Abrir menu principal
Museu do Cinema de Melgaço
Tipo museu
Inauguração 3 de Junho de 2005
Geografia
Coordenadas 42° 6' 52.5" N 8° 15' 36.0" O
Localidade Melgaço
Logradouro Beco das Muralhas 15, 4960-534 Melgaço
Localização Alto Minho, Melgaço
País Portugal

O Museu do Cinema de Melgaço localiza-se na vila e concelho de Melgaço, no distrito de Viana do Castelo, em Portugal. Trata-se de um museu temático, dedicado à história do cinema.

Encontra-se instalado em plena zona histórica, num edifício anteriormente ocupado pela Guarda Fiscal, que foi adquirido para o efeito pela autarquia. Apresenta no piso inferior uma zona de exposição permanente, com um pequeno auditório. O piso superior é composto por espaços dedicados a exposições temporárias.

HistóriaEditar

A coleção foi doada pelo cinéfilo francês, de origem russa, Jean Loup Passek, que dirigiu o departamento cinematográfico do Centro Georges Pompidou, em Paris, contando, ainda, com um vasto currículo ligado ao estudo e à divulgação da Sétima Arte, para além de ter sido também fundador e diretor do Festival de Cinema de La Rochelle e criador do prémio Câmara de Ouro do Festival de Cannes, cargo que abandonou quando optou por se dedicar apenas à gestão da sua colecção e do seu museu em Melgaço.

Numa entrevista, contou que a sua história de amor com Portugal começou durante as filmagens dumas obras de ampliação do metro de Paris, no início do anos 70, quando travou amizade com dois emigrantes oriundos da vila minhota, António Souto e António Alves, passando a pertencer à família deles desde então. Anos mais tarde, foi membro do júri no festival de cinema Fantasporto, comprou uma pequena casa no concelho de Melgaço e construiu outra junto ao mar, a norte da Nazaré, passando a dividir a sua residência entre estas casas e outra no Quartier Latin até à data da sua morte em 2016. Quando questionado sobre o porquê de ter escolhido a pequena vila minhota para o local do seu espólio respondeu "Ninguém me propôs nada de concreto em França. Gastei o meu dinheiro a comprar isto tudo, e não queria que a colecção ficasse em França. Sinto-me um pouco egoísta. Para mim, Portugal é que é importante."[1]

O museu abriu portas no dia 3 de junho de 2005.[2].

Em 2016, após o falecimento de Jean Loup Passek, a responsabilidade da coordenação do Museu de Cinema em Melgaço passou para as mãos do casal amigo e cinéfilo Bernard Despomadères, responsável pela área cultural do Instituto Francês do Porto, e sua esposa Estela Cunha.[3] Prometendo preservar o legado de Passek, uma nova ala documental do museu será erguida no edifício do antigo e devoluto Cinema Pelicano, também no centro histórico da vila de Melgaço, no entanto, ainda sem data anunciada.[4]

AcervoEditar

O acervo do museu é constituído por máquinas, aparelhos e objectos do pré-cinema, como lanternas mágicas, zootropos, fenaquistiscópicos e praxinoscópios, cartazes originais em tela, fotografias e documentos diversos em excelente estado de conservação.[5]

Exposições TemporáriasEditar

2005 – Divas do cinema

2006 – A idade de ouro do cinema francês: 1930 - 1960

2007 – O cinema burlesco americano

2008 – Homenagem a Frederico Fellini: 1930 - 1993

2009 – O auge do cinema japonês: 1940 - 1990

2011 – Ingmar Bergman: 1918 - 2007

2012 – Um olhar sobre o cinema cubano

2013 – Cinema espanhol

2014 – Cinema português: 1974 - 1983

2015  – Manoel de Oliveira

2016 – Histórias sem palavras (cinema mudo)

2017 – Idade de ouro do cartaz de cinema polaco

2018 – Anna Magnani: 1908 - 1973[6]

GaleriaEditar

Referências

  1. Andrade, Sérgio C. «JEAN LOUP PASSEK O cinéfilo emigrante acidental». PÚBLICO. Consultado em 9 de abril de 2019 
  2. http://dn.sapo.pt/inicio/interior.aspx?content_id=597931 Diário de Notícias
  3. Costa, Rita Neves; Costa, Rita Neves. «Jean Loup Passek: os filmes do homem que se apaixonou por Melgaço». Observador. Consultado em 9 de abril de 2019 
  4. «Edifício do antigo Cine Pelicano – Portal Municipal de Melgaço». www.cm-melgaco.pt. Consultado em 9 de abril de 2019 
  5. «Museu de Cinema de Melgaço: uma coleção a não perder». Portugal de Lés a Lés. 22 de setembro de 2017. Consultado em 9 de abril de 2019 
  6. «Museu de Cinema – Portal Municipal de Melgaço». www.cm-melgaco.pt. Consultado em 9 de abril de 2019 

Ligações externasEditar