol) juro e herdade Jaime Travesedo y García Sancho, 27º Conde de Valência de Don Juan
Visconde de Santo António do Cartaxo Século XVIII Jerónimo António Pereira Coutinho Pacheco de Vilhena e Brito, 1º Marquês de Soydos (título espanhol) em vida
(renovado por 5 vezes)
extinto

InglaterraEditar

Brasão Título Data de criação Primeiro titular Tipo Actual titular
Conde de Avranches 4 de Agosto de 1445 D. Álvaro Vaz de Almada em vida
(renovado 1 vez)
D. Lourenço José de Almada, 21º Conde de Avranches[3]
Barão de Mullingar 28 de Junho de 1661 António de Sousa de Macedo em vida
(renovado por 5 vezes)
extinto

ItáliaEditar

Brasão Título Data de criação Primeiro titular Tipo Actual titular
Conde de Sanfré (Piemonte) Século XVIII D. Alexandre de Sousa Holstein (pai do 1.º Duque de Palmela) juro e herdade extinto
Conde de Bobone 8 de Outubro de 1852 Gerolamo (Jerónimo) Bobone, 1º Cavaleiro de Bobone e 1º Barão de Bobone juro e herdade Carlos Lourenço do Carmo da Camara Bobone, 6º Conde de Bobone
Conde de Ferreira de Oliveira Século XX João Ferreira de Oliveira juro e herdade Nuno Boullosa Contreras de Oliveira, 3º Conde de Ferreira de Oliveira
Conde de Vialonga 31 de Março de 1911 por Victor Emanuel III General João de Benjamim Pinto, 1ºConde de Vialonga em Portugal (21 de Abril de 1903) juro e herdade Gastão de Benjamim Pinto, 2º Conde de Vialonga

Santa SéEditar

Brasão Título Data de criação Primeiro titular Tipo Actual titular
Príncipe da Igreja 1303 - Criação
1409 - Nomeação do 1º português
Cardeal D. Pedro da Fonseca em vida Cardeal D. José Saraiva Martins
Cardeal D. Manuel Monteiro de Castro
Cardeal D. Manuel Clemente
Marquês de Faria Século XIX António Cândido de Portugal de Faria, 2º Visconde de Faria (título português) em vida extinto
Conde de Portugal de Faria Século XIX Maria Helena de Portugal de Faria (filha de Augusto de Faria, 1º Visconde de Faria - título português) em vida extinto [4]
Conde de Gonçalves Pereira Século XX Manuel Carlos Gonçalves Pereira em vida extinto
Conde Ferreira de Riba d'Ave Século XX Raúl Ferreira de Riba d'Ave em vida
(renovado por 2 vezes)
Raúl José Jordans Ferreira de Riba d'Ave, 3.º Conde Ferreira de Riba d'Ave

NotasEditar

  1. A grafia correta em Espanhol é Marquês de los Soidos.
  2. A grafia correta em Espanhol é Visconde de San Antonio, Viscondado prévio, logo extinto, incorretamente nomeado de Visconde de Santo António do Cartaxo em virtude de a família possuir um Morgado nessa Vila.
  3. Depois da conquista da Normandia ao Reino de Inglaterra pelo Reino de França no final da Guerra dos Cem Anos, um filho mais novo, do segundo casamento, do 1º Conde, em viagem com D. Afonso V de Portugal até França, foi aí reconhecido por Luís XI de França como continuador do mesmo título Conde de Abranches em França.
  4. João Manuel de Albuquerque d' Orey de Brito e Cunha (pai de Ana Brito e Cunha e Patrícia Brito e Cunha) usa indevidamente o título de 2º Conde de Portugal de Faria (título pontifício) por concessão feita não pela Santa Sé mas pelo polémico e extinto Conselho de Nobreza, assunto criticado pelo genealogista Lourenço Correia de Matos num artigo da revista "Armas e Troféus" de 1996.