Abrir menu principal
Luiz Soyer
Nome nativo Luiz Alberto Soyer
Nascimento 23 de dezembro de 1940 (78 anos)
Inhumas
Cidadania Brasil
Ocupação político

Luiz Alberto Soyer (Inhumas,23 de dezembro de 1940) é um político que exerceu o mandato de deputado federal constituinte em 1988.[1]

BiografiaEditar

Filho de Fulgêncio Alves Soyer e Genesi Vieira Soyer, o fazendeiro Luís Alberto Soyer conseguiu o diploma de bacharel em direito na Universidade Federal de Goiás em 1966 e, quatro anos depois, fez sua estreia no campo político, elegendo-se deputado estadual pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB).[2]

Pelo partido, assumiu o cargo de vice-líder na agremiação em 1971. Depois, virou presidente do diretório regional e líder de bancada, juntando-se posteriormente às comissões de Constituição e Justiça, além da de Redação.[1]

Nas eleições seguintes, conseguiu novamente eleger-se como deputado estadual. Em 1978, entretanto, não obteve sucesso ao tentar o cargo de deputado federal. Com isso, distanciou-se da política.[1]

O retorno direto deu-se em 1986. Luís Alberto Soyer concorreu ao cargo de deputado federal constituinte, acabou por ser eleito e deu início ao seu mandato em fevereiro do ano seguinte. Participou do processo de elaboração da Constituição brasileira de 1988.[2]

Em 1990, pelo PMDB, tentou a reeleição ao cargo, mas não obteve sucesso. Entretanto, devido ao afastamento de Haley Margon, em março de 1991, Luís Soyer assumiu a função na condição de primeiro suplente. Em setembro do ano seguinte, após ter se ausentado temporariamente da Câmara por motivos de saúde, votou a favor do impeachment do então presidente Fernando Collor de Mello.[1]

Depois do fim de seu mandato, Soyer deixou de disputar cargos de eleição e passou a atuar nos bastidores da política de Goiás. Com isso, foi duas vezes presidente do diretório estadual de seu partido, o PMDB. A volta às eleições aconteceu em 2006: apoiado pelo partido, lançou sua candidatura ao Senado, mas não foi eleito.[1]

Vida pessoalEditar

De origem rural, Luís Alberto Soyer voltou à função de agropecuarista após o insucesso nas eleições de 2006, dedicando-se à produção de laranjas e criação de gado em Goianira, situada a 22 km da capital do estado, Goiânia.[1]

Soyer é casado com Darci Alves Brito, com quem teve três filhos.[1]

Referências

  1. a b c d e f g «Luiz Alberto Soyer - CPDOC». CPDOC. Consultado em 6 de janeiro de 2018 
  2. a b «Conheça os Deputados». Portal da Câmara dos Deputados. Consultado em 20 de setembro de 2018 
  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.