Abrir menu principal

Wikipédia β

Avaí Futebol Clube

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Avaí, veja Avaí (desambiguação).

Avaí Futebol Clube é um clube de futebol brasileiro com sede na cidade de Florianópolis, capital de Santa Catarina. Fundado em 1º de setembro de 1923, o Avaí tem como cores o azul e o branco e seu mascote é um Leão, sendo conhecido como o "Leão da Ilha" ou "O Time da Raça" (pela história do estilo de jogo da equipe). Para temporada de 2018, o clube disputa o Campeonato Catarinense, Copa do Brasil e a Série B do Campeonato Brasileiro.

Avaí
Avai FC (05-E) - SC.svg
Nome Avaí Futebol Clube
Alcunhas Leão da Ilha
O Time da Raça
Torcedor/Adepto Avaiano
Azurra
Mascote Leão
Principal rival Figueirense
Fundação 1 de setembro de 1923 (94 anos)
Estádio Ressacada
Capacidade 17 800 pessoas[1]
Localização Brasao florianopolis.gifFlorianópolis, Santa CatarinaSC, BrasilBrasil
Presidente Brasil Francisco José Battistotti
Treinador Brasil Claudinei Oliveira
Patrocinador Brasil Caixa
Brasil VVoa
Brasil Liderança
Brasil VeroLife
Brasil Brahma
Estados Unidos Pepsi
Material (d)esportivo Inglaterra Umbro
Competição Santa Catarina Campeonato Catarinense
Brasil Copa do Brasil
Brasil Campeonato Brasileiro
Brasil Primeira Liga
Divisão Santa Catarina SC 2017
Brasil Série A
Santa Catarina SC 2017
Brasil CB 2017
Brasil A 2017
Brasil PL 2017
Vice-campeão
2ª Fase
A disputar
1ª Fase
Santa Catarina SC 2016
Brasil CB 2016
Brasil B 2016
Brasil PL 2016
8º colocado
2ª Fase
2º Colocado Aumento
1ª Fase
Santa Catarina SC 2015
Brasil CB 2015
Brasil A 2015
8º colocado
2ª Fase
17º colocado Baixa
Ranking nacional Baixa 24.º lugar, 5 894 pontos[2]
Website Avaí Futebol Clube
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar
Departamentos do Avaí
Football pictogram.svg
Futebol
Football pictogram.svg
Futebol
Feminino
Football pictogram.svg
Futsal
Football pictogram.svg
Futebol
de Areia
Football pictogram.svg
Futebol
Society
Football pictogram.svg
Futebol
Master
Basketball pictogram.svg
Basketball
Cycling (road) pictogram.svg
Ciclismo
Equestrian pictogram.svg
Hipismo

O Avaí é o clube com a maior torcida de Santa Catarina, com cerca de meio milhão de torcedores, segundo diferentes pesquisas recentes elaboradas pelo instituto Pluri junto ao IBGE na Região Sul do Brasil, entre os anos de 2012, 2013 e 2014.[3][4][5][6][7]

A origem do nome Avaí é uma referência a Batalha de Avahy, um episódio da Guerra do Paraguai ocorrida em 1864. Posteriormente a grafia foi alterada, passando de Avahy para Avaí como conhecemos. A origem do nome não tem absolutamente nenhuma ligação com o arquipélago norte-americano.[8]

O Avaí possui a melhor campanha da história de Santa Catarina na Série A, quando terminou em sexto lugar no Campeonato Brasileiro de 2009 com 57 pontos.[9] Nesta competição, o Avaí protagonizou a maior arrancada da história da Série A de pontos corridos.[10]

Índice

História

 Ver artigo principal: História do Avaí Futebol Clube

Tudo começou quando em 1º de setembro de 1923, o comerciante de Florianópolis chamado Amadeu Horn conheceu um grupo de garotos, praticantes assíduos do futebol, e que organizavam seus jogos na rua Frei Caneca no bairro Pedra Grande. Amadeu então resolveu realizar o sonho daqueles garotos, que era poder utilizar os "ternos" (termo utilizado na época para designar o uniforme) durante os jogos bem como os times famosos utilizavam. O comerciante doou um kit de futebol aos garotos que, além de ganharem uma bola e chuteiras, ainda foram agraciados com os tão sonhados "ternos" contendo camisetas listradas em azul e branco e calções e meias azuis, em homenagem ao seu time de coração, o extinto Riachuelo.

Foi então que, num sábado em 1 de setembro de 1923 em uma reunião na casa de Amadeu Horn, ficou decidido que iriam fundar um clube. O nome escolhido seria Independência e o presidente seria o idealizador, Amadeu. Eis que, atrasado para a reunião, Arnaldo Pinto de Oliveira chegou e influenciou o grupo a trocar o nome, já que Independência seria um nome complicado para a torcida gritar em apoio ao time. Como naquela época Arnaldo estava lendo um livro sobre a história do Brasil, ele sugeriu o nome Avahy, em referência à Batalha do Avahy. Todos apoiaram a ideia e foi aí que começou a história do então Avahy Foot-ball Club.

