Abrir menu principal
Margaery Tyrell
Game of Thrones 2011 logo.svg
Game-of-thrones-margaery-tyrell.png
Outro(s) nome(s) A Pequena Rainha
A Pequena Rosa
Donzela Margaery
Sexo feminino
Ocupação Rainha dos Sete Reinos
Família Casa Tyrell
Mace Tyrell (pai)
Allerie Hightower (mãe)
Loras Tyrell (irmão)
Willas Tyrell (irmão)
Garlan Tyrell (irmão)
Luthor Tyrell (avô)
Olenna Tyrell (avó)
Leyton Hightower (avô)
Casa Baratheon
Renly Baratheon (ex-marido)
Joffrey Baratheon (ex-marido)
Tommen Baratheon (marido)
Status viva (livros)
morta (tv)
Criado por George R. R. Martin
Primeira aparição Livros:
A Clash of Kings (1998)
TV:
"What Is Dead May Never Die" – 1ª temporada (2012)
Jogo:
Iron from Ice (2014)
Interpretado por Natalie Dormer

Margaery Tyrell é uma personagem fictícia da série de livros de fantasia As Crônicas de Gelo e Fogo, do escritor norte-americano George R. R. Martin, e de sua adaptação televisiva Game of Thrones. Ela é uma nobre do continente de Westeros e herdeira da Casa Tyrell, uma das mais poderosas e ricas famílias dos Sete Reinos, baseada na fortaleza de Highgarden, na Campina de Westeros. Mencionada no primeiro livro da série, A Game of Thrones (1996), ela aparece a partir do segundo, A Clash of Kings (1998). Uma personagem secundária nos livros, na série da HBO ela tem uma participação muito maior, tornando-se uma das principais personagens nas temporadas em que aparece. Na televisão, ela é interpretada pela atriz inglesa Natalie Dormer.

PerfilEditar

Margaery é a única filha de Alerie Hightower e Mace Tyrell, o lorde de Highgarden na Campina. Seus irmãos mais velhos são Willas, Garlan e Loras, o Cavaleiro das Flores, que é um membro da Guarda Real. Ela é descrita como muito bonita, possuindo suaves olhos de corça e cabelos castanhos encaracolados. Tem um sorriso tímido e doce.[1] Integrante de uma das mais ricas Casas de Westeros, e por isso muito poderosa, ela é no momento governada pela matriarca Olenna Tyrell, a avó de Margaery e mãe de Mace, que arranja casamentos importantes para a neta e a guia nas intrigas e na política da corte da capital Porto Real.

Nos livrosEditar

Margaery tem uma participação muito menor nos livros que na série de televisão. Em A Clash of Kings, sua primeira aparição, ela está casada com Renly Baratheon e apoia sua ambição ao Trono de Ferro. Após o assassinato do marido, um casamento de poucos dias e não consumado pois ele é homossexual, os Tyrell trocam de aliança política e Margaery é oferecida em casamento ao jovem rei Joffrey Baratheon.[2] Em A Storm of Swords, ela se torna popular entre o povo de Porto Real fazendo várias ações de caridade. Ela cria amizade com a ex-prometida de Joffrey, Sansa Stark, e através da amiga ficando conhecendo a verdadeira natureza sádica e cruel do rei.[3] Margaery casa-se com Joffrey, mais um casamento não consumado, porque ele é envenenado na própria festa de casamento.[4] Em A Feast for Crows, ela se casa com o irmão mais novo de Joffrey, Tommen Baratheon e o encoraja a se afirmar mais como rei. Sua influência cada vez maior sobre Tommen provoca uma reação amarga da mãe dele, Cersei Lannister, que teme perder o poder sobre o filho, ainda muito jovem e influenciável por todos. A disputa pelo poder sobre o rei entre as duas acaba causando a prisão de Margaery, denunciada como adúltera por Cersei.[5] No último livro publicado da saga, A Dance with Dragons, Margaery é libertada e colocada em prisão domiciliar enquanto aguarda julgamento.[6]

Na televisãoEditar

Na série Game of Thrones da HBO, a história e o pano de fundo da vida de Margaery permanecem praticamente os mesmos nas primeiras temporadas, com a diferença de que ela é mais adulta ao invés da adolescente da literatura e tem maior proeminência na narrativa.

