João Marques de Oliveira

pintor português
(Redirecionado de Marques de Oliveira)
João Marques de Oliveira
Nascimento 23 de agosto de 1853
Porto
Morte 9 de outubro de 1927 (74 anos)
Porto
Cidadania Portugal
Alma mater Universidade do Porto
Ocupação pintor
Movimento estético naturalismo

João Joaquim Marques da Silva Oliveira (Porto, 23 de agosto de 1853 - Porto, 9 de outubro de 1927) foi um pintor e professor, pintor realista e introdutor do naturalismo em Portugal.

BiografiaEditar

 
Portão no Campo, (c.1901), óleo sobre madeira

Em 1864 entrou para a Academia Portuense de Belas Artes, completando o curso de história da pintura em 1873. Viveu em França de 1873 a 1879, com o seu colega Silva Porto.

Os dois pintores são considerados os introdutores do naturalismo em Portugal. Em 1876 e 1877 viajou com Silva Porto pela Bélgica, Países Baixos, Inglaterra e Itália onde permaneceram mais demoradamente. Participou nos Salons de Paris de 1876 e 1878. Em 1879, regressou ao Porto e, à semelhança de Silva Porto, introduziu a pintura de ar livre em Portugal.

A partir de 1881, e até 1926, foi professor na Academia Portuense de Belas-Artes, onde ocupou o lugar de director. Encontram-se colaborações suas na revista A Arte Portuguesa [1] (1882-1884).

Em Lisboa, participou nas 3 últimas exposições da Sociedade Promotora de Belas-Artes (1880, 1884 e 1887), ganhando nas duas primeiras, respectivamente, medalhas de 3.ª e 2.ª classe; nas do Grémio Artístico de 1891 a 1894, 1896 e 1898, recebendo na de 1892 uma medalha de 3.ª classe; e na 1.ª Exposição da Sociedade Nacional de Belas Artes, em 1901[2], dentro das várias obras apresentadas nestas exposições, destaque para Portão no Campo, um óleo sobre madeira, que no verso apresenta estudo para pintura de praia.

Faleceu em 9 de outubro de 1927, aos 74 anos, tendo sido sepultado no Cemitério da Lapa, no Porto.

A obra de Marques de Oliveira encontra-se presente em grandes museus, nomeadamente no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado em Lisboa, no Museu Nacional de Soares dos Reis no Porto e ainda no Museu de José Malhoa em Caldas da Rainha. Além da sua presença em museus, encontra-se também em mãos particulares e colecções privadas.

Devido à dispersão da sua obra, o seu estudo de conjunto ainda aguarda, tornando-se urgente e necessário para uma boa compreensão deste artista e da sua época, para a qual deu um contributo tão valioso.[2]

GaleriaEditar

ObrasEditar

BibliografiaEditar

  • Arte Portuguesa do Século XIX

Referências

  1. Rita Correia (9 de janeiro de 2007). «Ficha histórica:A arte portugueza : revista mensal de bellas-artes (1882-1884)» (PDF). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 4 de outubro de 2016 
  2. a b «João Marques de Oliveira no site MatrizNet, informação pelo IMC Instituto dos Museus e da Conservação». www.matriznet.dgpc.pt. Consultado em 22 de novembro de 2020 
  3. Portal do MNAC, [1]

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre João Marques de Oliveira