  Brasileirão 2009 (6º lugar)

Após retornar à elite em 2009, o Avaí realizou a melhor campanha da história de Santa Catarina no Campeonato Brasileiro, quando terminou a competição em 6º lugar com 57 pontos.[9] Durante sua reação, o Avaí protagonizou a maior arrancada da era dos pontos corridos [10] quando permaneceu 11 partidas sem ser derrotado, com 8 vitórias e 3 empates. O clube subiu 16 posições na tabela, indo da lanterna ao G4 do Campeonato Brasileiro.

Após um início complicado, o Avaí reagiu a partir da 11ª rodada quando obteve cinco triunfos consecutivos diante de Goiás, Sport, Grêmio, Atlético Paranaense e Vitória. Na sequência, três empates atuando como visitante diante de Corinthians, Santos e Atlético Mineiro intercalados de vitórias em casa contra Santo André, Náutico e Flamengo. Cerca de quatro mil torcedores do Avaí estiveram no estádio Couto Pereira em Curitiba, na derrota por 2-0 que encerrou o período de invencibilidade do clube naquele ano diante do Coritiba.

A última vitória da sequência que levou o Avaí ao 4° lugar no campeonato diante do Flamengo, ficou marcada por encerrar a arrancada histórica do clube naquele ano. Posteriormente, o Flamengo sagrou-se campeão brasileiro de 2009.

23 de agosto de 2009 Avaí   3 – 0   Flamengo Ressacada, Florianópolis
18:30
Luis Ricardo   8'
Léo Gago   30'
Fabinho Capixaba   77'
Relatório Público: 15.602[11]
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira


 
Elenco avaiano em 2009. A melhor campanha da história de SC no Brasileirão.

  Brasileiro Série B (vice-campeão)

No ano de 2016, o Avaí realizou sua melhor campanha na história da Série B. Após conquistar o terceiro lugar nos anos de 2004 e 2008 e o quarto lugar nos anos de 2001 e 2014, o Avaí conquistou o segundo lugar da Série B no ano de 2016. Este foi o terceiro acesso do clube para a Série A. No jogo que garantiu o inédito vice-campeonato para o clube nesta competição, empate em 1-1 com o Brasil-RS na Ressacada.

26 de novembro de 2016 Avaí   1 – 1   Brasil de Pelotas Ressacada, Florianópolis
16:00
Público: 15.564[12]

  Copa Sul-Americana 2010 (quartas)

No ano de 2010, o Avaí realizou a melhor campanha da história de Santa Catarina na Copa Sul-Americana, sendo a única equipe do estado a passar da segunda fase e disputar a fase internacional da competição até aquele momento, quando chegou até as Quartas de Final. Para realizar tal feito, o Avaí eliminou equipes de peso como o Santos ainda na fase nacional e o Emelec do Equador nas Oitavas de Final, ambos com ampla tradição internacional. Na reta final, já desmobilizado pela má campanha no Brasileirão onde estava a beira de um rebaixamento, o Avaí acabou sendo eliminado.

No jogo da classificação internacional inédita na história do clube, vitória sobre o Emelec na Ressacada.

21 de outubro de 2010 Avaí   3 – 1   Emelec Ressacada, Florianópolis
20:15 (UTC-2)
Roberto   47'
Eltinho   51'
Emerson   53'
Relatório Rojas   2' Público: 11.668 [13]

  Copa do Brasil 2011 (semifinal)

No ano de 2011, o Avaí chegou até a semifinal da Copa do Brasil, realizando sua melhor campanha. Em sua sétima participação no torneio até então, o Avaí eliminou sem muitas dificuldades as equipes do Vilhena e do Ipatinga nas fases iniciais. Nas Oitavas de Final, o Avaí fez um confronto disputado contra a tradicional equipe do Botafogo, classificando-se após dois empates.

Nas Quartas de final, o Avaí eliminou outro gigante do futebol nacional, desta vez passando pelo São Paulo após um empate e uma vitória em casa pelo placar de 3-1. Nas Semifinais da competição, o Avaí finalmente sucumbiu diante do terceiro confronto seguido contra um dos grandes clubes do país, quando enfrentou a equipe do Vasco da Gama. Após um empate na primeira partida, o Avaí foi derrotado em casa pelo placar de 2-0 no jogo da volta disputado no estádio da Ressacada.

