St. Louis (Missouri)

segunda cidade mais populosa do Missouri, Estados Unidos

St. Louis ou Saint Louis (por vezes conhecida na forma aportuguesada São Luís[2]) é uma cidade independente,[3] localizada no estado americano do Missouri, na fronteira com o estado do Illinois. Localiza-se na confluência do rio Mississippi e do rio Missouri, sendo uma das principais cidades do Meio-Oeste americano.

Estados Unidos St. Louis 
  Cidade independente do Missouri  
Do topo, em sentido horário: a Catedral Basílica de St. Louis, o Museu de Arte de Saint Louis, o Gateway Arch, panorama de St. Louis Downtown, Forest Park, a Apoteose de São Luís e Universidade Washington em St. Louis
Do topo, em sentido horário: a Catedral Basílica de St. Louis, o Museu de Arte de Saint Louis, o Gateway Arch, panorama de St. Louis Downtown, Forest Park, a Apoteose de São Luís e Universidade Washington em St. Louis
Símbolos
Bandeira de St. Louis
Bandeira
Apelido(s) Gateway City, STL, Gateway to the West, Mound City, The Lou
Gentílico St. Louisan
Localização
Localização de St. Louis
Localização de St. Louis
St. Louis está localizado em: Estados Unidos
St. Louis
Localização nos Estados Unidos
St. Louis está localizado em: Missouri
St. Louis
Localização no Missouri
Mapa de St. Louis
Coordenadas 38° 37' 38" N 90° 11' 52" O
País Estados Unidos
Estado Missouri
Condado Nenhum (cidade independente)
Distância até a capital 203 km
História
Fundação 14 de fevereiro de 1764 (257 anos)
Incorporação 1822 (199 anos)
Nomeado por Luís IX de França
Administração
Prefeito Lyda Krewson (D) (desde 18 de abril de 2017)
Corregedoria Darlene Green (D)
Características geográficas
Área total 170,92 km²
 • Área seca 159,92 km²
 • Área molhada 11,00 km²
 • Área urbana 2 392 km²
 • Área metropolitana 21 910 km²
População total (2010) [1] 319 294 hab.
 • Estimativa (2019) 300 576
 • População urbana 2 150 706
 • População metropolitana 2 807 338
Densidade 1 868,1 hab./km²
 • CSA 2 911 945
Altitude 142 m
Altitude máxima 187 m
Fuso horário UTC−6
Horário de verão UTC−5
ZIP Codes
Códigos da área 314
Outras informações
Código FIPS 29-65000
Código GNIS 767557
Aeroporto principal STL
Interestaduais I-44.svg I-55.svg I-64.svg I-70.svg I-270.svg
Sítio www.stlouis-mo.gov

No Censo de 2010, a população de St. Louis era de 319.294 habitantes, o que a torna a 56ª cidade mais populosa do país e a 2ª maior do estado do Missouri. A área metropolitana de St. Louis, conhecida como Grande St. Louis, engloba a cidade propriamente dita e a região do entorno e está entre as 20 maiores regiões metropolitanas do país, com população de 2.900.605 habitantes.[1]

St. Louis foi fundada pelos franceses Pierre Laclède e Auguste Chouteau em 1763 e batizada em homenagem a Luís IX de França. Após a Compra da Luisiana, estabeleceu um importante porto fluvial no rio Mississippi. No século XIX, St. Louis tornou-se a 4ª maior cidade dos Estados Unidos e tornou-se uma cidade independente. Em 1904, a cidade sediou a Exposição Universal e os Jogos Olímpicos de Verão.

A economia de St. Louis está focada principalmente em serviços, fábricas, comércio, transporte de mercadorias e turismo. A cidade abriga grande número de empresas, como Express Scripts, Monsanto, Peabody Energy e Ameren. É também sede de dois clubes esportivos profissionais: o St. Louis Cardinals e o St. Louis Blues (o St. Louis Rams foi o time de futebol americano da cidade de 1995 a 2015). A cidade é comumente identificada pelo Gateway Arch, um arco monumental em homenagem à Expansão para o Oeste.

Além disso, possui um dos melhores jardins zoológicos do país, tendo sido premiado por diversas vezes. Este zoológico é privado e mantido por doadores. O zoológico esta situado no parque chamado Forest Park, o segundo maior parque urbano dos Estados Unidos.

HistóriaEditar

 
St. Louis em 1904.

Pierre Laclede e o seu afilhado August Chouteau fundaram St. Louis como entreposto comercial em 1763. A cidade propriamente dita foi estabelecida em 15 de fevereiro de 1764. Depois da guerra entre franceses e ameríndios, St. Louis passou para mãos espanholas. Mais tarde, juntamente com o resto do território da Luisiana, foi devolvida a França durante as guerras napoleónicas. A cidade foi adquirida à França pelos Estados Unidos na presidência de Thomas Jefferson, em 1803, como parte da compra da Luisiana. St. Louis mais tarde converteu-se em ponto de partida de exploradores do Oeste americano (como a expedição de Meriwether Lewis e William Clark), garimpeiros (como os chamados "cem de Ashley" (Ashley's Hundred), e colonizadores que emigraram para oeste.

Em 1904 albergou (de 30 de abril a 1 de dezembro) a Exposição Universal de St. Louis, que foi um enorme êxito na altura. No mesmo ano recebeu os Jogos da III Olimpíada.

GeografiaEditar

TopografiaEditar

De acordo com o United States Census Bureau, a cidade tem uma área de Predefinição:Ftmn, onde Predefinição:Ftmn estão cobertos por terra e Predefinição:Ftmn por água.[1] A cidade se eleva a aproximadamente 200 pés acima do nível do mar. Grande parte do solo é fértil e com vegetação de pradarias banhadas pelo leito dos rios Mississipi e Missouri.

