Abrir menu principal


MUV - Mobilidade Urbana de Viseu
Logo MUV.svg
Informações
Proprietário Município de Viseu
Local Viseu
País Portugal
Tipo de transporte Rodoviário (Urbano) e
Número de linhas 28 (incluindo funicular)
Número de paradas 724
Website www.muv.pt
Funcionamento
Início previsto 2 de abril de 2019
Operadora(s) Berrelhas
Número de veículos 32
Comprimento dos veículos 10,5m (autocarros MAN Lion’s City M A47)
7,36m (miniautocarros Mercedes-Benz Sprinter)
9m (funicular)
9m (veículo autónomo)
Dados técnicos
Frequência Entre 20 minutos e 1h
Bitola Bitola ibérica (funicular)
Velocidade máxima 50 km/h, no centro das cidades
Mapa da Rede

Mapa MUV.png

A Mobilidade Urbana de Viseu (MUV) é uma sistema de transporte público de passageiros da cidade de Viseu, Portugal.[1] O MUV sucede ao STUV o antigo serviço de transportes de Viseu desde 2010. Entrou em serviço a 2 de abril de 2019.[2]

ModosEditar

MUV BusEditar

Em 2018, o MUV renovou toda a frota de veículos. No Centro Histórico, serão 2 os veículos elétricos em circulação contínua e com paragem a pedido. As 21 linhas radiais serão servidas por 24 veículos novos. [3] A cor-padrão dos autocarros é o amarelo, tendo sido retirados de circulação os antigos veículos brancos e pretos em 2018.

  • Linhas urbanas circulares - As linhas urbanas (C1 e C2) contarão com 2 miniautocarros de forma a tornar mais fácil e rápida a deslocação dentro da cidade, existem agora duas linhas que dão uma volta completa ao centro, com uma frequência de 20 em 20 minutos.[4]
  • Linha 17 - Esta é a linha foi criada a pensar em ligar o centro da cidade ao Aeródromo Municipal de Viseu. Com horários compatíveis com o serviço de voos comerciais.
  • Bicicletas - O transporte de bicicletas é possível nos novos autocarros, com a inclusão de suportes próprios.[5]

Stop BusEditar

Um autocarro irá circular na centro histórico de Viseu e basta fazer sinal e o veículo fará paragem para a pessoa embarcar. A pessoa poderá desembarcar a qualquer momento. O elétrico de Viseu também entra neste sistema.[6]

TelebusEditar

Este é o serviço de transporte a pedido. Com uma chamada telefónica, ou com recurso à App do MUV, será possível reservar o transporte para os clientes. O numero mínimo de pessoas para poder usufruir deste serviço, é de quatro pessoas.[7]

FunicularEditar

 
Funicular em funcionamento.

O funicular de Viseu tem uma linha que liga a zona ribeirinha ao centro histórico. Com funcionamento de segunda a domingo.[8]

MUV BikeEditar

Até 2020 irá ser criada a primeira rede urbana de ciclovias, o MUV Bike. Este projeto é uma das cinco componentes e ambições do novo sistema de mobilidade – MUV. A primeira fase da rede de ciclovias irá para o terreno brevemente e, até 2020, serão implementados seis quilómetros de pistas adequadas à circulação de bicicletas.[9] O projeto está dividido em 3 fases:

  • Na primeira parte, as ciclovias centrar-se-ão no centro da cidade, ligando importantes espaços e serviços públicos, de utilização diária e tráfego intensivo, entre si e ao Centro Histórico.
  • A segunda e terceira fase, centrar-se-ão na circunvalação e freguesias.

