Abrir menu principal

O Pornógrafo

filme de 1970 dirigido por João Callegaro
O Pornógrafo
 Brasil
1970 •  pb •  88 min 
Direção João Callegaro
Roteiro João Callegaro (argumento e roteiro)
Jairo Ferreira (roteiro)
diálogos básicos do diretor improvisados pelos atores (conforme letreiros iniciais)
Elenco Stênio Garcia
Edgard Gurgel Aranha
Liana Duval
Gênero drama
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

O Pornógrafo é um filme brasileiro de drama produzido em 1970, com argumento e direção de João Callegaro.[1] Foi o único longa-metragem do diretor. Além de influências de O Bandido da Luz Vermelha, foram incluídos trechos de filmes de gângsters clássicos norte-americanos e o clímax, numa sala de espelhos, faz referência a A Dama de Xangai, de Orson Welles.[2]

ElencoEditar

SinopseEditar

Miguel Metralha é um jornalista frustrado que resolve mudar de emprego e vai trabalhar numa editora clandestina de revistas em quadrinhos pornográficas (no estilo dos "Catecismos" de Carlos Zéfiro) sediada na Boca do Lixo no centro de São Paulo. A empresa passa por uma crise financeira e o chefe morre subitamente. Miguel assume o cargo e resolve mudar a linha editorial, investindo no segmento de pornografia para homossexuais. Para isso ele chama o amigo de infância, o costureiro Peter Aster, que passa a ser seu braço direito nos negócios. Mas a verdadeira proprietária da empresa, a dama da sociedade Madame Rosália, não gosta das mudanças e entra em confronto com Miguel.

Referências

  1. Filmografia Cinemateca Acessado em 22-03-15
  2. «Centro de Estudos Cláudio Ulpiano Acessado em 22-03-15». Consultado em 22 de março de 2015. Arquivado do original em 2 de abril de 2015