Mark Sedgwick

historiador britânico

Mark Sedgwick (20 de julho de 1960) é um historiador britânico, professor de Estudos Árabes e Islâmicos na Universidade de Aarhus.[1] Publicou vários artigos científicos e livros sobre Terrorismo, Sufismo, Misticismo e Islamismo.[2]

Mark Sedgwick
Nascimento 20 de julho de 1960
Londres
Cidadania Reino Unido
Alma mater
Ocupação historiador, professor associado
Empregador Universidade Americana do Cairo, Universidade de Aarhus
Página oficial
http://traditionalists.org/

Ele é o editor de Anarchist, Artist, Sufi: The Politics, Painting, and Esoterism of Ivan Aguéli, além de dois livros sobre perenialismo e Sufismo Ocidental, além de escrever sobre Sufismo no mundo árabe. Ele é o organizador da Rede Europeia de Estudo do Islã e do Esoterismo e presidente da Sociedade Nórdica para Estudos do Oriente Médio.[3]

Principais obrasEditar

  • “Neo-Sufism,” em: Cambridge Companion to New Religious Movements , editado por Olav Hammer e Mikael Rothstein, Cambridge: Cambridge University Press (2012): 198-214.
  • “Em Busca da Contra-Reforma: Estereótipos Anti-Sufi e a resposta do Budshishiyya”, em: Uma Reforma Islâmica? Editado por Charles Kurzman e Michaelle Browers, Lanham, Md: Lexington Books (2004): 125-46.
  • Contra o Mundo Moderno: Tradicionalismo e a História Intelectual Secreta do Século XX , Nova York: Oxford University Press (2004). (lançado em português)

Referências

  1. Piraino, Francesco, and Mark Sedgwick, eds. Global Sufism: Boundaries, Structures and Politics. Hurst & Company, 2019.
  2. Sedgwick, Mark. «Autobiographical note». Aarhus University 
  3. Sedgwick, Mark. «The Concept of Radicalization as a Source of Confusion». Terrorism and Political Violence. 22 (4): 479–494. ISSN 0954-6553. doi:10.1080/09546553.2010.491009