Para a concretização da rede de ciclovias serão também efetuadas algumas alterações nas vias e artérias da cidade e, consequentemente, nos comportamentos de mobilidade dos viseenses:

  • Algumas ruas, vias e passeios serão reperfilados, de modo a receber as novas pistas;
  • A sinalização horizontal e vertical será reforçada, assim como a vigilância e o policiamento, nomeadamente sobre o estacionamento ilegal;
  • Nas vias partilhadas por automóveis e bicicletas, a velocidade máxima de tráfego será reduzida para 30 km/h, garantindo a segurança da circulação de ambos os utilizadores;

A acompanhar estas mudanças, o Município não esquece as exigências que derivam de um projeto como este. À parte das pistas, os viseenses e os visitantes terão à disposição pontos de aparcamentos para os seus veículos de duas rodas e de bike sharing.

No futuro, o Município prevê alargar a rede de ciclovias urbanas à periferia, num total de 66 quilómetros. O perímetro da circunvalação será a próxima fase e a terceira e última, a extensão das ciclovias a algumas das freguesias do concelho, nomeadamente Abraveses, Campo, Repeses e São Salvador, Rio de Loba e Ranhados.[9]

Park+RideEditar

Brevemente existirão 1700 lugares de estacionamento em parques com um sistema de estacionamento automóvel inteligente e integrado. Estes parques estarão articulados com os transportes públicos e com a bicicleta. Com este sistema, serão criados novos parques e os existentes serão modernizados.[10]

ViriatoEditar

O Viriato é um futuro meio de transporte autónomo que substituirá o atual funicular. Será o primeiro transporte público autónomo em Portugal e será de propulsão 100% elétrica. Veículo não poluente, capaz de atingir velocidades até 40 km/h, o Viriato destaca-se ainda pelo facto de atingir o nível 5 de condução autónoma, ou seja, o nível máximo, o que lhe permite prescindir de condutor, volante ou pedais, ficando a condução entregue a um sistema de inteligência artificial. Ao mesmo tempo, o veículo vai sendo acompanhado por um sistema de gestão e monitorização, o qual vai captando informação sobe a posição, a velocidade e distância percorrida de cada unidade, em tempo real.[11][12] O veículo foi desenvolvido pela empresa tecnológica portuguesa Tula.[13]

TarifáriosEditar

Até ao final do ano, o serviço será gratuito para os idosos que frequentam atividades para seniores, e que, entre apoios municipais e do Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART), arranca com tarifários mais baratos para este segmento, para estudantes, famílias e até empresas, acrescentando que haverá ainda uma tarifa para turistas; que serão os destinatários principais do Viriato, o veículo sem condutor que vai substituir o funicular de ligação da cidade à Cava de Viriato.[14]

Tipo de bilhete Zonas atravessadas Circuitos urbanos
1 2 3 4 5
Simples 0,60 € 0,85 € 0,90 € 1,20 € 1,35 € 0,50 €
Turístico 1 dia 2,55 € 2,05 €
3 dias 5,10 € 4,10 €
Pack de 10 Desconto de 10% sobre o bilhete simples
Passe 15 dias 10,25 € 14,35 € 16,40 € 17,40 € 20,50 € 8,70 €
Mensal 18,45 € 25,60 € 27,65 € 31,75 € 35,85 € 15,35 €
Passe Família Família com 2 dependentes: 10 % de desconto para todos e Família com mais do que 3 dependentes o desconto é de 10% até 2 dependentes e o terceiro dependentes e seguintes têm 15 % de desconto)
Linha Azul do Centro Histórico Pack de 3 bilhetes – 1 €

Os restantes títulos de transporte MUV são válidos nesta linha, sem nenhum custo suplementar, desde que válidos no dia.

DescontosEditar

Tipo Descrição Desconto
Criança Dos 4 aos 6 anos Meio Bilhete
Dos 6 aos 12 anos, fora do período escolar Meio Bilhete
Estudantes

(Passes)

Estudantes do escalão A da ação social do ensino não superior, dos 4 aos 18 anos 60% Desconto
Estudantes do ensino não superior, dos 4 aos 18 anos 25% Desconto
Estudantes beneficiários de ação social do ensino superior, até aos 23 anos, ou estudantes dos cursos de Medicina e Arquitetura, até aos 24 anos 60% Desconto
Estudantes do ensino superior, até aos 23 anos, ou estudantes dos cursos de Medicina e Arquitetura, até aos 24 anos 25% Desconto
Passe Empresa 5 ou menos títulos mensais 15% Desconto
6 a 10 títulos mensais 20% Desconto
11 a 49 títulos mensais 25% Desconto
50 ou mais títulos mensais 30% Desconto
Estudantes

(Pack de 10 viagens)

Todos os estudantes, mediante apresentação de comprovativo de matrícula 10% Desconto
Seniores Desconto aplicado sobre os passes e packs de 10 viagens, mediante apresentação de documento de identificação

10% Desconto

Cartões Municipais

(Senior e Juventude)

Desconto aplicado sobre passes e packs de 10 viagens 10% Desconto

Centro de Mobilidade e Transportes de ViseuEditar

 
Central de Camionagem (atual)

O Centro de Mobilidade e Transportes ou COMV será o futuro terminal rodoviário da cidade de Viseu. Atualmente é a Central de Camionagem de Viseu que será modernizada. O centro terá uma ilha central virada para os transportes urbanos de Viseu e boxes para o transporte intermunicipal, dando condições para a operação dos diferentes agentes interurbanos, intraurbanos e internacionais de transportes públicos.[15]

A intermodalidade está prevista, ficando o centro integrado na rede de mobilidade suave e assegurando a sua ligação aos diferentes modos complementares de transporte (autocarros elétricos e rodoviários, táxis, outros elétricos, bicicletas e rede pedonal).[16] Um segundo espaço intermodal, será construído junto ao Hospital.

O concurso para a construção do terminal num valor de 4,5 milhões €, foi lançado a 21 de março de 2019 pelo executivo municipal.[17][13]

App MUVEditar

Um aplicação,que ja foi lançada, em que se pode saber em tempo real o trajeto dos autocarros entre outras funcionalidades.[13]

Sistema de bicicletas e trotinetes públicasEditar

O MUV propõe um sistema de bicicletas e trotinetes eléctricas públicas com bases nos principais pontos da cidade. O serviço é por enquanto gratuito.[18]

Linhas MUVEditar

Linhas de autocarro MUVEditar

Linhas radiaisEditar

 
Linhas Terminais Zonas atravessadas Paragens e horários Frequência Duração
Dias úteis, Domingos, Feriados, Terça-Feira de Carnaval e Segunda depois da Páscoa
01 COMV ⇄ Rio de Loba / Poço do Lobo Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV - RIO LOBA - COMV 35 min 1h10
02 COMV ⇄ Póvoa da Medronhosa / Ferrocinto Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-PÓVOA DA MEDRONHOSA-COMV 1h 1h
03 COMV ⇄ Esculca / Travassós de Cima Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-ESCULCA/TRAVASSÓS-COMV 1h 1h30
04 COMV ⇄ Orgens / St.° Estevão Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-ORGENS/ST. ESTEVÃO-COMV 45 min 1h20
05 COMV ⇄ Moure de Madalena Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-MOURE DE MADALENA-COMV 30 min 30 min
06 COMV ⇄ Moure de Carvalhal Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-MOURE DE CARVALHAL-COMV 40 min 1h
07 COMV ⇄ Mundão / Cavernães Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-MUNDÃO/CAVERNÃES-COMV 55 min 1h20
08 COMV ⇄ Ranhados / Viso Sul Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-RANHADOS/VISO SUL-COMV 30 min 40 min
09 COMV ⇄ Fragosela Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-FRAGOSELA-COMV 40 min 35 min
10 COMV ⇄ Vila Chã De Sá Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-VILA CHÃ DE SÁ-COMV 40 min 50 min
11 COMV ⇄ Coimbrões Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-COIMBRÕES-COMV 55 min * 1h
12 COMV ⇄ Oliveira de Barreiros Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-OLIV. DE BARREIROS-COMV 55 min * 55 min
13 COMV ⇄ Vila Chã Sá (via Repeses) Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-VILA CHÃ SÁ (Via Repeses)-COMV 40 min * 1h20
14 COMV ⇄ Figueiró Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV-FIGUEIRÓ (couto cima)-COMV 1h 1h20
15 Hospital ⇄ Queirela Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 HOSPITAL - QUEIRELA - HOSPITAL 1h 1h10
16 Hospital ⇄ Lustosa / Piaget Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 HOSPITAL - LUSTOSA/PIAGET - HOSPITAL 30 min * 1h05
17 COMV ⇄ Bairro Norad   Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 COMV - BAIRRO NORAD (fulgosa/bigas)- COMV 25 min * 1h
18 Hospital ⇄ Oliveira de Cima Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 HOSPITAL -OLIVEIRA DE CIMA - HOSPITAL 25 min * 1h15
19 Aguieira ⇄ Fail Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 AGUIEIRA - FAIL (via Hospital) - AGUIEIRA 50 min * 1h20
20 Hospital ⇄ Ribafeita Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 HOSPITAL - RIBAFEITA (via silgueiros de bodiosa) 1h30 * 1h30
21 COMV ⇄ Casal Meão Z1 Z2 Z3 Z4 Z5 CASAL MEÃO (via silguieros) 40 min 1h05
     

