Abrir menu principal
Matsudono Moroie
松殿師家
Naidaijin
Dados pessoais
Nascimento 12 de julho de 1172
Morte 11 de novembro de 1238 (66 anos)
linkWP:PPO#Japão


Matsudono Moroie (松殿師家 1172 - 1238?), também conhecido como Fujiwara no Moroie , Matsudo Moroie ou Matsuo Moroie. Foi um nobre período Kamakura da História do Japão [1].

VidaEditar

Moroie foi o terceiro filho de Fujiwara no Motofusa ( também conhecido como Matsudono Motofusa), e teve como irmãos Fujiwara no Tadataka, Gyōi e Jitsuon.

Apesar de não ser o primeiro filho de Motofusa, Moroie teve um tratamento especial porque sua mãe pertencia à família Kazan'in, que tanto Go-Shirakawa como Kiyomori, que estavam em disputa política, e viam em Moroie uma pessoa que poderia manter um equilíbrio no poder.

Em 1179 foi nomeado vice-governador da província de Harima e depois foi promovido a Chūnagon , isso apesar de ainda ser uma criança. É por esta razão que Motofusa intercedeu para agir em nome de Moroie, mas para Kiyomori isto era uma intromissão (Kiyomori não gostava de Motofusa, por este anteriormente ter se aliado a Go-Shirakawa), a inimizade foi aumentando até desaguar no Incidente Jishō, uma nova tentativa fracassada de Go-Shirakawa com o apoio de Motofusa para tirar o poder dos Taira. Kiyomori se sentiu desafiado. Partindo de sua casa de campo em Fukuhara, na província de Settsu, à frente de uma grande tropa, colocou o ex-imperador em confinamento rigoroso no palácio Toba, segregando-o completamente do mundo oficial e privando-o de todas as funções administrativas e banindo Motofusa [2]. Este foi um dos gatilhos para as Guerras Genpei.

Em 1183, com os Taira fugindo de Quioto, e a entrada de Minamoto no Yoshinaka na capital, Motofusa acreditou em uma nova oportunidade de recuperar o poder, por isso tornou uma de suas filhas esposa de Yoshinaka, pedindo em troca que Moroie fosse indicado para algum cargo administrativo. Moroie foi inicialmente nomeado Dainagon e dentro de algumas semanas, foi nomeado Sesshō (Regente) do Imperador Antoku, líder do clã Fujiwara e Naidaijin [1] .

No entanto, no início de 1184, Minamoto no Noriyori e Minamoto no Yoshitsune (primos de Yoshinaka), combateram contra seu primo na Batalha de Awazu e o assassinaram. Isso resultou na perda de poder de Motofusa, e na renúncia de Moroie de todos as cargos que acumulou.

Depois disso, quase nada se soube sobre a vida de Moroie. Apenas que adotou Dogen em 1230 [3], se tornou um monge budista em 1232 [4] ficando conhecido como Sonkō e que morreu em 1238.



Precedido por
Fujiwara no Motofusa
  -- 2º Líder dos Matsuo Fujiwara
(1183 -1184)
Sucedido por
Matsudono Tadafusa
Precedido por
Taira no Munemori
39º Naidaijin
(1183 -1184)
Sucedido por
Tokudaiji Sanesada



Referências

  1. a b Louis-Frédéric , Japan Encyclopedia (em inglês) Harvard University Press, 2002 pp 206 ISBN 9780674017535 Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "a" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  2. Frank Brinkley and Dairoku Kikuchi. A History of the Japanese People from the Earliest Times to the End of the Meiji Era.(em inglês) New York: Encyclopædia Britannica, 1915 pp. 716 - 717. OCLC 413099
  3. Takashi James Kodera Dogen's Formative Years: An Historical and Annotated Translation of the Hokyo-ki (em inglês) Routledge, 2013 p. 43 ISBN 9781134543151
  4. Kodera Dogen's Formative Years p. 145 nota 36