Miguel Arrobas

nadador, jurista e político português

Miguel Arrobas (30 de Setembro de 1974) é um nadador de águas abertas, antigo atleta olímpico, jurista e político português.

Miguel Arrobas
Nascimento Miguel Maria Horta e Costa Arrobas da Silva
30 de setembro de 1974 (48 anos)
Alvalade
Cidadania Portugal
Ocupação nadador, político, jurista

Em 2011 trabalhava como jurista na Autoridade Nacional de Comunicações.[1] Desde 2013 que integra a lista vencedora da Câmara Municipal de Cascais,[2] desempenhando as funções de Director Municipal de Desporto.[3] Em 2021 tomou posse como deputado na Assembleia da República pelo CDS-PP.[4]

Miguel casou em 2002 com Mariana d'Avillez, sendo pais de sete filhos. A família mora em Sintra, junto à Praia das Maçãs, juntamente com dois cães, dois burros, dois patos e três galinhas.[3] Em Maio de 2017 Mariana apresentou o livro "Mãe de Sete", sobre a sua experiência na organização e gestão familiar.[5]

Carreira desportivaEditar

Aos 17 anos Miguel participou como nadador nos Jogos Olímpicos de Barcelona de 1992.[6]

Em 2008 conseguiu o melhor tempo a nível mundial na travessia do Canal da Mancha (34kms).[7] Em 2009, a convite do Governo da Tunísia, atravessou o Golfo de Gabés, entre as ilhas Kerkennah e a cidade portuária de Sfax, integrado no Projecto Dialogue Across The Seas 2009”, uma iniciativa que visou promover as maratonas em águas abertas e o diálogo, a nível desportivo e cultural, entre a Europa e os países do Magrebe africano.[7]

Em 2010 continuava a ser uma forte referência da natação portuguesa, participando nas grandes maratonas de águas abertas, entre as quais a travessia do estreito de Gibraltar (20kms), a ligação Peniche/Berlengas,[6] Madeira/Desertas (25kms), desafio entre barragens Bouça/Castelo do Bode (54kms).[8]

Em Junho de 2011 foi o primeiro português a concluir a Manhattan Island Swim, uma maratona a nado à volta da ilha de Manhattan, Nova Iorque, que consiste numa volta completa à ilha, no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, numa distância total de 52 quilómetros. Miguel Arrobas integrou o grupo dos oito nadadores mais rápidos, concluindo em sétimo lugar da geral e quinto entre os homens, com um tempo de 7 horas e 46 minutos. A competição foi ganha pela norte-americana Erika Rose.[1]

Em Julho de 2015 participou na primeira travessia entre as ilhas de São Jorge e Pico, nos Açores, com uma extensão de cerca de 20 quilómetros, chegando em primeiro lugar.[9] Poucos dias mais tarde, a 1 de Agosto, estabeleceu um novo recorde na travessia entre as ilha do Faial e Pico, no mesmo arquipélago, numa extensão de 9 quilómetros, com um tempo de 1 hora e 43 minutos, menos 40 minutos que o recorde anterior.[10]

Em Setembro de 2018 Miguel fez a travessia a nado do mar que separa as ilhas do Corvo e das Flores, no arquipélago dos Açores, com um tempo de 4 horas, 54 minutos e 35 segundos numa distância de cerca de 15 milhas náuticas. A travessia teve um carácter solidário com a Fundação Maria Cristina, que ajuda crianças dos bairros de lata de Daca, capital do Bangladesh, a ter acesso à educação e a sair da extrema pobreza.[11]


Referências

  1. a b «Natação: Miguel Arrobas é o primeiro português a concluir maratona de Manhattan». www.jn.pt. 19 de junho de 2011. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  2. Bugalho, Sebastião (30 de junho de 2017). «Filhas de Balsemão e Roseta na lista do PSD à câmara de Cascais». Semanario SOL. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  3. a b Cardoso, Ana Patrícia (7 de maio de 2017). «Nesta casa há sete filhos…e os pais ainda não deram em doidos». Notícias Magazine 
  4. «Perfil na Assembleia da República» 
  5. «'Mãe de sete', Mariana d'Avillez ensina como descomplicar a maternidade». Caras. 25 de maio de 2017. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  6. a b Portugal, Rádio e Televisão de (2010). «MIGUEL ARROBAS (Nadador Olímpico) - Modalidades Memória - Magazines - RTP». www.rtp.pt. RTP. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  7. a b «COMPETIÇÃO: Nadador português em mais um desafio-Miguel Arrobas em águas tunisin». 6 de outubro de 2009. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  8. «Águas Abertas: Madeira Islands Ultra SWim dá-se a conhecer». www.record.pt. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  9. Avillez, Filipe d’ (27 de junho de 2015). «Renascença - A par com o mundo.». rr.sapo.pt. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  10. Barcelos, Luciano (1 de agosto de 2015). «Batido o recorde da travessia a nado entre o Faial e o Pico». www.rtp.pt. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  11. «Nadador olímpico faz travessia solidária entre o Corvo e as Flores». Notícias ao Minuto. 7 de setembro de 2018. Consultado em 15 de janeiro de 2019