Abrir menu principal

Paulo Henrique Souza de Oliveira

futebolista brasileiro

Paulo Henrique Souza de Oliveira ou simplesmente Paulo Henrique (Macaé, 5 de janeiro de 1943), é um ex-futebolista brasileiro que atuou como lateral-esquerdo.

Paulo Henrique
Informações pessoais
Nome completo Paulo Henrique Souza de Oliveira
Data de nasc. 5 de janeiro de 1943 (76 anos)
Local de nasc. Macaé (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,73 m
Canhoto
Informações profissionais
Período em atividade 1960–1973
Clube atual Aposentado
Posição Lateral-esquerdo
Clubes de juventude
1959 Flamengo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1960–1972
1971
1972–1973
Flamengo
Botafogo (emp.)
Avaí
00437 000(14)
00000 0000(0)
00011 0000(0)
Seleção nacional
1966–1967 Brasil 00010 0000(0)[1]

Ele jogou nos seguintes clubes: Flamengo, Botafogo e Avaí-SC.

Índice

CarreiraEditar

QuissamãEditar

Paulo Henrique começou atuar por uma equipe amadora chamada Quissamã Futebol Clube, na época em que Quissamã era distrito de Macaé, podia participar do campeonato da Liga amadora de Macaé, até que o antigo distrito de Macaé conseguir a sua emancipação em 1988.

FlamengoEditar

Do Quissamã saiu para o Flamengo onde começou a jogar profissionalmente. Paulo Henrique foi dono da lateral esquerda do Fla por doze anos, de 1960 a 1972, sendo o capitão do clube durante a década de 60. Defendeu o clube em 437 jogos, e marcou 14 gols. Conquistou 19 títulos, dentre eles os Campeonatos Cariocas de 1963, 1965 e 1972 e o Torneio Rio-São Paulo de 1961.[2]

BotafogoEditar

Em 1971, foi emprestado ao Botafogo numa troca por Roberto Miranda, e participou do time que conseguiu o vice-campeonato carioca e brasileiro daquele ano.

Retorno ao FlamengoEditar

Voltou para o Flamengo onde conquistou mais um Campeonato Carioca em 1972.[2]

AvaíEditar

Em meados do ano 1972, Paulo Henrique já tinha acertado a sua transferência para o America (RJ) quando surgiu uma proposta do Avaí. O Flamengo que tinha boas relações com o clube catarinense, liberou o jogador e abriu mão de receber uma compensação financeira. O lateral comentou na época que aceitou ir para o Avaí porque havia iniciado sua carreira no juvenil do Flamengo, em 1959 com Walter Miraglia, e que treinava o Avaí naquele ano. Campeão Catarinense em 1973, Paulo Henrique se aposentou em 1974.[1]

Seleção BrasileiraEditar

Em 1966, foi convocado pelo Técnico Vicente Feola junto com Silva para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo na Inglaterra. Essa foi uma marca significativa em sua carreira, pois foi o jogador escolhido para substituir o lendário Nilton Santos em Copas do Mundo. Fez duas partidas, na vitória contra a Bulgária, o último jogo da dupla Pelé e Garrincha, e na derrota de 3x1 para a Hungria. Ao todo ele fez 13 jogos pela Seleção Brasileira (3 não oficiais)[1] e fez parte do elenco que participou da Copa do Mundo de 1966.

TítulosEditar

Flamengo
  • Torneio Rio-São Paulo: 1961
  • Troféu Magalhães Pinto: 1961
  • Torneio Internacional de Verão do Uruguai: 1961
  • Torneio Internacional de Tunísia: 1962
  • Troféu Naranja: 1964
  • Torneio Triangular Gilberto Alves: 1965
  • Torneio Quadrangular de Vitoria: 1965
  • Torneio Quadrangular Equador: 1966
  • Troféu Mohammed IV: 1968
  • Troféu Restelo: 1968
  • Campeonato Carioca: 1963, 1965, 1972
  • Taça Guanabara: 1970
  • Torneio Internacional de Verão do Rio de Janeiro: 1970, 1972
  • Troféu General Mendes de Morais: 1970
  • Troféu Ary Barroso: 1970
  • Taça Presidente Médici: 1971
  • Troféu Pedro Pedrossian: 1971
  • Torneio do Povo: 1972
Avaí

Referências

  1. a b c «Todos os brasileiros 1966». Folha de São Paulo. 9 de dezembro de 2015. Consultado em 15 de novembro de 2018 
  2. a b «Paulo Henrique... Ex-lateral do Flamengo». Terceiro Tempo. Consultado em 30 de novembro de 2018 

Ligações externasEditar