Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o cônsul sufecto em 3. Para o cônsul em 20 a.C. e seu pai, veja Públio Sílio Nerva. Para o cônsul em 28 e seu filho, veja Públio Sílio Nerva (cônsul em 28).
Públio Sílio
Cônsul do Império Romano
Consulado 3 d.C.

Públio Sílio (em latim: Publius Silius) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto em 3 d.C. no lugar de Lúcio Élio Lamia. Seu colega foi Lúcio Volúsio Saturnino[1]. Sílio era o filho mais velho de Públio Sílio Nerva, cônsul em 20 a.C.[2]

CarreiraEditar

Sílio foi triúnviro monetário, o mais prestigioso dos quatro grupos dos vigitínviros e serviu com Lamia na mesma época. Como a nomeação a este grupo era geralmente restrita a patrícios, o historiador Ronald Syme vê nisto evidências de que Sílio era patrício[2]. Sílio também é conhecido por ter sido legado de diversas legiões operando nos territórios romanos da Macedônia e Trácia imediatamente antes de seu consulado[3].

Depois de seu mandato consular, Sílio desaparece completamente das fontes[4].

FamíliaEditar

Públio Sílio Nerva, cônsul em 28, era seu filho.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Ronald Syme, The Augustan Aristocracy (Oxford: Clarendon Press, (1986), p. 458
  2. a b Syme, Augustan Aristocracy, p. 52
  3. Veleio Patérculo, Compêndio da História Romana II.101.
  4. Syme, Augustan Aristocracy, p. 101 n.51