  Última atualização dos horários das linhas radiais: 01/06/2019

Outras linhasEditar

Estas linhas são geridas por enquanto pela MUV:

Linhas Terminais Paragens e horários
22 COMV ⇄ Farminhão COMV - BOALDEIA (por Vila Chã Monte) - COMV
23 COMV ⇄ Boaldeia (por Vila Chã Monte) COMV - FARMINHÃO - COMV

Circuitos urbanosEditar

Os habitantes de Viseu que não são servidos pelo MUV vão passar a ter acesso às linhas urbanas C1 e C2, a título gratuito.[19]

 
Linhas Terminais Paragens e horários Frequência Duração
Dias úteis, Domingos, Feriados, Terça-Feira de Carnaval e Segunda depois da Páscoa
C1 Interface Hospital ⇄ Rei D. Duarte-Hospital Paragens e horários do circuito Urbano C1 20 minutos 1h
C2 Interface Hospital ⇄ Interface Hospital Paragens e horários do circuito Urbano C2 20 minutos 1h
     

  Última atualização dos horários das linhas radiais: 01/06/2019

Linha de Stop BusEditar

 
Linha Terminais Horários
Linha Azul Centro histórico
Contínuo
 
        

Linha de funicular MUVEditar

 
Linha Terminais Horários Frequência Duração
Funicular São Mateus ⇄ Sé Horários da linha de funicular 15 min

30 min

5 min
    

  Última atualização dos horários do funicular MUV: 02/04/2019

LegendaEditar

  - Linha com veículo adaptado ao transporte de bicicletas.

  - Linha com veículo adaptado ao transporte de pessoas de mobilidade reduzida.

  - Linha com veículo equipado com Wi-Fi.

  - Linha com veículo elétrico

  - Paragem a pedido

  - Linha com paragem no aeródromo de Viseu

Ciclovias MUV BikeEditar

As ciclovias a seguir já existiam antes do novo sistema de transportes:

 
Ciclovia Terminais Duração Extensão
01 Rotunda de Gumirães ⇄ CMIA ± 20 min 1,80 km
02 Avenida Europa ⇄ Parque Urbano de Santiago ± 15 min 1,76 km
03 Avenida Europa ⇄ Parque da Aguieira ± 10 min 969 m
04 Rotunda do Comércio ⇄ Rotunda da Fonte Cibernética ± 1 min 295 m

Parques de estacionamento MUVEditar

Os parques de estacionamento MUV serão geridos pela empresa Saba:[10]

Novos ParquesEditar

  • Estação superior do Funicular
  • Rua Silva Gaio
  • Avenida Capitão Silva Pereira

Modernização de parques Saba existentesEditar

  • Santa Cristina
  • Mercado 21 de Agosto
  • Hospital Velho

Controvérsias e incidentesEditar

Linhas 19 e 23Editar

Por decisão judicial de um processo que decorre desde 2012, as linhas 19 e 23 do Serviço de Transportes Urbanos de Viseu que servem Boaldeia e Farminhão vão ser operadas por um outro concessionário. Até que esta decisão se efetive, o concessionário que atualmente opera nessas duas linhas manterá o serviço regular, com os horários em vigor.

