Manat turcomeno

moeda do Turquemenistão
(Redirecionado de Manate turcomeno)
Manat turcomeno
Türkmen manady
Dados
Código ISO 4217 TMT
Usado Turquemenistão Turcomenistão
Inflação 8,5%[1]
Sub-Unidade
1/100

tengué (teňňe)
Símbolo m
Plural manates / mánates (manatlar)
Moedas 1, 2, 5, 10, 20, 50 tengués, 1, 2 manates
Notas 1, 5, 10, 20, 50, 100, 500 manates
Banco central Banco Central do Turcomenistão
http://cbt.tm
Fabricante Não disponível

O manat ou, em português, manate[2] ou mánate[2] (AZN), oficialmente manat, manate ou mánate turcomeno ou turquemeno é a unidade monetária do Turcomenistão. Foi introduzia a 1 de novembro de 1993, substituindo o rublo russo a uma taxa de 1 manate = 500 rublos.[3] O código ISO 4217 era antigamente TMM e o manate estava dividido em 100 tengués (teňňe´, em turcomeno; plural: teňňesi). A abreviatura m é por vezes usada, por exemplo, 25 000 m são vinte e cinco mil manates.

A 1 de janeiro de 2009, foi introduzido o novo manat, com o novo códio ISO 4217 TMT a uma taxa de 5 000 antigos manates para 1 novo manate.[4]

EtimologiaEditar

A palavra "manat" é um empréstimo do russo "монета" ("moneta"), significando "moeda". Da mesma forma, a palavra "manat" era usada para o rublo soviético, quer em azerbaijano (que também usa o manate), quer em turcomeno.

MoedasEditar

Em 1993 foram introduzidas moedas com as denominações 1, 5, 10, 20 e 50 tengués. As moedas de 1, 5 e 10 tengués foram cunhadas em aço revestido a cobre, com as denominações mais altes em aço revestido a níquel. Esta primeira série de moedas teve uma vigência curta já que o seu valor metálico rapidamente ultrapassou o seu valor facial. Depois de um período de inflação alta, novas moedas de 500 e 1 000 manates foram introduzidas em 1999. Todas as moedas deste período tinham obrigatoriamente por lei de apresentar uma imagem do presidente do Turcomenistão.

Durante a reforma monetária de 2009, foram cunhadas novas moedas de 1, 2, 5, 10, 20 e 50 tengués, com moedas bimetálicas de 1 e 2 manates a seguirem-se em 2010. As moedas de 1, 2 e 5 tengués são em aço revestido a níquel, enquanto as moedas de 10, 20 e 50 tengués são feitas de latão. Ao invés de apresentarem o atual chefe de Estado, as moedas apresentam um mapa do Turcomenistão, com a Torre da Independência sobreposta. Todas as moedas em circulação foram cunhadas na Royal Mint, a casa da moeda britânica.

NotasEditar

Primeiro manatEditar

Em 1993, as notas de manat foram introduzidas com as denominações de 1, 5, 10, 20, 50, 100 e 500 manates, substituindo o rublo soviético. A estas seguiram-se notas de 1 000 manates em 1995 e de 5 000 e 10 000 manates em 1996. Em 2005, uma nova série de notas foi posta em circulação, com as denominações de 50, 100, 500, 1 000 e 10 000 manates. Todas as notas, com a exceção das de 1 e 5 manates, apresentavam o retrato do antigo presidente Saparmurat Niyazov. Todas as notas turcomenas eram produzidas pela companhia De La Rue.

Primeiro manat (segunda emissão)Editar

Em 2005, uma nova série de notas de manat foi introduzida. Originalmente tinha o objetivo de substituir o primeiro manate a uma taxa fica de 1000 por 1 (primeiro) manate, contudo a revalorização foi adiada e a nova emissão passou a circular a par do primeiro manate. A série de notas foi introduzida com as denominações de 50, 100, 500, 1 000, 5 000 e 10 000 manates. Duas novas moedas foram também introduzidas em duas denominações: 500 e 1 000 manates. Quer a primeira, quer a segunda emissão de notas de manate circularam conjuntamente até à emissão do segundo manate (revalorizado) em 2009.

