Milan Nedić

Milan Nedić
Nascimento 2 de setembro de 1878
Grocka
Morte 4 de fevereiro de 1946 (67 anos)
Belgrado
Cidadania Reino da Sérvia, Reino da Iugoslávia, Principado da Sérvia
Etnia Sérvios
Alma mater Academia Militar de Belgrado
Ocupação político, militar
Prêmios Medalha comemorativa pela retirada do exército sérvio pela Albânia
Religião Igreja Ortodoxa Sérvia
Causa da morte queda

Milan Nedić (sérvio cirílico: Милан Недић) (Grocka, 2 de setembro de 1877Belgrado, 4 de fevereiro de 1946) foi um general e político sérvio; foi o chefe do Estado Maior do exército iugoslavo, ministro da guerra durante o governo real iugoslavo e o principal ministro do Governo de Salvação Nacional (um governo fantoche nazista durante a Segunda Guerra Mundial).

Após a guerra, as autoridades da Iugoslávia comunista o prenderam, durante a qual ele supostamente se suicidou em 1946.[1] Esta afirmação foi recentemente questionada, com o testemunho de Miodrag Mladenovic, um ex-oficial iugoslavo do OZNA.[2]

Referências

BibliografiaEditar

  • Browning, Christopher R. (1991). Fateful months. Essays on the emergence of the Final Solution (em inglês). [S.l.]: Holmes & Meier. 113 páginas. ISBN 0841912661 
  • Pavlowitch, Stevan K. (2008). Hitler's New Disorder: The Second World War in Yugoslavia (em inglês). [S.l.]: Columbia University Press. 256 páginas. ISBN 9780231700504 
  • Roberts, Walter R. (1973). Tito, Mihailovic, and the Allies, 1941-1945 (em inglês). [S.l.]: Rutgers University Press. 406 páginas. ISBN 9780813507408 
  • Tomasevich, Jozo (1975). The Chetniks: War and Revolution in Yugoslavia, 1941-1945 (His War and revolution in Yugoslavia, 1941-1945) (em inglês). [S.l.]: Stanford University Press. 518 páginas. ISBN 9780804708579