Opera Software

Empresa norueguesa
Opera Software
upright=!Artigos sem imagens
Criação
Forma jurídica
allmennaksjeselskap (en)
Sede social
Sectores de atividade
Produtos
Efectivos
538 ()
Fundadores
Direção
Lars Boilesen (en) (a partir de )
Jon Stephenson von Tetzchner (até a )
Proprietários
Zhou Yahui (en)
Ferd AS (en) ()
Government Pension Fund Norway (d) ()
Clearstream (en) ()
Divisão
LAJIR
−15 400 000 $ ()
Receita bruta
99 200 000 $ ()
Quotações
Website
Codes
Organização norueguesa

A Opera Software é uma empresa de software da Noruega fundada em 1995 pelos engenheiros de software Jon S. von Tetzchner e Geir Ivarsøy.[1] A Opera Software nasceu como um projeto de investigação da empresa telefónica norueguesa Telenor, onde von Tetzchner e Ivarse trabalhavam desde 1991. Em 1995, eles resolveram se tornar independentes e fundaram a sua própria companhia, com a criação do navegador de Internet Opera.[2] Hoje, é uma companhia multinacional[3] e subsidiária da Kunlun,[4] a qual é uma empresa especializada no desenvolvimento de navegadores da internet, fintech, bem como de serviços tais como o Opera News e o YoYo Games. A base total de usuários da companhia, incluindo-se usuários de navegadores para desktop, navegadores para portáteis e outros serviços excede os 380 milhões mensais de usuários ativos.[5]

Sua sede está localizada em Oslo, Noruega, com escritórios adicionais na Europa, China e África.[6][7][8] Em 2016, a Opera foi adquirida por um grupo de investidores liderado por um consórcio chinês.[9] Em 27 de julho de 2018, a Opera Software foi aberta à bolsa de valores NASDAQ, com uma arrecadação inicial de cento e quinze milhões de dólares em sua oferta pública inicial.[10]

Referências

  1. «About Opera - Opera». Opera.com. Consultado em 30 de janeiro de 2018. Arquivado do original em 11 de outubro de 2008 
  2. «Opera is the oldest browser, and it is still surviving: Jon Tetzchner, founder, Opera software». Consultado em 17 de setembro de 2020 
  3. «OPRA - Opera Ltd Shareholders - CNNMoney.com». money.cnn.com. Consultado em 10 de agosto de 2021 
  4. SEC (28 de junho de 2022). «Opera Ltd 2021 Annual/Transition Report 20-F/A». SEC.report (em inglês). Cópia arquivada em 28 de junho de 2022. Kunlun, our parent company, and Mr. Yahui Zhou, our chairman of the board and chief executive officer, have control over our company and their interests may not be aligned with the interests of our other shareholders. As of the date of this annual report, Kunlun, a Chinese public company traded on the Shenzhen stock exchange, indirectly owns 55.60% of our issued and outstanding ordinary shares. As such, we are a consolidated subsidiary of Kunlun. 
  5. «Opera user base continuing strong growth trajectory; exceeding 380 million monthly active users in August and up more than 30 million year-to-date». investor.opera.com (em inglês). 10 de setembro de 2020. Consultado em 7 de junho de 2021 
  6. «A Tour of Opera Software's Super Cool Wroclaw Office». Officelovin' (em inglês). 12 de setembro de 2016. Consultado em 30 de outubro de 2020 
  7. Chan, Isabelle. «Opera sets up office in India». ZDNet (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2020 
  8. Street, Kenyan Wall. «Opera Software opens Kenya & Nigeria offices, pumps $100M to grow African digital economy». african markets (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2020 
  9. «Opera Golden Brick». NY Times 
  10. Shankland, Stephen (27 de julho de 2018). «Opera browser raises $115 million in initial public offering». CNET. Consultado em 27 de julho de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.