Caso a decisão judicial venha a ser aplicada, o Município de Viseu não deixará de garantir às populações que o serviço prestado nessas duas localidades terá os mesmos padrões de qualidade do MUV – Mobilidade Urbana de Viseu, sistema que entrará em vigor no próximo dia 2 de abril.[20]

Acidente na Av. Doutor António José de AlmeidaEditar

A 2 de abril de 2019, no dia de inauguração do MUV, o autocarro da Linha 1 que vinha da central de camionagem e em direção ao Rossio, despistou-se na Avenida Doutor António José de Almeida tendo colidido com carros e uma montra de um talho. O incidente ocorreu depois do motorista se ter sentido mal. Houve 3 feridos ligeiros incluindo o motorista. De acordo com o Jornal de Notícias, o motorista teria sido agredido momentos antes, por um colega.[21]

Durante a manhã de 2 de abril de 2019, vários motoristas estiveram reunidos na central antes de entrar ao serviço. Segundo Hélder Borges, da delegação de Viseu do Sindicato de Transportes Rodoviários e Urbanos, há um "grande descontentamento" entre os trabalhadores.[22]

Mudanças de horários e serviçosEditar

Segundo o Sindicalista, segunda-feira ao final do dia, a empresa Berrelhas, que tem a concessão dos transportes urbanos de Viseu, "sem aviso prévio, alterou o serviço e os horários dos motoristas".

A situação "está a afetá-los psicologicamente e não têm condições para trabalhar", adiantou. Hélder Borges já apresentou queixa na Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT).[21] O sindicalista exige que os horários sejam retificados e considera que os atuais são “insuportáveis” para os motoristas. “A empresa tem de respeitar os descansos que são obrigatórios por lei e os horários têm de ser compatíveis com o trânsito”, afirma ao Jornal do Centro.[23]

Alteração dos horáriosEditar

A 9 de abril de 2019, a empresa Berrelhas, a concessionária do novo sistema de transportes urbanos de Viseu, garantiu que iria comprometer-se a corrigir os horários dos autocarros depois das queixas dos motoristas, que dizem que a segurança de condutores e passageiros está em causa.[24]

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, anunciou a 11 de abril de 2019 que, a partir da de dia 15 de abril de 2019, haveriam alterações nos horários de alguns autocarros do novo sistema de transportes urbanos do concelho, de forma a corrigir alguns problemas que foram detetados. Isto depois de críticas de utentes relativamente aos horários.

O presidente da Câmara de Viseu criticou ainda o comportamento de alguns motoristas do MUV, acusando-os mesmo de prestarem um mau serviço às populações.[25]

A 18 de abril de 2019, o presidente da Câmara anunciou que a alteração prevista para dia 15 de abril de 2019, seria adiada para a semana depois da Páscoa, ou seja, para 22 de abril de 2019. Segundo a avaliação feita pelo executivo, foram adiadas por se tratar de “uma semana um bocado atípica”. Segundo o presidente, “não faria sentido pôr estas alterações numa semana em que tem quatro dias de serviços mínimos: Sexta-Feira Santa, sábado, domingo e segunda-feira”, explica Almeida Henriques.[19]

