Museu da Infância e do Brinquedo

museu em Fortaleza, Ceará

O Museu da Infância e do Brinquedo, atualmente Museu do Brinquedo de Fortaleza, é um museu que foi fundado no ano de 2012 na cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará.[1][2]

Museu da Infância e do Brinquedo
Tipo museu
Inauguração 2012 (10 anos)
Website oficial
Geografia
Coordenadas 3° 48' 16.26" S 38° 28' 45.261" O
Localização Fortaleza - Brasil

HistóriaEditar

Fundação junto a Universidade Federal do CearáEditar

Em sua fundação, o museu esteve ligado à Universidade Federal do Ceará (UFC) como um projeto de extensão e ficava localizado no Instituto de Educação Física e Esportes da universidade.[3][4][5]

O docente Marcos Teodorico Pinheiro de Almeida foi o responsável pela elaboração do projeto e continuou sendo depois da desvinculação do projeto da UFC.[6][7][8] Possui um rico acervo com mais de 2.500 brinquedos, construído a partir da coleção pessoal de Marcos Teodorico Pinheiro de Almeida, de seus amigos, familiares e colaboradores.[9] Conta com itens de diversas partes do mundo lançados ao longo dos últimos cinquenta anos.[9] Além desse museu existem, ao menos, mais 7 dedicados ao tema do brincar espalhados pelo Brasil. Na região Nordeste, está situado o Museu do Brinquedo Popular.[10] Na região sudeste, estão os Museu dos Brinquedos, Museu da Educação e do Brinquedo e Museu do Brinquedo da FAFIL.[11][12][13] Na região centro-oeste Museu das Bonecas e Brinquedos.[14] Na região sul do país estão presentes, o Museu da Infância e o Museu do Brinquedo da Ilha de Santa Catarina.[15][16]

Desvinculação da UFCEditar

A desvinculação do Museu da Infância e do Brinquedo da Universidade Federal do Ceará, levou o coordenador do projeto Marcos Teodorico Pinheiro de Almeida a rebatizá-lo de Museu do Brinquedo de Fortaleza.[17] Sem um espaço físico permanente, o museu funciona exclusivamente em formato virtual, como um blog que busca reunir colecionadores de brinquedos a fim de realizar exposições temporárias e itinerantes de seus acervos pessoais.[17]

Exposições itinerantesEditar

 
Brinquedo boneca, de 1956.

Em 2015, o museu realizou uma exposição no Festival Kids & Mamas no Shopping Iguatemi de Fortaleza.[18] Também expôs os brinquedos na Exposição na Fábrica Fortaleza e, em 2018, realizou a exposição “Cultura Lúdica Hibrida de Jogos e Brinquedos” na Casa José de Alencar.[19][20]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Coelho, Natalia (8 de janeiro de 2020). «Exposição gratuita exibe cerca de 800 brinquedos de mais de 40 países». Exposições e cursos. O Povo. Consultado em 4 de abril de 2021 
  2. «Fortaleza». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 4 de abril de 2021 
  3. «Instituto de Educação Física e Esportes». Universidade Federal do Ceará. Consultado em 4 de abril de 2021 
  4. Falcão, Júlia Miranda; Ventorim, Silvana; Santos, Wagner dos; Ferreira Neto, Amarílio (setembro de 2012). «Saberes compartilhados no ensino de jogos e brincadeiras: maneiras/artes de fazer na Educação Física». Revista Brasileira de Ciências do Esporte (3): 615–631. ISSN 0101-3289. doi:10.1590/S0101-32892012000300007. Consultado em 4 de abril de 2021 
  5. «Museu realiza exposição sobre jogos e brinquedos do mundo em Fortaleza». Ceará. G1. 13 de maio de 2013. Consultado em 4 de abril de 2021 
  6. «Museu da Infância e do Brinquedo promove exposição Jogos e Brinquedos do Mundo». Universidade Federal do Ceará. 9 de maio de 2013. Consultado em 4 de abril de 2021 
  7. «Coordenador». Museu do Brinquedo de Fortaleza. Consultado em 4 de abril de 2021 
  8. «Marcos Teodorico Pinheiro de Almeida - Mapa Cultural do Ceará». Sobral Cultura. 19 de dezembro de 2016. Consultado em 4 de abril de 2021 
  9. a b Marin, Elizara Carolina; Santiago, Mariani Guedes (10 de outubro de 2019). «JOGO COMO PATRIMÔNIO CULTURAL: MUSEUS DE BRINQUEDOS NO BRASIL». Movimento (ESEFID/UFRGS): e25052. ISSN 1982-8918. doi:10.22456/1982-8918.87591. Consultado em 4 de abril de 2021 
  10. Rommel, Davidson. «Museu do Brinquedo Popular — Portal IFRN». Instituto Federal do Rio Grande do Norte. Consultado em 4 de abril de 2021 
  11. Kishimoto, Tizuko Morchida (julho de 2001). «Brinquedos e materiais pedagógicos nas escolas infantis». Educação e Pesquisa (2): 229–245. ISSN 1517-9702. doi:10.1590/S1517-97022001000200003. Consultado em 4 de abril de 2021 
  12. «Museu da Educação e do Brinquedo». Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Consultado em 4 de abril de 2021 
  13. Peres, Camilo (27 de outubro de 2010). «Museu do brinquedo da Fafil: um espaço cultural integrando o lúdico no ensino e aprendizagem da arte para a formação de educadores» (PDF). Universidade de São Paulo. Consultado em 4 de abril de 2021 
  14. «Museu das Bonecas e Brinquedos». Mapas Culturais. 14 de dezembro de 2015. Consultado em 4 de abril de 2021 
  15. «Museu da infância». Universidade do Extremo Sul Catarinense. Consultado em 4 de abril de 2021 
  16. «Museu do Brinquedo da Ilha de Santa Catarina». Universidade Federal de Santa Catarina. Consultado em 4 de abril de 2021 
  17. a b «Quem somos nós». Museu da infância e do brinquedo. Consultado em 4 de abril de 2021 
  18. «Ingresso para o Festival Kids & Mamas». Barato Coletivo (em inglês). Consultado em 4 de abril de 2021 
  19. Rogério, Yone (2013). «O BRINQUEDO NO MUSEU: UM ESTUDO NA PERSPECTIVA DA TEORIA ATOR-REDE» (PDF). Universidade Federal de São João del-Rei. Consultado em 4 de abril de 2021 
  20. «Exposição do Museu do Brinquedo de Fortaleza na Fábrica Fortaleza». Museu do Brinquedo de Fortaleza. 23 de abril de 2017. Consultado em 4 de abril de 2021 

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar