Públio Palfúrio

Públio Palfúrio (em latim: Publius Palfurius) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de setembro e outubro de 55 com Lúcio Aneu Sêneca[1]. Seu filho, Marco Palfúrio Sura, orador e filósofo estoico, foi expulso do Senado na época de Vespasiano[2].

Públio Palfúrio
Cônsul do Império Romano
Consulado 55 d.C.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Mânio Acílio Avíola

com Marco Asínio Marcelo
com Marco Efulano (suf.)

Nero I
55

com Lúcio Antíscio Veto
com Numério Céstio (suf.)
com Públio Cornélio Dolabela (suf.)
com Lúcio Aneu Sêneca (suf.)
com Marco Trebélio Máximo (suf.)
com Públio Palfúrio (suf.)
com Cneu Cornélio Lêntulo Getúlico (suf.)
com Tito Curtílio Mância (suf.)

Sucedido por:
'Quinto Volúsio Saturnino

com Públio Cornélio Cipião
com Lúcio Júnio Gálio Aniano (suf.)
com Tito Cúcio Cilto (suf.)
com Lúcio Dúvio Ávito (suf.)
com Públio Clódio Trásea Peto (suf.)


Referências

  1. Giuseppe Camodeca: I consoli des 55–56 e un nuovo collega di seneca nel consolato: P. Cornelius Dolabella, Zeitschrift für Papyrologie und Epigraphik 63, p. 201–215.
  2. Suetônio, Vidas dos Doze Césares, Vida de Domiciano XIII