Abrir menu principal
OpenSCAD
Logótipo
Captura de tela
Desenvolvedor Marius Kintel, Clifford Wolf
Lançamento 19 fevereiro 2010 (2010-02-19)
Idioma(s) Inglês, tcheco, francês, alemão, polaco, russo, espanhol
Linguagem C++ e Qt, CGAL, OpenCSG, e OpenGL [1]
Sistema operacional Windows, Linux, OS X, FreeBSD, NetBSD, OpenBSD
Gênero(s) CAD
Licença GPLv2
Página oficial www.openscad.org

OpenSCAD é um software de código aberto para a criação de sólidos 3D CAD (desenho assistido por computador).[2] É um modelador baseado somente em scripts e usa sua própria linguagem de descrição; as partes podem ser visualizadas, mas não podem ser interativamente selecionadas ou modificadas com o mouse na janela de visualização 3D. Um script do OpenSCAD especifica primitivos geométricos (tais como esferas, caixas, cilindros, etc.) e define a forma como eles são modificados e combinados (por exemplo, interseção, diferença, envelope de combinação e adição de Minkowski) para compor um modelo 3D.[3] Ou seja, o programa realiza geometria sólida construtiva (CSG).[4] OpenSCAD está disponível para Windows, Linux e OS X.

VisualizaçãoEditar

Para rápida pré-visualização de modelos usando o z-buffer, OpenSCAD emprega OpenCSG e OpenGL.

A posição do modelo 3D pode ser manipulada de forma interativa com o mouse na janela de exibição de forma semelhante a outros modeladores 3D. Também é possível definir uma posição padrão para a câmera no script. Pré-visualização é relativamente rápida e permite modificações interativas ao modificar o script.

Cores das partes podem ser definidas na janela de visualização 3D (incluindo transparência). O renderizador leva em conta a iluminação, mas a fonte de iluminação não é modificável.

Computação de volumes 3DEditar

Em contraste com a pré-visualização, CGAL é usado para renderização completa das geometrias 3D, o que, como em outros motores de geometria CSG, pode demorar vários minutos ou horas para ser concluído.

UsoEditar

OpenSCAD permite que um designer crie modelos 3D precisos e designs paramétricos que podem ser facilmente ajustados alterando os parâmetros.[5]

Documentos OpenSCAD são scripts legíveis em texto ASCII simples. Assim sendo, OpenSCAD é um programa de modelagem voltado para programadores[6] e tem sido recomendado como uma ferramenta CAD introdutória para a concepção de hardware livre, como ferramentas científicas para ensino e pesquisa.[7]

Ele é usado principalmente no design de peças de impressoras 3D, que são exportados em formato STL.

ExportaçãoEditar

  • Visualizações podem ser exportadas em formato PNG.
  • Modelos 2D podem ser exportados em DXF do AutoCAD.
  • Peças em 3D pode ser exportadas em AMF, OFF, STL, como volumes simples. Não há cor, material, nem definição de peças do modelo exportado (julho de 2016).

ImportaçãoEditar

  • Desenhos 2D em DXF podem ser importados, em seguida, extrudados como partes monolíticas.
  • Peças em 3D podem ser importadas como STL e podem ser dimensionadas e submetidas a operações de subtração ou adição.

AnimaçãoEditar

 
Animação criada com o OpenSCAD

A animação é possível com a velocidade de algumas imagens por segundo para modelos simples. A animação pode afetar qualquer parâmetro, seja a posição da câmera, ou as dimensões, posições, forma ou existência de peças. Ela pode ser gravada como um conjunto de imagens usadas para criar vídeos.[8]

DesignEditar

OpenScad é um wrapper para um motor de CSG com uma interface gráfica e editor integrado, desenvolvido em C++. A partir de 2016, ele usa a Computational Geometry Algorithms Library (CGAL) como base motor CSG.

A sintaxe de seus scripts é baseada na filosofia de programação funcional e não usa variáveis reais.

ReferênciasEditar

  1. «Building OpenSCAD» 
  2. «OpenSCAD Jumpstart». www.thingiverse.com (em inglês). Thingiverse. Consultado em 8 de outubro de 2017 
  3. «Use Math to Design Mazes in OpenScad — Games | Make:». Make: DIY Projects and Ideas for Makers (em inglês) 
  4. «Know only 10 things to be dangerous in OpenSCAD». Cubehero Blog (em inglês). 19 de novembro de 2013 
  5. Evans, Brian (2012), Practical 3D Printers: The Science and Art of 3D Printing, ISBN 9781430243922, Apress, p. 113 .
  6. Pettis, Bre; France, Anna Kaziunas; Shergill, Jay (2012), Getting Started with MakerBot, ISBN 9781449338657, O'Reilly Media, Inc., p. 131 .
  7. Pearce, Joshua M. (2014), «Chapter 6: „Digital Designs and Scientific Hardware"», Open-Source Lab: How to Build Your Own Hardware and Reduce Research Costs, ISBN 9780124104624, Elsevier, pp. 165–254 .
  8. «Animating With OpenSCAD». Instructables.com (em inglês) 

Links externosEditar