Miles Aerovan

O Miles M.57 Aerovan[nota 2] foi uma aeronave britânica bimotora de curto alcance de transporte de baixo custo, desenvolvida e construída pela Miles Aircraft, também foi usada em perfis de operadores militares.

M.57 Aerovan
Um Aerovan da Channel Islands Air Freight no Aeroporto de Manchester
Descrição
Tipo / Missão Aeronave de transporte e carga, civil e militar
País de origem  Reino Unido
Fabricante Miles Aircraft
Período de produção 1946-1947
Quantidade produzida 52
Primeiro voo em 26 de janeiro de 1945 (77 anos)
Variantes 7 versões + o Miles M.68
Tripulação 2
Passageiros 10
Especificações (Modelo: Aerovan Marks 2, 3, 4)
Dimensões
Comprimento 10,97 m (36,0 ft)
Envergadura 15,24 m (50,0 ft)
Altura 4,1 m (13,5 ft)
Área das asas 36,2  (390 ft²)
Alongamento 6.4
Peso(s)
Peso vazio 1 360 kg (3 000 lb)
Peso carregado 2 630 kg (5 800 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 x motores a pistão em linha Blackburn Cirrus Major IIA
Potência (por motor) 150 hp (112 kW)
Performance
Velocidade máxima 204 km/h (110 kn)
Velocidade de cruzeiro 180 km/h (97,2 kn)
Alcance (MTOW) 645 km (401 mi)
Teto máximo 4 040 m (13 300 ft)
Razão de subida 3,1 m/s
Notas
Dados de: British Civil Aircraft since 1919[nota 1]

Design e DesenvolvimentoEditar

Foi um monoplano de asa alta feito com partes de materiais variados, como plásticos, madeira e metal, possuía trem de pouso fixo em triciclo, e em sua cauda havia três lemes. Em sua capacidade de carga podia levar até um veículo familiar, através de suas portas traseiras que se abriam em forma de concha. Designado em 1944, o protótipo foi construído na fábrica da Miles em Woodley, Berkshire onde foi também o local de seu primeiro voo, no dia 26 de janeiro de 1945 conduzido por Tommy Rose[nota 3].

A produção iniciou-se em 1946 principalmente para a aviação civil, alguns exemplares foram usados para missões militares em Israel e na Nova Zelândia. A produção encerrou-se no final de 1947. Uma licença foi garantida para a fabricação do tipo na França, mas não foi produzido. Uma aeronave foi modificada pela Força Aérea Real da Nova Zelândia para uso em fertilização aérea mas não obteve sucesso, e uma segunda aeronave foi adaptada para vigilância aeromagnética.[1]

O último Aerovan sobrevivente conhecido foi um Mk 6 operando na Itália em 1968.

 
Protótipo do Aerovan com quatro janelas quadradas.

VariantesEditar

  • Aerovan 1
  • Aerovan 2
  • Aerovan 3
  • Aerovan 4
  • Aerovan 5
  • Aerovan 6
  • HDM.105

OperadoresEditar

Civis
Militares

Ver tambémEditar

Desenvolvimento relacionado
Listas

Notas

  1. Jackson p.171
  2. Jackson pp.168-72
  3. Jackson, 1974, p. 79

BibliografiaEditar

  • Jackson, A.J., British Civil Aircraft 1919-1959, vol 2. London: Putnam & Company Ltd., 1960.
  • A.J. Jackson, British Civil Aircraft since 1919 Volume 3, 1974, Putnam, London, ISBN 0-370-10014-X,

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Miles Aerovan