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

  1. «O que é o MUV?». muv.saas.prodl.wiremaze.com. Consultado em 20 de março de 2019 
  2. «Mobilidade Urbana de Viseu entra em funcionamento no mês de abril». 18 de março de 2019 
  3. «MUV Bus». muv.saas.prodl.wiremaze.com. Consultado em 20 de março de 2019 
  4. «MAN fornece 24 autocarros à MUV de Viseu». Transportes & Negócios. 19 de novembro de 2018. Consultado em 20 de março de 2019 
  5. «Bicicleta». muv.saas.prodl.wiremaze.com. Consultado em 20 de março de 2019 
  6. «Stop Bus». muv.saas.prodl.wiremaze.com. Consultado em 20 de março de 2019 
  7. «Telebus». muv.saas.prodl.wiremaze.com. Consultado em 20 de março de 2019 
  8. «Funicular». muv.saas.prodl.wiremaze.com. Consultado em 20 de março de 2019 
  9. a b «MUV BIKE». www.cm-viseu.pt. Consultado em 20 de março de 2019 
  10. a b «Park+Ride». muv.saas.prodl.wiremaze.com. Consultado em 20 de março de 2019 
  11. «Viriato. Primeiro transporte público autónomo em Portugal circulará em Viseu». Razão Automóvel. 12 de abril de 2018. Consultado em 22 de março de 2019 
  12. Alves, Ana Luísa; Alves, Ana Luísa. «Viseu. Chegou o Viriato, o novo transporte público elétrico não tripulado». Observador. Consultado em 22 de março de 2019 
  13. a b c Coentrão, Abel. «Do centro às aldeias mais longínquas, a partir de Abril há mais mobilidade em Viseu». PÚBLICO. Consultado em 23 de março de 2019 
  14. «Tarifários». muv.saas.prodl.wiremaze.com. Consultado em 25 de março de 2019 
  15. «Viseu vai ter um Centro de Operações para a Mobilidade». TransportesEmRevista. Consultado em 23 de março de 2019 
  16. «Câmara de Viseu abre concurso para Centro de Operações de Mobilidade». 21 de março de 2019 
  17. «Município lança concurso para construção do Centro de Operações de Mobilidade de Viseu». www.cm-viseu.pt. Consultado em 23 de março de 2019 
  18. «Viseu vai ter descontos nos passes para os transportes públicos». 20 de março de 2019 
  19. a b «Alterações nos horários do MUV adiadas por causa da Páscoa». 18 de abril de 2019 
  20. «COMUNICADO - Serviço de Transportes Urbanos de Viseu». www.cm-viseu.pt. Consultado em 28 de março de 2019 
  21. a b «Motorista que abalroou carros em Viseu tinha sido agredido por colega». www.jn.pt. Consultado em 2 de abril de 2019 
  22. «Autocarro bateu em carros e só parou na montra de um talho (atualizada)». 2 de abril de 2019 
  23. «Motoristas do MUV prometem concentração junto da Câmara de Viseu». 4 de abril de 2019 
  24. «Berrelhas garante que vai rever horários do MUV». 9 de abril de 2019 
  25. «Almeida Henriques confirma MUV com novos horários a partir de segunda-feira». 11 de abril de 2019 


Viseu Cultura, Património Religioso, Desporto, e Outros
Património Sé de Viseu | Muralhas de Viseu | Paço da Torre | Igreja da Misericórdia de Viseu | Igreja de São José | Igreja do Carmo | Igreja dos Terceiros
Cultura Museu Grão Vasco | Casa Museu Almeida Moreira | Museu de Arte Sacra | Casa da Ribeira | Eco Museu Torredeita | Museu Etnográfico de Silgueiros | Museu Etnográfico de Vila Chã de Sá | Solar do Vinho do Dão | Museu do Quartzo | Museu Municipal | Museu Etnográfico da Cava de Viriato | Teatro Viriato | Viseu Arena | Auditório Mirita Casimiro
Desporto Sport Viseu e Benfica | Académico Viseu Futebol Club | Estádio do Fontelo | Estádio dos Trambelos
Pontos Comerciais Palácio do Gelo | Fórum Viseu | Viseu Retail Park | Soima Multiusos | Viseu Shopping
Outros Parque Urbano da Aguieira | Parque Linear do Pavia | Parque do Fontelo | Parque da Cidade | Parque Florestal do Fontelo | Hospital de São Teotónio | Aeroporto Regional | Funicular | MUV - Mobilidade Urbana de Viseu