Mitrídates II da Pártia

 Nota: Para outros significados de Mitrídates, veja Mitrídates.

Mitrídates II, dito o Grande,[1] foi soberano do Império Parta de 123 a 88 a.C. O império atingiu sua maior extensão durante seu reinado.

Mitrídates II da Pártia
Mitrídates II da Pártia
Αργυρή δραχμή π. 94 π.Χ., 22 χλστ., 4,15 γραμ. Εμπρός όψη: κεφαλή με μακρύ γένειο φέρει τιάρα. (Πίσω όψη: o Aρσάκης Α΄ επί δίφρου κρατεί τόξο, επιγρ. ΒΑΣΙΛΕΩΣ ΒΑΣΙΛΕΩΝ ΜΕΓΑΛΟΥ ΑΡΣΑΚΟΥ ΕΠΙΦΑΝΟΥΣ). Κόπηκε στις Ράγες.
Nascimento Desconhecido
Nisa
Morte 88 a.C.
Ctesifonte
Cidadania Império Parta
Progenitores
Filho(a)(s) Orodes I da Pártia, Arsaces XVI
Ocupação soberano

Ele foi o filho e sucessor de Artabano I, que morreu lutando contra os tocários, após receber um ferimento no braço.[1] Ele lutou contra vários vizinhos, e derrotou os citas,[1] que ocuparam a Báctria e o leste do atual Irã, e mataram seu predecessor em batalha.

Ele lutou contra Artoadistes da Armênia [1] (Artavasdes I da Arménia).

O texto de Juniano Justino confunde este rei com Mitrídates III,[2] que, após a guerra contra a Armênia, foi banido do reino, por causa de sua crueldade, pelo senado da Pártia, e foi sucedido por seu irmão Orodes.[3] Mitrídates III se refugiou na Babilônia, e foi sitiado por Orodes, entregou-se, confiante na sua relação com o irmão, que o tratou como inimigo e o executou.[3]


Árvore genealógica baseada em Justino, com uma extrapolação (Artabano I filho de Friapácio):

Friapácio I
Fraates I
Mitrídates I
Artabano I
Fraates II
Mitrídates II

Nome editar

Mitridates (Μιθριδάτης, Mithridátes) é uma das variações em grego (as demais são Meerdates [Meherdates], Mitradates [Μιθραδάτης, Mithradátes] e Meredates [Μερεδατης]) do antropônimo persa antigo Mitradata (*Miθra-dāta-), "dado por Mitra".[4][5] O nome foi registrado como Mirdate (Mihrdāt) em parta (𐭌𐭕𐭓𐭃𐭕), persa médio e armênio (Միհրդատ), mtrdt em aramaico[6] e persa novo como Merdade (mehrdâd).[7]

Referências

  1. a b c d Justino, Epítome das Histórias de Pompeu Trogo, 42.2 [la] [en] [en] [fr] [ru]
  2. George Rawlinson, The Seven Great Monarchies Of The Ancient Eastern World, Vol 6. (of 7): Parthia [em linha]
  3. a b Justino, Epítome das Histórias de Pompeu Trogo, 42.4 [la] [en] [en] [fr] [ru]
  4. Hinz 1975, p. 167.
  5. Tavernier 2007, p. 249.
  6. Schmitt 1996, p. 167.
  7. Kia 2016, p. 350.

Bibliografia editar

  • Hinz, Walther (1975). «*miθradāta». Altiranisches Sprachgut der Nebenüberlieferungen (Göttinger Orientforschungen, Reihe III, Iranica; 3. Viesbade: Otto Harrassowitz 
  • Kia, Mehrdad (2016). The Persian Empire: A Historical Encyclopedia [2 volumes]. Santa Bárbara: ABC-CLIO. ISBN 978-1610693912 
  • Schmitt, Rüdiger (1996). «Parthische Sprach- und Namenüberlieferung aus arsakidischer Zeit». In: Wiesehöfer, Josef. Das Partherreich und Seine Zeugnisse. Estugarda: Franz Steiner 
  • Tavernier, Jan (2007). «4.2.1109. *Miθradāta-». Iranica in the Achaemenid Period (ca. 550–330 B.C.): Lexicon of Old Iranian Proper Names and Loanwords, Attested in Non-Iranian Texts. Lovaina e Paris: Peeters Publishers