Abrir menu principal
   |- style="font-size: 85%;"
       |Erro::  valor não especificado para "nome_comum"
   


Luisiana (Nova Espanha)

Capitania geral do Império Espanhol

Pavillon royal de France.svg
1762 – 1802 Flag of France.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de
Continente América
Capital Nova Orleães
Língua oficial Espanhol
Governo Capitania geral
História
 • 1762 Fundação
 • 1802 Dissolução

A Luisiana (em espanhol: Luisiana) foi um distrito administrativo do Vice-Reino da Nova Espanha de 1762 a 1802 que consistia do território a oeste da bacia do rio Mississippi, mais a área histórica de Nova Orleães. A Espanha adquiriu o território da França, que o nomeou de La Louisiane em honra do rei Luís XIV em 1682. É por vezes conhecida como Luisiana espanhola. O distrito foi devolvido à França, sob os termos do terceiro tratado de Santo Ildefonso (1800) e do tratado de Aranjuez (1801) . Em 1802, o rei Carlos IV da Espanha publicou um projeto de lei real em 15 de outubro, efetuando a transferência e delineando as condições.

Extensão da Luisiana em 1803, quando o território foi adquirido pelos Estados Unidos.

No entanto, a Espanha concordou em continuar administrando a colônia até que funcionários franceses chegassem e formalizassem a transferência (1803). A cerimônia foi realizada em Nova Orleães, em 30 de novembro de 1803, apenas três semanas antes das formalidades de cessão da França para os Estados Unidos, de acordo com a Compra da Luisiana. Este enorme território responde por 23% do atual território estadunidense.[1]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Acquisition of the Public Domain 1781-1867 Arquivado em 2 de outubro de 2003, no Wayback Machine. ("Aquisições de terras do domínio público") (em inglês)
  Este artigo sobre História dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.