Abrir menu principal

Wikipédia β

Macedónia Antiga

(Redirecionado de Macedônia Antiga)



Μακεδονία
Macedónia

Reino

Blank.png
 
Standard of Cyrus the Great (White).svg
808 a.C. – 168 a.C. Blank.png
 
Blank.png
 
Blank.png
 
Blank.png
Localização de Macedónia
Regiões e cidades da Macedônia
Continente Eurafrásia
Capital Egas (808-399 a.C.)
Pela (399–167 a.C.)
Língua oficial Antigo macedónio, posteriormente grego ático/koiné
Religião Politeismo grego
Governo Monarquia oligárquica
Rei
 • 808-778 a.C. Carano (primeiro)
 • 179-168 a.C. Perseu (último)
Período histórico Antiguidade clássica
 • 808 a.C. Fundação por Carano
 • 359-336 a.C. Ascensão da Macedônia
 • 335–323 a.C. Conquista da Pérsia
 • 323 a.C. Partilha da Babilônia
 • 322-275 a.C. Guerras dos Diádocos
 • 168 a.C. Batalha de Pidna
Moeda Dracma
Disambig grey.svg Nota: Se procura por alguma outra definição de Macedónia, veja Macedónia.

A Macedónia (português europeu) ou Macedônia (português brasileiro) Antiga (em grego: Μακεδονία; transl.: Makedonía) tem sua história vinculada aos povos que habitavam a região Grécia e Anatólia na Antiguidade.[1] Segundo estudos arqueológicos, os antepassados dos macedónios se situam no começo da Idade do Bronze. A partir do ano 700 a.C., o povo denominado macedónio emigrou para o leste, a partir de sua terra natal às margens do rio Haliácmon. Com Amintas I, o reino se estendeu além do rio Áxio até à península de Calcídica. Egas foi a capital do reino até quase 400 a.C., quando o rei Arquelau I a transferiu para Pela.

A Macedónia alcançou uma posição hegemônica dentro da Grécia durante o reinado de Filipe II, o Caolho (r. 359-336 a.C.). Alexandre III (O Grande), filho de Filipe e aluno do filósofo Aristóteles, levou os exércitos da Macedónia ao Egito, derrotou o Império Aquemênida e chegou até a Índia.

Construído num curto período de onze anos, o Império Macedónico contribuiu com a difusão da cultura grega no Oriente. Alexandre fundou uma grande quantidade de cidades e promoveu a fusão da cultura grega com a dos povos conquistados, dando origem ao que se conhece por helenismo.

Índice

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. TEMPLAR, Marcus (2003). «Fallacies and facts on the Macedonian issue» (PDF) (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2008 

Ligações externasEditar