Abrir menu principal
Maria
Condessa de Aumale e Harcourt
Reinado 14241452
Baronesa de Elbeuf
Reinado 145229 de abril de 1476
 
Cônjuge Antônio de Vaudémont
Descendência Frederico II de Vaudémont
Margarida, Senhora de Aarschot e de Bierbeek
João, Conde de Harcourt
Henrique, Bispo de Metz
Maria, Viscondessa de Rohan
Casa Harcourt
Lorena (por casamento)
Nascimento 9 de setembro de 1398
  Harcourt, Alta Normandia, França
Morte 29 de abril de 1476 (77 anos)
Enterro Igreja de São Francisco dos Cordeliers, Nancy, França
Pai João VII de Harcourt
Mãe Maria de Alençon

Maria de Harcourt (em francês: Marie ; Harcourt, 9 de setembro de 139829 de abril de 1476)[1][2] foi suo jure condessa de Aumale e Harcourt, além de baronesa de Elbeuf. Foi casada com o conde Antônio de Vaudémont.

Índice

FamíliaEditar

Maria foi a primeira filha e segunda criança nascida do conde João VII de Harcourt e de Maria de Alençon. Seus avós paternos eram João VI de Harcourt e Catarina de Bourbon. Seus avós maternos eram o conde Pedro II d'Alençon e Maria Chamaillart, viscondessa de Beaumont-au-Maine.

Ela teve dois irmãos: o conde João VIII de Harcourt, e Joana, condessa de Harcourt.

BiografiaEditar

Aos dezessete anos, Maria casou-se com Antônio, futuro conde de Vaudémont no dia de 12 de agosto de 1416. Ele era filho do conde Frederico I de Vaudémont e de Margarida de Joinville. Portanto, ele era irmão de Isabel de Lorena-Vaudémont, condessa de Nassau-Saarbrücken e tradutora de canções de Gesta.

Maria foi condessa de Aumale de 1424 a 1452. Após a morte de seu pai em 1452, Maria tentou reivindicar a herança da Casa de Harcourt, excluindo sua irmã Joana. Ainda em 1452, tornou-se baronesa de Elbeuf.

Em 1476, ela foi condessa de jure junto com a irmã.

O casal teve cinco filhos, três meninos e duas meninas. O conde Antônio faleceu em 22 de março de 1458, e foi enterrado na Igreja de São Francisco dos Cordeliers, em Nancy.

A condessa Maria permaneceu viúva por dezoito anos, e faleceu em 29 de abril de 1476, aos 77 anos de idade. Foi sepultada na mesma igreja em que se encontrava seu marido.

DescendênciaEditar

  • Frederico II de Vaudémont (1417 - 31 de agosto de 1470), foi sucessor do pai. Foi marido de Iolanda de Lorena, duquesa de Anjou, com quem teve seis filhos;
  • Margarida de Lorena-Vaudémont (m. após 15 de setembro de 1477), senhora de Aarschot e de Bierbeek. Foi esposa de Antônio I de Cröy, senhor de Cröy, com quem teve cinco filhos;
  • João de Harcourt (m. 1473), foi sucessor da mãe. Além disso foi Marechal da Normandia, em 1465 ou 1466, e governador de Anjou. Não se casou e nem teve filhos;
  • Henrique de Lorena-Vaudémont (m. 2 de outubro de 1505), foi bispo de Thérouanne em 1447, e de Metz, de 1484 a 1505;
  • Maria de Lorena-Vaudémont (m. 23 de abril de 1455), foi a segunda esposa do visconde Alano IX de Rohan, com quem teve um filho.

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Foundation for Medieval Genealogy». fmg.ac. Consultado em 30 de dezembro de 2017. Arquivado do original em 8 de maio de 2008 
  2. «Geneanet». gw.geneanet.org