Otto Mueller

professor académico alemão
Otto Mueller
Nascimento 16 de outubro de 1874
Lubawka
Morte 24 de setembro de 1930 (55 anos)
Breslávia
Sepultamento Cemitério Grabiszyński
Cidadania Alemanha
Alma mater Academia de Belas Artes de Munique
Ocupação pintor, professor universitário, artista gráfico, ilustrador, litógrafo
Empregador Academia Eugeniusz Geppert de Belas Artes
Movimento estético expressionismo

Otto Mueller (Lubawka, 16 de outubro de 1874 – Wrocław, 24 de setembro de 1930) foi um pintor, professor, dentista e gravurista do movimento expressionista de Die Brücke.

Vida e trabalhoEditar

Mueller nasceu em Liebau (hoje Lubawka, Condado de Kamienna Góra), Kreis Landeshut, Silésia. Entre 1890 e 1892 ele foi treinado em litografia em Görlitz e Wrocław. De 1894 a 1896, ele estudou na Academia de Belas Artes de Dresden e continuou seus estudos em Munique durante 1898. Ele deixou a Academia de Belas Artes de Munique depois que Franz von Stuck o classificou como sem talento.

Suas primeiras obras são influenciadas pelo impressionismo, Jugendstil e simbolismo. Quando se mudou para Berlim em 1908, seu estilo se tornou mais expressionista. Durante esse tempo, houve encontros com Wilhelm Lehmbruck, Rainer Maria Rilke e Erich Heckel . Em 1910, juntou-se ao 'Die Brücke', um grupo de artistas expressionistas com sede em Dresden. Foi membro do grupo até a sua dissolução em 1913 devido a diferenças artísticas. Ao mesmo tempo, Mueller também teve contato com o grupo de artistas 'Der Blaue Reiter'.

Durante a Primeira Guerra Mundial, ele lutou como soldado alemão na França e na Rússia. Após a guerra, tornou-se professor na academia de artes (Akademie der Bildenden Kunste) em Breslau, onde ensinou até à sua morte em 24 de setembro de 1930. Johnny Friedlaender e Isidor Ascheim estavam entre os seus alunos lá.

Em 1937, os nazistas apreenderam 357 de suas obras em museus alemães, já que as pinturas eram consideradas arte degenerada.[1]

Mueller foi um dos pintores expressionistas alemães mais líricos. O tema principal das obras de Mueller é a unidade dos humanos e da natureza; suas pinturas enfatizam uma simplificação harmoniosa de forma, cor e contornos. Ele é conhecido especialmente por suas pinturas características de nus de mulheres.[2]

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Otto Mueller

ReferênciasEditar

  1. Wolf 2006, p. 76
  2. Wolf 2006, p. 76; Moeller 2001, p. 77