Maksim Purkaiev

Maksim Purkaiev
Nascimento 14 de agosto de 1894
Morte 1 de janeiro de 1953 (58 anos)
Moscou
Sepultamento Cemitério Novodevichy
Cidadania Império Russo, União Soviética
Alma mater M.V. Academia Militar de Frunze
Ocupação militar, político
Prêmios Ordem de Lenin, Ordem do Estandarte Vermelho, Ordem de Kutuzov, 1.ª classe, Medalha "Pela Vitória sobre o Japão", Medalha "Pela Defesa de Moscou", Medalha "Pela vitória sobre a Alemanha na Grande Guerra Patriótica 1941-1945"

Maksim Alexeievich Purkaiev (em russo: Максим Алексеевич Пуркаев; Nalitovo, 14 de agosto de 1894 - Moscou, 1 de janeiro de 1953) foi um general de exército soviético.[1]

BiografiaEditar

Purkaiev foi recrutado pelo Exército Imperial Russo em 1915, e alcançou o posto de praporshchik antes de ingressar no Exército Vermelho em 1918. Ele se tornou um membro do Partido Comunista em 1919. Durante a Guerra Civil Russa, ele serviu como comandante de companhia e batalhão, e depois de completar o curso de treinamento de oficiais, em 1923, ele serviu como comandante de regimento (24º Divisão de Fusileiros), oficial de estado-maior e comandante de uma divisão até 1936 quando começou estudos na Academia Militar de Frunze.

A partir de 1938, Purkaiev serviu como Chefe do Estado-Maior do Distrito Militar da Bielorrússia, como adido militar soviético em Berlim, no início da Segunda Guerra Mundial em 1939, e participou do planejamento da invasão soviética da Polônia. A partir de julho de 1940, Purkaiev serviu como Chefe do Estado-Maior do Distrito Militar Especial de Kiev, e, desde o início da Guerra Soviética-Alemã, como Chefe do Estado-Maior da Frente Sudoeste (junho-julho de 1941), do 60º Exército e do 3º Exército de Choque. Em 1942-43 ele serviu como comandante da Frente de Kalinin, e, a partir de abril de 1943, da Frente do Extremo Oriente (a partir de 1945, chamada Segunda Frente do Extremo Oriente). De setembro de 1945 a janeiro de 1947, Purkaiev serviu como oficial comandante do Distrito Militar do Extremo Oriente, durante o qual foi nomeado para o Soviete Supremo da URSS (1946-1950).

A partir de junho de 1947, Purkaiev foi o Chefe do Estado-Maior e 1º Vice-Comandante das Forças do Extremo Oriente. De julho de 1952 até a sua morte, Purkaiev atuou como chefe da Diretoria de Educação Superior do Ministério da Defesa da URSS.

Condecorações e honrariasEditar

Maksim Purkaiev foi condecorado com duas Ordens de Lênin (incluindo uma em 14 de novembro de 1943, "Pela liderança exemplar na mobilização, formação, aquisição e treinamento de unidades e formações do Exército Vermelho"), quatro Ordens do Estandarte Vermelho, uma Ordem de Lênin, uma Ordem de Suvorov de 1ª classe, uma Ordem de Kutuzov de 1ª classe, e numerosas medalhas.

BibliografiaEditar

  • Zalesski, KA, Império de Stalin: Dicionário enciclopédico biográfico, Moscou, 2000 (em russo: Залесский К.А. Империя Сталина. Биографический энциклопедический словарь. Москва, Вече, 2000).

Referências

  1. «Maksim Purkaiev». VIAF (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2020