2ª temporada (2012)Editar

Margaery, recém-casada com Renly Baratheon, revela que está ciente da relação dele com o irmão dela, Loras, e está disposto a relevar seus desejos para garantir uma aliança mútua e a sua posição na realeza. Com o posterior assassinato dele, ela diz a Petyr Baelish que está mais inclinada a acreditar que o próprio irmão de Renly, Stannis Baratheon, está por trás do assassinato do que a suspeita e acusada Brienne de Tarth. Ela também deixa claro que sua grande ambição é ser a Rainha dos Sete Reinos e nada menos do que isso.[7]

3ª temporada (2013)Editar

Margaery se mudou para Porto Real e assentou residência na Fortaleza Vermelha. Ela mostra rapidamente que é uma das poucas pessoas capazes de administrar bem o temperamento do jovem e recém empossado rei Joffrey Baratheon, o que agrada seu avô, Tywin Lannister, mas faz dela uma inimiga para Cersei Lannister, a mãe de Joffrey. Ela também se torna amiga de Sansa Stark, a prometida de Joffrey, embora seus motivos não sejam claros; Margaery substitui rapidamente Sansa como a nova noiva de Joffrey. Usando de perspicácia em relação aos pobres e órfãos da cidade, ela se torna extremamente popular com a população simples de Porto Real como sua futura rainha.[8]

4ª temporada (2014)Editar

 
Brasão de armas da Casa Tyrell.

Margaery se casa com Joffrey mas fica novamente viúva poucas horas depois quando ele é envenenado no banquete de casamento. Olenna Tyrell, sua avó e matriarca da família, revela sutilmente que está por trás do crime, mas sem saber que o julgamento de Tyrion Lannister, acusado do crime, é uma farsa, ela se mantém calada. Arranjos são feitos entre os chefes das Casas Lannister e Tyrell, Tywin e Olenna, para que Margaery se case com o irmão mais novo de Joffrey, Tommen Baratheon, de quem rapidamente ela tenta conquistar as boas graças. A rivalidade entre ela e Cersei aumenta e fica mais amarga, com a primeira se sentindo substituída na sua influência sobre Tommen com rainha e mãe, sendo forçada a casar seu filho, ainda um menino, com Margaery, e esta tentando cada vez mais suplantá-la e substituí-la no afeto de Tommen.[9]

5ª temporada (2015)Editar

Tommen e Margaery se casam e ela finalmente se torna a Rainha dos Sete Reinos. Ela provoca Cersei sobre seu triunfo e tenta convencer Tommen a enviar a mãe para fora da capital. Cersei, em uma tentativa de pouca visão para se livrar de sua rival, faz com que o rei permita que os fanáticos religiosos da Fé dos Sete sejam reinstalados na capital e possam portar armas. Sua intenção é de que a fervorosa seita ordene a prisão de Loras por homossexualidade e que Margaery também seja presa por perjúrio ao negar, sob juramento, ter conhecimento da orientação sexual do irmão. Margaery é presa pela Fé mas Cersei também, logo depois, denunciada à Fé por adultério. [10]

6ª temporada (2016)Editar

Após um tempo presa, Margaery tem permissão para visitar o irmão em outra cela. Ela descobre que ele está no limite emocional e psicológico sob os interrogatórios da Fé e que o encontro é um estratagema para que ela se quebre também. Jaime Lannister lidera o exército Tyrell até o Septo de Baelor para libertar Margaery mas descobre que ela foi absolvida após convencer Tommen a forjar uma aliança política entre a Fé e a Coroa. Depois ela convence Olenna a voltar para Highgarden, sutilmente demonstrando que continua leal à família.

