Lockdown

protocolo de emergência que evita que pessoas ou informações saiam de uma área

Um lockdown, ou em português bloqueio total ou confinamento, é um protocolo de isolamento que geralmente impede que pessoas, informações ou carga deixem uma área.[1] O protocolo geralmente só pode ser iniciado por alguém em uma posição de autoridade. Os lockdowns também podem ser usados para proteger as pessoas dentro de um edifício ou, por exemplo, um sistema de computação de uma ameaça ou outro evento externo. Nos edifícios, um lockdown de treinamento geralmente significa que as portas que conduzem para fora estão trancadas, de modo que ninguém possa entrar ou sair. Um lockdown total geralmente significa que as pessoas devem permanecer onde estão e não podem entrar ou sair de um prédio ou de salas dentro do referido prédio. Se as pessoas estiverem em um corredor, elas devem ir para a sala segura e fechada mais próxima.

Ruas barricadas durante o lockdown devido à disseminação da COVID-19 em Bhopal, Índia

TiposEditar

Os procedimentos para usar lockdowns de emergência e preventivos devem ser planejados.[2]

Lockdown preventivoEditar

Um lockdown preventivo é um plano de ação preventivo implementado para abordar um cenário incomum ou uma fraqueza no sistema para evitar qualquer perigo que comprometa a segurança e proteção das pessoas, organização e sistema. O foco das ações preventivas é evitar perigos e riscos decorrentes das não-conformidades às circunstâncias normais, mas também comumente inclui melhorias na eficiência.

Os lockdowns preventivos são bloqueios preventivos para reduzir o risco. A maioria das organizações planeja os lockdowns de emergência, mas não planeja outras situações que podem se degradar rapidamente a níveis perigosos. Esses protocolos devem se basear no tipo de ameaça e devem ser simples e curtos para aprendizado e implementação rápidos, e suficientemente flexíveis para lidar com vários cenários. Isso permite aos administradores mais opções para escolher quais são mais fáceis de usar em múltiplos cenários. Por exemplo, no caso de uma cena que gere barulho pais ou de um ladrão desarmado sendo perseguido pela polícia no pátio de uma escola, esse procedimento flexível permite que os administradores da escola implementem um lockdown mais limitado enquanto o ensino na escola continua, eliminando a necessidade para lockdown de emergência completo, interrupção e atrasos na retomada do ensino, etc. As consequências de não ter procedimentos para implementar esses lockdowns é que a situação pode aumentar rapidamente, na qual pode haver perda de vidas humanas.[3]

Lockdown de emergênciaEditar

Os lockdowns de emergência são implementados quando existe uma ameaça iminente à vida ou o risco de ferimentos em seres humanos, por exemplo, os procedimentos de lockdown de emergência de uma escola devem ser curtos e simples para facilitar o uso em condições de crise da vida real. Procedimentos simples podem ser facilmente ensinados com exercícios de lockdown periódicos, ao invés de treinamento prolongado.[4]

Em doenças infecciosasEditar

 
Polícia conversando com pessoas durante o lockdown em Benidorm, Espanha

Os lockdowns podem limitar movimentos ou atividades em uma comunidade, enquanto permitem que a maioria das organizações funcionem normalmente, ou limitar movimentos ou atividades de modo que somente organizações que fornecem necessidades e serviços básicos possam funcionar normalmente.

Pandemia da COVID-19Editar

Durante a pandemia da COVID-19, o termo lockdown foi usado para ações relacionadas a quarentenas em massa.[5] No início de abril de 2020, 3,9 bilhões de pessoas em todo o mundo estavam sob algum tipo de lockdown - mais da metade da população mundial.[6][7] No final de abril, cerca de 300 milhões de pessoas estavam em lockdown em países da Europa, enquanto cerca de 200 milhões de pessoas estavam em lockdown na América Latina.[8] Quase 300 milhões de pessoas, ou cerca de 90% da população, estavam sob alguma forma de lockdown nos Estados Unidos,[9] e 1,3 bilhões de pessoas estavam em lockdown na Índia.[10]

Cenários típicosEditar

EscolasEditar

Os procedimentos de lockdown variam de acordo com o distrito escolar nos Estados Unidos. Geralmente, um lockdown significa que as portas internas e externas estão trancadas e todos os alunos e funcionários devem permanecer em seu local a partir do momento em que o lockdown é anunciado. As janelas são cobertas e os alunos ficam na parte de trás da sala de aula ou longe das janelas.

Desde o Tiroteio em Columbine em 1999 os procedimentos de lockdown nas escolas mudaram constantemente. Algumas escolas instruem os professores a continuarem com os procedimentos padrão enquanto permanecem calados, enquanto outros recomendam uma abordagem ativa contra ameaças.[11]

PrisõesEditar

Em seu uso mais comum em prisões, o termo lockdown pode ser definido como um curso de ação para controlar o movimento de reclusos. Confinar todos os prisioneiros, exceto os trabalhadores, em suas celas até o final do dia é um exemplo de "período de lockdown" em um cronograma de uma prisão. No entanto, um "lockdown total" é usado quando todos os prisioneiros estão trancados em suas celas para impedir que rebeliões ou distúrbios na prisão se espalhem, ou ainda durante uma emergência.[12]

HospitaisEditar

Nas diretrizes dos EUA, as ocasiões para impedir a entrada em um hospital podem incluir: falta de energia, terremoto, inundação, incêndio, ameaça de bomba, crise de reféns e atirador ativo.[13][14] Ocasiões para impedir a entrada e saída de um hospital podem incluir: contaminação externa, distúrbios civis e sequestro de um bebê ou criança.[13][14]

