Monts et merveilles

"Monts et merveilles" (em português: "Montes e maravilhas") foi a canção que representou a França no Festival Eurovisão da Canção 2003 que se realizou em Riga, capital da Letónia, em 24 de maio desse ano.

Monts et merveilles
País
Artista(s)
Língua
Francês
Compositor(es)
Hocine Hallaf
Letrista(s)
Hocine Hallaf
Resultado da final
18.º
Pontos da final
19
Cronologia de aparecimentos
◄ "Il faut du temps (je me battrai pour ça)" (2002)   
"À chaque pas" (2004) ►

A referida canção foi interpretada em francês por Louisa Baïleche. Foi a décima-nona canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção da Noruega "I'm Not Afraid To Move On", cantada por Jostein Hasselgård e antes da canção da Polónia "Keine Grenzen-Żadnych granic", interpretada pela banda Ich Troje. Terminou a competição em 18.º lugar (entre 25 participantes), tendo recebido um total de 19 pontos. No ano seguinte, em 2004, a França foi representada por Jonatan Cerrada que interpretou a canção "À chaque pas".

AutoresEditar

  • Letrista: Hocine Hallaf
  • Compositor: Hocine Hallaf

LetraEditar

A canção é uma balada, com Baïleche[1] lamentando uma relação que tinha terminado. Ela canta sobre as promessas extravagantes que eela e o seu amante tinham feito e declara que "Eu nunca cessei de te amar", cantando ela que agora é uma sem-abrigo.

Outras versõesEditar

  • "The moon and the stars" ("A Lua e as estrelas"), em inglês
  • "Per parlare di noi" ("Para falar de nós"), em italiano
  • versão karaoke

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.