Abrir menu principal
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Paul Pietsch
Informações pessoais
Nacionalidade  Alemanha Alemão
Registros na Fórmula 1
Temporadas 1950 - 1952
Equipes Alfa Romeo
GPs disputados 3 (3 largadas)
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 0
Pole positions 0
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP Grande Prêmio da Itália de 1950
Último GP Grande Prêmio da Alemanha de 1952

Paul Pietsch (Freiburg, 20 de junho de 1911 - Titisee-Neustadt, 31 de maio de 2012) foi um piloto de Fórmula 1 e publicitário alemão.

Início da CarreiraEditar

Nascido em Freiburg, Pietsch começou sua carreira de corredor em 1932 com um Bugatti e um Alfa Romeo próprios.

Correndo com o Alfa Romeo, ele ganhou em 1933 o III Svenska Isloppet, em Hemfjärden, e em 1934, o I Vallentunaloppet em Vellentunasjön.

No GP da Alemanha de 1935 ele correu pela Auto Union, e terminou em terceiro no GP da Itália depois de deixar o time com motores traseiros "difíceis de dirigir". Em 1937 ele pilotou um Maserati próprio. Suas melhores horas foram no GP da Alemanha de 1939, onde ele liderou 2 voltas antes da ignição falhar, o que o fez cair para terceiro. Ainda assim, foi um excelente resultado para um corredor sem patrocinio contra a equipe dominante Silver Arrows.

Fórmula 1Editar

Depois da guerra, ele participou em três temporadas de Fórmula 1, começando em 3 de Setembro de 1950. Ele dirigiu em um Alfa Romeo no GP da Alemanha de 1951, terminando com um acidente. Ele nunca pontuou no campeonato.

Depois da carreiraEditar

Depois desse tempo, Pietsch foi um editor de sucesso de revistas de motos e automobilisticas. Sua companhia Motor Presse Stuttgart teve o maior marketing para tecnologia e revistas especiais da Europa.

Em Junho de 2010, Pietsch foi considerado o mais velho Piloto de Fórmula um vivo, com 99 anos e o último piloto sobrevivente da Auto Union. No dia 20 de Junho de 2011, ocorre uma rally na Floresta Negra, entre Freiburg e o Museu da Mercedes em Stuttgart, para comemorar os 100 anos do corredor.