Processo de manufatura enxutaEditar

 Ver artigo principal: Lean manufacturing

Na manufatura, o termo evento de lockdown se refere a uma iniciativa de melhoria contínua em que a manufatura em uma área específica (normalmente uma célula ou peça específica de maquinaria) é interrompida para conter e determinar quais são os problemas que estão impedindo com que a fabricação de bens cumpra as especificações de qualidade. Durante o evento de lockdown, uma equipe multidisciplinar analisa os processos de fabricação da área específica, ferramentas e condições da máquina, para encontrar a(s) causa(s) raiz(es) do(s) problema(s). Depois que hajam alterações no processo ou reparos em máquinas que podem incluir ajustes e/ou substituição são efetuados, uma execução de amostra é iniciada e avaliada. Se os resultados da validação estiverem dentro das especificações exigidas, o lockdown da área é encerrado e a produção é retomada. A amostragem de acompanhamento é realizada posteriormente para garantir a continuidade dos resultados do bloqueio.

Eventos históricosEditar

Após os ataques de 11 de setembro (2001), foi iniciado um lockdown de três dias no espaço aéreo civil americano.

Em dezembro de 2005, a Força Policial de Nova Gales do Sul (NSW Police Force) iniciou um bloqueio do Sutherland Shire e de outras áreas de praia de Nova Gales do Sul para conter rebeliões raciais (e ataques de retaliação).

Um exemplo de lockdown de um campus/escola foi demonstrado na Universidade da Colúmbia Britânica (UBC) em 30 de janeiro de 2008, quando uma ameaça desconhecida foi feita e a Polícia Montada Real do Canadá (RCMP) emitiu um lockdown em um dos edifícios do campus por seis horas, isolando a área, e um alerta do campus foi enviado por e-mail a todos os afiliados à UBC, enquanto estudantes e faculdades permaneceriam trancados no prédio.[15][16][17]

Em 10 de abril de 2008, duas escolas secundárias canadenses entraram em lockdown devido a suspeitas de ameaças de armas de fogo. A Academia George S. Henry foi fechada em Toronto, Ontário, aproximadamente às 2:00 pm[18] A Força-Tarefa de Emergência (TPS) foi contatada e o lockdown durou mais de duas horas. A Escola Secundária de New Westminster foi fechada em New Westminster, Colúmbia Britânica, aproximadamente às 1:40 pm[19] A Equipe de Resposta de Emergência (ERT) foi chamada e a escola ficou trancada até às 4:30 PM. Devido ao tamanho da escola, alguns alunos não puderam sair até as 7:00 PM.

Em 19 de abril de 2013, toda a cidade de Boston entrou em lockdown e todo o transporte público foi interrompido durante a caçada aos terroristas Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev, os suspeitos do atentado à maratona de Boston, enquanto a cidade de Watertown estava sob forte vigilância de polícia armada e da SWAT, bem como buscas sistemáticas de casa em casa.[20][21][22]

No lockdown de Bruxelas em 2015, a cidade ficou trancada por dias enquanto os serviços de segurança procuraram suspeitos envolvidos nos ataques de Paris em novembro de 2015. Mais tarde em 2015, uma ameaça terrorista causou o fechamento do Distrito Escolar Unificado de Los Angeles.

Em agosto de 2019, o governo indiano impôs um lockdown a Jammu e Caxemira após a revogação do status especial do Estado.[23] O governo indiano pretendia conter o terrorismo impondo restrições de lockdown na região.[24]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Entenda o que é 'lockdown'». G1. 6 de maio de 2020. Consultado em 6 de maio de 2020 
  2. Why Schools Need 2 Types of Lockdowns, campussafetymagazine.com, 14 de junho de 2012.
  3. Why Schools Need 2 Types of Lockdowns, campussafetymagazine.com, 14 de junho de 2012.
  4. Why Schools Need 2 Types of Lockdowns, campussafetymagazine.com, 14 de junho de 2012.
  5. «Italy and China used lockdowns to slow the coronavirus. Could we?». VOX 
  6. «Coronavirus: Half of humanity now on lockdown as 90 countries call for confinement». Euronews 
  7. «A third of the global population is on coronavirus lockdown—here's our constantly updated list of countries and restrictions». Business Insider 
  8. «What Share of the World Population Is Already on COVID-19 Lockdown?». Statista 
  9. «About 90% of Americans have been ordered to stay at home. This map shows which cities and states are under lockdown». Business Insider 
  10. «For a billion Indians, lockdown has not prevented tragedy». The Guardian 
  11. «School Safety Questioned After Shooting». ABC News (em inglês) 
  12. Spiegel, Sarah. "Prison Race Rights: An Easy Case for Segregation." Calif. L. Rev. 95 (2007): 2261.
  13. a b Lockdown Policy from California Hospital Association. Consultado em dezembro de 2012
  14. a b Lockdown Policy at Iroquois Healthcare Alliance. Consultado em dezembro de 2012
  15. Cause for UBC Lockdown still uncertain but initial posting may reveal some clues
  16. "Police increase presence at UBC following lockdown"
  17. "Threat prompts lockdown at UBC"
  18. "NORTH YORK: Two charged after George S. Henry Academy lockdown"
  19. "Teen arrested in connection with school lockdown" Arquivado em 2009-02-17 no Wayback Machine.
  20. This Is What It Looks Like When the Police Shut Down a City, The Atlantic Wire, 19 Apr 2013. Consultado em junho de 2013.
  21. A Town Under Siege: Watertown Residents Describe Life Under Lockdown, Time, 19 Apr 2013. Consultado em junho de 2013.
  22. Boston faces lockdown as police hunt for marathon bombing suspect, The Guardian, 19 abril 2013. Consultado em 19 abril 2013.
  23. «Restrictions eased as Kashmir enters Day 22 of lockdown». India TV news 
  24. «India PM defends Kashmir decision»