Ela convence o Alto Pardal, o líder da Fé dos Sete, a libertar Loras se ele renunciar a seu direito como herdeiro da Casa Tyrell e abraçar a Fé. Porém, quando Cersei, libertada no aguardo de uma sentença, não comparece ao julgamento, Margaery deduz que ela está maquinando algo e tenta fazer com que o Alto Pardal evacue o Septo de Baelor, onde uma multidão se reúne além deles, à espera do julgamento dos Tyrell e de Cersei; o sacerdote porém se recusa a ouvir Margaery e manda os soldados da Fé trancarem as saídas. Momentos depois, uma enorme explosão provocada por fogo vivo, colocado debaixo do Septo por Cersei e seu aliado Qyburn, ocorre no Septo, destruindo todo o templo e matando Margaery, Loras, o Alto Pardal e todos ali reunidos. Sua morte e de seu irmão fazem com que Olenna procure vingança e se alie às Serpentes de Areia, que governam a cidade rival de Dorne, e a Daenerys Targaryen, a herdeira sobrevivente da dinastia que antes reinava em Westeros, na invasão do continente e deposição dos Lannisters do Trono de Ferro. [11]

 
Natalie Dormer vive Margaery Tyrell em Game of Thrones.

AtrizEditar

Margaery Tyrell é vivida na televisão pela atriz inglesa Natalie Dormer, já conhecida por interpretar papéis em séries que tem por tema a Idade Média, fictícios ou reais, o mais conhecido deles o de Ana Bolena na série The Tudors, levado ao ar pelo canal de tv a cabo Showtime entre 2007 e 2010.[12] Elogiada por seu trabalho em Game of Thrones, ela e o restante do elenco foram indicados para o Screen Actors Guild Award–SAG de melhor elenco em série de drama em 2012, 2014, 2015 e 2016.[13] Junto com o restante do elenco, ela ganhou o Empire Award em 2015.[14] Seu trabalho na 3ª temporada (2013) lhe rendeu o prêmio de melhor atriz coadjuvante em série dramática da revista Entertainment Weekly.[15]

Em entrevista, Dormer fez uma avaliação sobre a sabedoria política de Margaery Tyrell:

Margaery traz todo esse novo elemento para o jogo que ainda não tinha sido visto: relações públicas. É quase um ethos moderno em RP e em cortejar o afeto público. Nós vemos todos os políticos beijando bebês. Não importa que ela seja insincera em sua esperança genuína de fazer caridade entre os mais pobres; é apenas uma nova faceta interessante sobre como lidar com as massas e como ganhar poder, que talvez não tenhamos visto em Westeros antes. Ela vem de uma família matriarcal e é feita do mesmo tecido que a avó, de quem é uma protegida; assim, ela sabe o que é para uma mulher estar no comando.[16]

Referências

  1. A Clash of Kings, Catelyn XXII.
  2. Martin, George R. R. (1998). A Clash of Kings. [S.l.: s.n.] ISBN 0-553-10803-4 
  3. A Storm of Swords, Sansa LXI.
  4. Martin, George R. R. (2000). A Storm of Swords. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0-553-89787-6 
  5. Martin, George R. R. (2005). A Feast for Crows. [S.l.]: Bantam Spectra. ISBN 978-0-553-80150-7 
  6. Martin, George R. R. (2011). A Dance with Dragons. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0-553-90565-6 
  7. «Game of Thrones Season 2». HBO. Consultado em 5 de agosto de 2017 
  8. «Game of Thrones Season 3». HBO. Consultado em 5 de agosto de 2017 
  9. «Game of Thrones Season 4». HBO. Consultado em 5 de agosto de 2017 
  10. «Game of Thrones Season 5». HBO. Consultado em 5 de agosto de 2017 
  11. «Game of Thrones Season 6». HBO. Consultado em 5 de agosto de 2017 
  12. «Natalie Dormer opens up about The tudors and Anne Boleyn in new book». LiveJournal. Consultado em 15 de agosto de 2017 
  13. «AWARDS». sagawards.org. Consultado em 24 de julho de 2017 
  14. «Empire Hero Award 2015». Empire. Consultado em 8 de setembro de 2016. Arquivado do original em 14 de julho de 2015 
  15. «EWwy Awards 2013: Meet Your 10 Winners!». Entertainment Weekly. 13 de setembro de 2013. Consultado em 15 de setembro de 2016 
  16. Feinberg, Daniel (31 de março de 2013). «Interview: 'Game of Thrones' co-star Natalie Dormer discusses her Margaery Tyrell». HitFix. Consultado em 4 de abril de 2013