O Barão

filme de 2011 dirigido por Edgar Pêra
O Barão
Portugal Portugal
2011 •  p&b •  88 min 
Realização Edgar Pêra
Produção Ana Costa
Coprodução Rodrigo Areias
Bando à Parte
Argumento Luísa Costa Gomes
Edgar Pêra
Baseado em O Barão de Branquinho da Fonseca
Elenco Nuno Melo
Marcos Barbosa
Leonor Keil
Marina Albuquerque
Paula Só
Vítor Correia
Miguel Sermão
Jorge Prendas
Rogério Rosa
Género drama
mistério
terror
Música Vozes da Rádio
Cinematografia Luís Branquinho
Direção de fotografia Luís Branquinho
Direção de arte Fernando Areal
Edição Edgar Pêra
Tiago Antunes
João Gomes
Companhia(s) produtora(s) Cinemate[1]
Instituto do Cinema, Audiovisual e Multimedia
Rádio e Televisão de Portugal
Valente Produções
Distribuição Cinemate[1]
Zon Lusomundo Audiovisuais
Lançamento 10 de maio de 2011 (IndieLisboa)
Portugal 20 de outubro de 2011
Idioma português
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

O Barão é um filme português de drama, mistério e terror, realizado por Edgar Pêra e baseado na obra homónima do escritor português Branquinho da Fonseca. É uma refilmagem neuro-gótica dum filme realizado durante a Segunda Guerra Mundial que foi proibido pelo regime salazarista.[2]

O filme foi projectado no festival IndieLisboa a 10 de maio de 2011[3]e nos cinemas portugueses foi lançado a 20 de outubro de 2011.[4][5][6]

ElencoEditar

ProduçãoEditar

No ano de 1943, durante a Segunda Guerra Mundial, a produtora estado-unidense Valerie Lewton chegou a Portugal e casou-se com um actor português que lhe mostrou a obra O Barão, escrito por Branquinho da Fonseca. Valerie Lewton viu na obra, a história ideal para um filme de terror, e secretamente, iniciou as filmagens numa fábrica do Barreiro.[7][8]

Quando a PIDE soube da existência do filme, mandou destruir os negativos. A equipa técnica acabou sendo repatriada e os actores portugueses foram deportados para o Campo do Tarrafal, na ilha de Santiago, Cabo Verde, onde acabaram mortos pela tortura da frigideira.[9]

Em 2005, duas bobinas e o argumento do filme foram achados nos arquivos do Cineclube do Barreiro, o realizador Edgar Pêra decidiu fazer a refilmagem do filme original através delas. A rodagem do filme iniciou-se em setembro de 2009, na região de Barroso.[10]

ReconhecimentosEditar

Ano Prémios Categorias Destinatários e nomeados Resultado Ref(s)
2011 IndieLisboa Prémio AIP de Melhor Imagem para Longa-Metragem Portuguesa
(Menção Honrosa)
Luís Branquinho Venceu [11][12]
Caminhos do Cinema Português Melhor Argumento Adaptado Luísa Costa Gomes e Edgar Pêra Venceu [13][14]
Melhor Fotografia Luís Branquinho Venceu
Melhor Caracterização Jorge Bragada Venceu
Melhor Montagem Tiago Antunes Venceu
Melhor Longa-Metragem Edgar Pêra Indicado
2012 Globos de Ouro Melhor Ator Nuno Melo Venceu [15][16]
Melhor Filme Edgar Pêra Indicado
Prémio Autores Melhor Ator Nuno Melo Venceu [17][18]
Melhor Argumento Luísa Costa Gomes e Edgar Pêra Indicados
Prémios CinEuphoria Melhor Filme Edgar Pêra e Ana Costa Venceu [19][20]
Melhor Actor Marcos Barbosa e Nuno Melo Venceu
Melhor Realizador Edgar Pêra Venceu
Melhor Fotografia Luís Branquinho Venceu
Melhor Guarda-Roupa Susana Abreu Venceu
Melhor Montagem João Gomes e Tiago Antunes Venceu
Melhor Trailer O Barão Venceu
TOP 10 O Barão de Edgar Pêra Venceu
Melhor Actor (Prémios do Público) Nuno Melo Venceu
TOP 10 (Prémios do Público) O Barão de Edgar Pêra Venceu
Melhor Actor (Competição Internacional) Nuno Melo Venceu
Melhor Fotografia (Competição Internacional) Luís Branquinho Venceu
TOP 10 (Competição Internacional) O Barão de Edgar Pêra Venceu

Referências

  1. a b «O Barão». Cinemate. Consultado em 19 de julho de 2015 
  2. «Remake de filme proibido «O Barão» estreia a 20 de Outubro». Diário Digital. SAPO. 3 de outubro de 2011 
  3. Calhau, Pedro (10 de maio de 2011). «IndieLisboa: um Barão de outros tempos nos dias de hoje». TVI24. Televisão Independente 
  4. Marques Pereira, Lara (20 de outubro de 2011). «"O Barão", um filme raro no cinema português». RTP Cinemax. Rádio e Televisão de Portugal 
  5. Lusa (20 de outubro de 2011). «"O Barão", de Edgar Pêra, estreia-se nos cinemas do país». Rádio e Televisão de Portugal 
  6. «"O Barão" chega às salas de cinema». Instituto do Cinema e Audiovisual. 20 de outubro de 2011. Consultado em 19 de julho de 2015. Arquivado do original em 22 de julho de 2015 
  7. «O Barão». Cinecartaz. Público. Consultado em 19 de julho de 2015 
  8. «O Barão». SAPO Mag. SAPO. Consultado em 19 de julho de 2015 
  9. «O Barão». RTP Cinemax. Rádio e Televisão de Portugal. Consultado em 19 de julho de 2015 
  10. Lusa (2 de novembro de 2009). «Edgar Pêra está a rodar "O barão"». Diário de Notícias 
  11. «Premiados Indielisboa 2011». Instituto do Cinema e Audiovisual. 16 de maio de 2015. Consultado em 19 de julho de 2015. Arquivado do original em 22 de julho de 2015 
  12. «Luís Branquinho aip premiado no Festival INDIE LISBOA 11». Associação de Imagem Portuguesa Cinema e Televisão. Consultado em 19 de julho de 2015. Arquivado do original em 22 de julho de 2015 
  13. «XVIII EDIÇÃO (2011)». Caminhos do Cinema Português. Consultado em 19 de julho de 2015. Arquivado do original em 22 de julho de 2015 
  14. Resende, Tiago (17 de novembro de 2011). «18º Caminhos do Cinema Português: Os vencedores». Cinema 7ª Arte 
  15. «Globos de Ouro 2012: conheça aqui todos os nomeados». Blitz. 24 de abril de 2012 
  16. Henriques, Tiago (20 de maio de 2012). «Os vencedores da «XVII Gala Globos de Ouro»». A Televisão 
  17. Resende, Tiago (27 de fevereiro de 2012). «Prémios Autores 2012: Vencedores». Cinema 7ª Arte 
  18. Afonso, Pedro (28 de fevereiro de 2012). «"Prémio Autores 2012″ – Nomeados e Vencedores». Laxante Cultural 
  19. «Prémios CinEuphoria 2011/2012». Portugal Fantástico. 14 de março de 2012. Consultado em 19 de julho de 2015. Arquivado do original em 21 de julho de 2015 
  20. «CinEuphoria Prémios 2012: os vencedores». CinEuphoria Prémios. 14 de janeiro de 2012 

Ligações externasEditar