Abrir menu principal

Lista dos condes de Angoulême

artigo de lista da Wikimedia

O Condado de Angoulême (Angoumois), ou, na sua forma portuguesa, de Angolema,[1] no oeste da França, era parte do Império Carolíngio, como o reino da Aquitânia. O condado tornou-se independente ainda quando sob controle dos sucessores de Carlos Magno, e não foi reunido sob o controle da coroa francesa até 1307. Pelos termos do Tratado de Brétigny, de 1360, o Angoumois, então governado pelos condes de Angoulême, foi cedido como território Inglês a Eduardo III da Inglaterra. Em 1371, tornou-se um feudo dos duques de Berry, uma nova linhagem da família real francesa. Quando Francisco I, anteriormente um conde de Angoulême, tornou-se rei em 1515, o Angoumois foi definitivamente incorporado à coroa francesa, como um ducado.

Índice

Condes de AngoulêmeEditar

Primeiros condesEditar

 
Brasão dos condes de Angoulême.

Casa de TailliferEditar

Casa de LusignanEditar

 
Brasão dos Senhores de Lusignan.

Propriedade RealEditar

Casa de ÉvreuxEditar

Casa de la CerdaEditar

Casa de BerryEditar

Casa de Valois-AngoulêmeEditar

Duques de AngoulêmeEditar

 
Coat de arms de the condes de Angoulême de the Valois-Orléans family.

Casa de ValoisEditar

Título de duque de AngoulêmeEditar

  • 18361844 : Luís Antônio d'Artois, filho mais velho do Conde de Artois, ele recebeu o título de Duque de Angouleme, mas não o senhorio do ducado de Angouleme. É intitulado duque de Angouleme, até 1824, quando ele se tornou herdeiro da adesão de seu pai, que se tornou Carlos X

Título de cortesiaEditar

Casado em 19 de Junho de 1999 com Marie-Claude Liesse Anne Rolande de Rohan-Chabot, com quem tem dois filhos: Isabel Maria Teresa Leonor de Orléans, nascida em (23 de Abril de 2001, em Cannes); João Pedro Maria de Orléans, nascido em 6 de Agosto de 2003, em Cannes.
  • O título de conde é dado como cortesia à família Pillet, por Luís XV, em reconhecimento pelos serviços prestados à Coroa.

Referências e bibliografiaEditar

  • Foundation for Medieval Genealogy
  • Ancestral Roots de Certain American Colonists Who Came to America Before 1700 by Frederick Lewis Weis; Lines: 177-26, 153A-25, 153A-27, 275-26

  1. Fernandes, Ivo Xavier (1941). Topónimos e Gentílicos. I. Porto: Editora Educação Nacional, Lda.