Abrir menu principal

Ostrov Sakhalin (em russo: Остров Сахалин e em português: A Ilha de Sacalina) é um livro de autoria do escritor russo Anton Tchekhov publicado em 1895[1].

Origem da obraEditar

Em 21 de abril de 1890 Tchekhov inicia uma viagem de aventura pela Rússia e ao deparar-se com uma coluna de prisioneiros tártaros, ucranianos, poloneses e judeus deportados caminhando e arrastando pesadas correntes, condoeu-se pelo destino destas pessoas e resolveu segui-las, chegando assim em Oblast de Sacalina. Ali ficou hospedado na casa de um colega médico.

Subitamente o que era para ser uma viagem de aventura tornou-se um laboratório e, com a ajuda do administrador da prisão, imprimiu um questionário na gráfica da mesma e iniciou um verdadeiro recenseamento, entrevistando os prisioneiros e os colonos da região, além de copiar documentos da administração local.

O resultado deste trabalho foram 10 000 páginas que incluem documentos e questionários transformados no livro, A Ilha de Sacalina no ano de 1895.

Referências

  1. «Sinopse». Selo Martins. Consultado em 15 de maio de 2012