Segundo manatEditar

Após hiperinflação ter significativamente desvalorizado a moeda, foi introduzido um novo manate, a uma taxa de câmbio fixa de 5 000 antigos manates por 1 novo manate. As notas foram impressas em denominações de 1, 5, 10, 20, 50, 100 e 500 novos manates. Como parte de um esforço por parte do governo turcomeno para desmantelar o culto de personalidade ao antigo presidente Niyazov e ajudar a diferenciar politicamente o novo poder, apenas a nota mais alta (de 500 manates) apresenta o retrato do antigo líder. As notas de 500 manates ainda não foram postas em circulação. As outras denominações apresentam imagens de edifícios em Asgabade e retratos de Ahmed Sanjar, Oghuz Khan, Magtymguly Pyragy e outras figuras históricas turcomenas.[5][6]

Notas do segundo manate[6]
Imagem Valor Dimensões Cor principal Descrição Data de emissão Data da primeira emissão Marca-de-água
Frente Verso
[2] 1 manat 120 x 60 mm Verde-clara Emblema do Turcomenistão; Togrul Beg (também conhecido como Tugrul Bey) Döwlet medeniýet merkezi (Centro Cultural do Turcomenistão), Asgabade 2009 1 de janeiro de 2009 Togrul Beg, bandeira e eletrótipo 1
[3] 5 manates 126 x 63 mm Bronzeada Emblema do Turcomenistão; Soltan Sanjar Garaşsyzlyk Binasy (Monumento à Independência), Bitaraplyk Binasy (Monumento à Neutralidade), Asgabate 2009 1 de janeiro de 2009 Soltan Sansar, bandeira e eletrótipo 5
[4] 10 manates 132 x 66 mm Vermelha Emblema do Turcomenistão; Magtymguly Pyragy Edifício do Banco Central, Asgabade 2009 1 de janeiro de 2009 Magtymguly Pyragy, bandeira e eletrótipo 10
[5] 20 manates 138 x 69 mm Púrpura Emblema do Turcomenistão; Görogly (também conhecido como Köroğlu) Ruhyýet Köşgi (Palácio da Espiritualidade), Asgabade 2009 1 de janeiro de 2009 Görogly, bandeira e eletrótipo 20
[6] 50 manates 144 x 72 mm Verde-escura Emblema do Turcomenistão; Gorgut Ata (também conhecido como Dede Korkut) Türkmenistanyň Mejlisi (Assembleia Nacional do Turcomenistão), Asgabade 2009 1 de janeiro de 2009 Gorkut Ata, bandeira e eletrótipo 50
[7] 100 manates 150 x 75 mm Azul Emblema do Turcomenistão; Oguz Khan Prezident Köşgi (Palácio Presidencial), Asgabade 2009 1 de janeiro de 2009 Oguz Khan, bandeira e eletrótipo 100
[8] 500 manates 156 x 78 mm Dourada Emblema do Turcomenistão; Saparmurat Niyazov Kypçak Metjidi (Mesquita Kipchak) 2009 1 de janeiro de 2009 Presidente Saparmurat Niyazov, bandeira e eletrótipo 500

Ver tambémEditar

Referências

  1. [CIA – The World Factbook, est. 2012
  2. a b Henriques, Raul Pinheiro (2013). Designação de unidades monetárias em português: Léxico e normalização linguística (PDF). Lisboa: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa — Departamento de Linguística Geral e Românica. Consultado em 1 de dezembro de 2014 
  3. Linzmayer, Owen (2012). «Turkmenistan». The Banknote Book (em inglês). São Francisco, Califórnia: banknotenews.com 
  4. «Turkmenistan's 5000 manat to equal 1 manat after denomination». 6 de setembro de 2008 
  5. Манаты без Туркменбаши, Аскар Турсунбаев, Гундогар, em russo
  6. a b Imagens das novas notas: [1]

Ligações externasEditar