Abrir menu principal

Os oxalatos (C2O4)2-, são sais ou ésteres do ácido oxálico.[1] Os sais tem em comum o ânion -OOCCOO-, os ésteres a estrutura R-OOCCOOR'.

Os oxalatos se formam por neutralização do ácido oxálico com a base correspondente ou por intercâmbio do cátion. Deste modo pode se obter o oxalato de potássio a partir do ácido oxálico e do hidróxido de potássio.

HOOCCOOH + 2 KOH -> KOOCCOOK + 2 H2O

Os ésteres do ácido oxálico podem ser obtidos a partir das reações clássicas de esterificação a partir do ácido ou do cloreto de oxalila.

Os principais oxalatos são:

Oxalato de cálcio
Oxalato de ferro

ReferênciasEditar

  1. PubChem. «Oxalate». pubchem.ncbi.nlm.nih.gov (em inglês). Consultado em 7 de junho de 2019 
  Este artigo sobre um composto orgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
 
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada.