Abrir menu principal

Wikipédia β

Maria Cavaco Silva

Primeira Dama de Portugal
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa. Foi sugerido que adicione esta.
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:

Maria Alves da Silva Cavaco Silva GCIH (São Bartolomeu de Messines, Silves, 19 de março de 1938) é uma professora portuguesa de Literatura, que foi a 19ª primeira-dama de Portugal entre 2006 e 2016, como esposa do Presidente Aníbal Cavaco Silva.

Maria Cavaco Silva
Maria Cavaco Silva no Palácio Nacional da Ajuda, em 2014
Portugal 19.ª Primeira-Dama de Portugal
Período 9 de março de 2006
9 de março de 2016
Antecessor(a) Maria José Ritta
Sucessor(a) Vacante
Dados pessoais
Nome completo Maria Alves da Silva Cavaco Silva
Nascimento 19 de março de 1938 (79 anos)
São Bartolomeu de Messines, Silves
Alma mater Universidade de Lisboa
Marido Aníbal Cavaco Silva (1963–presente)
Religião Catolicismo
Profissão Professora

Índice

BiografiaEditar

Filha de Francisco dos Santos da Silva e de sua mulher Adelina de Jesus Pincho.

Licenciada em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a sua tese de licenciatura versou A Saudade na Poesia de Hölderlin, tema analisado em relação com o Saudosismo Português, principalmente com Teixeira de Pascoaes. Professora desde 1960, leccionou no Colégio das Doroteias e nos liceus Passos Manuel, Rainha D. Leonor e D. João de Castro, todos em Lisboa.

Maria e Aníbal Cavaco Silva casaram-se em Lisboa, no Mosteiro de São Vicente de Fora, a 20 de outubro de 1963. Logo nesse ano, acompanhou o marido para Moçambique, vivendo dois anos em Lourenço Marques, onde leccionou francês, português e inglês, nos liceus Salazar e D. Ana da Costa Portugal. Do seu casamento nasceram um filho e uma filha: Bruno Alves Cavaco Silva, casado com Perpétua da Conceição Gomes Anacleto e pai de João Vicente Anacleto Cavaco Silva (Lisboa, 13 de Janeiro de 2009); e Patrícia Maria Alves Cavaco Silva, nascida c. 1965, casada com Luís Manuel de Sá Montez, nascido c. 1960, engenheiro, empresário e produtor de espetáculos, Diretor da estação de rádio Antena 3, um dos adquirentes do Pavilhão Atlântico a 26 de julho de 2012,[1] pais de Mariana (1996), Afonso (1998), António Luís (2001) e João Maria Cavaco Silva de Sá Montez (2004).

Entre 1971 e 1974 esteve em York, Inglaterra, mantendo uma relação de trabalho com o Language Teaching Centre, onde frequentou cursos de alemão e italiano. Como não havia leitorado oficial de Língua Portuguesa, ensinou-a a título privado a estrangeiros de várias nacionalidades.

Em 1977 iniciou funções como regente da disciplina de Língua Portuguesa na Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, à qual está ainda hoje ligada, dando aulas extraordinárias de Língua e Cultura Portuguesas. Tem artigos publicados sobre autores como Luís de Camões, Gil Vicente, Bocage, Camilo Pessanha, Cesário Verde, José Régio, Ruy Belo, Vergílio Ferreira e Sophia de Mello Breyner.

Enquanto primeira-dama, Maria Cavaco Silva dedicou atenção aos desafios que as famílias e os jovens enfrentam no mundo actual e as novas exigências em matéria de assistência social.

Condecorações[2]Editar

Referências

  1. «Venda do Pavilhão Atlântico - Resolução do Conselho de Ministros n.º 65/2012». Parque Expo. Consultado em 22 de Fevereiro de 2015 
  2. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Estrangeiras». Resultado da busca de "Maria Cavaco Silva". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 10 de março de 2017 
  3. Boletín Oficial del Estado

Ligações ExternasEditar

Precedida por:
Maria José Ritta
Primeira-dama de Portugal
2006 — 2016
Sucedida por:
Vacante


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.