Abrir menu principal

Paraná Pesquisa é um instituto de pequisas de Curitiba (PR), com 25 anos de atuação nas áreas de pesquisa política, pesquisa de opinião e pesquisa de mercado, com mais de mil pesquisas realizadas.[1]

Eleições de segundo turnoEditar

Em uma pesquisa feita em janeiro de 2015 em meio a graves denúncias sobre corrupção na Petrobras, uma pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisa diz que se as eleições de segundo turno fossem realizadas na data da pesquisa, a presidente Dilma Rousseff (PT) perderia o cargo para o ex-adversário no pleito de 2014, o senador Aécio Neves (PSDB).[2]

Pesquisa sobre a confiança da presidenteEditar

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Paraná sobre a confiança da presidente, nos dias 22 a 26 de janeiro em 160 municípios, mostra que 82% dos entrevistados não confiam na Dilma para conduzir o país rumo à estabilidade econômica. Segundo o levantamento, 15,5% confiam e 2,5% não responderam. A pesquisa questionou os entrevistados sobre “a sua situação econômica e a de sua família”, nos últimos seis meses. Para 42,8, a situação piorou. Outros 16% disseram que piorou muito. A situação melhorou para 6,4% e melhorou muito para 0,4%. Não respondeu 1,5%.[3]

Referências

  1. «Empresa». Pequisa Paraná. Consultado em 19 de março de 2016 
  2. «Pesquisa do Instituto Paraná diz que Dilma não seria reeleita hoje». Bahia noticias. 7 de fevereiro de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  3. Diário do Poder (18 de janeiro de 16). «Pesquisa Instituto Paraná: 82% não confiam na presidente Dilma». ABN. Consultado em 19 de março de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)

Ligações externasEditar