O rio Missouri corre ao norte da cidade, o rio Meramec corre na parte sul e o grande Mississipi atravessa o leste de Saint Louis.

ClimaEditar

Saint Louis localiza-se no limite entre o clima úmido continental e o Clima subtropical úmido, segundo a Classificação climática de Köppen-Geiger. A região não possui montanhas e nem apresenta massas de água e as variações climáticas do Golfo do México atingem diretamente a cidade.

A temperatura média entre 1970 e 2000 foi de 13,5 °C. Temperaturas de 38 °C ou mais podem ocorrer, no máximo, cinco dias por ano e temperaturas de -17,8 ° C ocorrem 2 ou 3 dias por ano em média.

O Inverno (de Dezembro a Fevereiro) é muito seco com precipitação de 170 mm no total. A Primavera (de Março a Maio) normalmente é a época mais úmida, com cerca de 290 mm de precipitação. Secas duradouras são comuns durante os períodos de safra.

A CidadeEditar

 
St. Louis à noite vista da Estação Espacial Internacional

ÁreasEditar

A cidade está dividida em 79 bairros censo-designados. As divisões não têm qualquer estatuto legal, embora algumas associações dos bairros detenham status de distrito histórico. No entanto, a cultura dos bairros é muito complexa. Alguns possuem avenidas largas e grandes centro históricos.

Parques e jardinsEditar

A cidade possui 105 parques que servem como centros culturais e pontos turísticos e que contém parques infantis, zonas para o Verão concertos, piqueniques, beisebol, jogos de ténis tribunais, e lagos. O Forest Park, localizado na borda ocidental do corredor central da Cidade de St. Louis, é um dos maiores parques urbanos do mundo, superior ao Central Park na cidade de Nova Iorque por 500 hectares (2 km ²).

O Jardim Botânico de Missouri, também conhecido como Shaw's Garden, é um dos líderes mundiais de investigação botânica centros. Possui uma coleção de plantas, arbustos e árvores e inclui o Jardim Japonês com lagos artificiais.

 
Panorama de Saint Louis, em destaque o Gateway Arch.

CrimeEditar

A cidade de St. Louis teve a maior taxa de homicídios de 2014, foram 50 assassinatos para cada 100.000 habitantes, sendo considerada a cidade mais violenta dos Estados Unidos. A cidade de Detroit no estado do Michigan aparece em segundo lugar com uma taxa de 44 por 100.000 habitantes.[4]

DemografiaEditar

Crescimento populacional
Censo Pop.
18304 977
184016 469230,9%
185077 860372,8%
1860160 773106,5%
1870310 86493,4%
1880350 51812,8%
1890451 77028,9%
1900575 23827,3%
1910687 02919,4%
1920772 89712,5%
1930821 9606,3%
1940816 048−0,7%
1950856 7965,0%
1960750 026−12,5%
1970622 236−17,0%
1980452 801−27,2%
1990396 685−12,4%
2000348 189−12,2%
2010319 294−8,3%
Fonte: US Census[1][5]

Segundo o censo nacional de 2010,[1] a sua população é de 319 294 habitantes e sua densidade populacional é de 1 868,1 hab/km². É a segunda cidade mais populosa do Missouri. Possui 176 002 residências, que resulta em uma densidade de 1 097,6 residências/km².

EsportesEditar

A cidade é sede do time de beisebol St. Louis Cardinals e do time de hóquei no gelo St. Louis Blues. Foi sede do time de futebol americano que também se chamava St. Louis Cardinals entre 1960 e 1987 e do St. Louis Rams entre 1995 e 2005.

Marcos históricosEditar

O Registro Nacional de Lugares Históricos lista 443 marcos históricos em St. Louis. Os primeiros marcos foram designados em 15 de outubro de 1966 e o mais recente em 25 de fevereiro 2021.[6] Existem 16 Marco Histórico Nacional na cidade, que inclui o Gateway Arch, designado em 28 de maio de 1987.

Cidades IrmãsEditar

St. Louis tem várias parceiras geminadas, como consta no Sister Cities International:

Educação Atualmente, algumas escolas de St.Louis mantém intercâmbio com O Instituo Nossa Senhora da Piedade, em Ilhéus, Bahia.

Referências

  1. a b c d e «GCT-PH1 - Population, Housing Units, Area, and Density: 2010 - State -- Place and (in selected states) County Subdivision» (em inglês). United States Census Bureau. Consultado em 21 de setembro de 2011 
  2. Os bondes de Lisboa da série 400-474, importados de um fabricante nesta cidade americana em 1901, foram apelidados informalmente como “carros [de] São Luís”: Mário Vieira (2014): Lisboa — Listagem de Eléctricos
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 23 de julho de 2009. Arquivado do original em 2 de julho de 2013 
  4. http://www.riverfronttimes.com/newsblog/2015/10/01/st-louis-has-the-highest-murder-rate-in-the-nation
  5. «GCT-PH1-R - Population, Housing Units, Area, and Density (geographies ranked by total population): 2000 - Geography: State -- County - State -- Place and (in selected states) County Subdivision» (em inglês). United States Census Bureau. Consultado em 21 de setembro de 2011 
  6. «Weekly List 2021 02 26» (em inglês). Serviço Nacional de Parques. Consultado em 27 de fevereiro de 2021 

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre St. Louis (Missouri)
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre St. Louis (Missouri)
O Wikivoyage possui o guia St. Louis
  Este artigo sobre geografia dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.