25 de maio de 2011 Avaí   0 – 2   Vasco da Gama Ressacada, Florianópolis
21:50
  3'   34' Diego Souza Público: 16.920[14]

Cronologia

Cronologia do Avaí Futebol Clube
Boos, Loureiro, Zequinha, Zanzibar, Waldemar, Joel, Acioly, Maciel, Mambrini, Aroldo e Carlos Pires.
Boos, Aldo, Bida, Maciel, Zé Macaco, Botafogo, Emílio, Sabas, Acioly, Nanado e Arnaldo.
  • 1927 - conquista o Campeonato Catarinense pelo segundo ano consecutivo vencendo o Brasil de Blumenau pelo placar de 3x2, tornando-se a primeira equipe a atingir esse feito. Conquista também o bicampeonato do Torneio Citadino. O time era:
Boos, Bida, Tancredo, Maciel, Elesbão, Botafogo, Estevão, Acioly, Sabas, Nanado e Arnaldo.
Boos, Bida, Filomeno, Zé Macaco, Elesbão, Botafogo, Joel, Edgar, Periquito, Sabas, Nanado e Arnando.

  • 1930 - no dia 29 de março conquista o Campeonato Catarinense vencendo o Marcílio Dias na final por 6-2.
  • 1931 - em 8 de setembro, o Avahy realiza a inauguração de uma sede social localizada na Rua Conselheiro Mafra, nº 10. A sede contava com um amplo salão de eventos, local para jogos e serviços de botequim. O evento de inauguração aconteceu às 17 horas daquela terça feira.
  • 1938 - em 20 de fevereiro, aplica a maior goleada da história do clássico de Florianópolis:[15] Avaí 11-2 Figueirense. Esse jogo também marcou a estreia de Saul, atacante do Avaí, no clássico da cidade. Mais tarde, ele se tornaria o maior artilheiro do clássico, com 41 gols em 45 jogos, atuando sempre pelo Avaí.[15]

Adolfinho, Fateco, Diamantino, Chocolate, Beck, Henrique, Felipinho, Nizeta, Bráulio, Tião e Saul.
Sapinho(6), Felipinho (5), Saul (5), Nizeta (3), Jacinto (1) e Tião (1).
Adolfinho, Fateco, Tavinho, Felipinho, Chocolate, Aldo Nunes, Zachi, Nizeta, Bráulio, Tião e Saul.


  • 1972 - no dia 31 de março, Pelé fez seu único jogo em Florianópolis. Foi num amistoso contra o Avaí no Estádio Adolfo Konder. O jogo, que registra o recorde de público do estádio, terminou com a vitória do time paulista por 2-1.
  • 1973 - Campeão do Campeonato Catarinense de Futebol. Com uma vitória de 2-1 sobre o Juventus de Rio do Sul, em 17 de dezembro, acaba com uma seqüência de 27 anos sem títulos estaduais, para alegria da multidão que invadiu as ruas da cidade para comemorar. Termina o campeonato com 4 pontos a frente do Juventus e a sete do rival Figueirense, que ficou em terceiro lugar. Com o título o time garantiu vaga para a sua primeira participação no campeonato nacional disputando em 1974.
  • 1974 - em 10 de março, estreia na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro com um empate com o América(RN) por 1-1, em Natal(RN). Nesse jogo, Zenon marcou o primeiro gol do Avaí em Campeonatos Brasileiros. A primeira vitória, no entanto, só ocorreu na sexta rodada: 3-0 no Remo(PA), em Florianópolis, com dois gols de Balduíno e um gol contra de Lúcio, do Remo. Zico, estrela do futebol mundial na época, faz sua estreia em Florianópolis diante de mais de 18 mil torcedores no estádio Orlando Scarpelli. Vitória do Flamengo sobre o Avaí pelo placar de 1 a 0.
  • 1975 - Campeão do Campeonato Catarinense de Futebol. No dia 17 de agosto o Avaí vence o Figueirense por 1 a 0 dentro do estádio do seu rival e conquista o seu 11º título estadual. A torcida invadiu o gramado e pintou as ruas da capital de azul e branco mais uma vez.
  • 1976 - Faz sua melhor campanha na Série A durante os anos 1970. Após liderar a repescagem até a última rodada, perde a classificação após uma polêmica e surpreendente goleada do Caxias-RS sobre o Figueirense-SC por 5 a 1 na última rodada, quando a equipe gaúcha, que até então não tinha nenhuma vitória e ainda não havia marcado nenhum gol, consegue marcar 5 numa única partida e conquistar o saldo necessário para se classificar. O Avaí, que tinha duas vitórias a mais e saldo superior, fica de fora devido a diferença de gols tirada nesta partida e ao ponto extra que era atribuído a clubes que marcavam 3 gols de diferença em um único jogo. A torcida avaiana registra uma média de público de quase 11 mil torcedores por partida, mesmo jogando na casa do seu maior rival.[16]

  • 1983 - em 15 de novembro, inaugura o estádio da Ressacada, com o jogo Avaí 1-6 Vasco(RJ). O primeiro gol do estádio foi marcado por Wilson Tadei, do Vasco.
  • 1985 - conquista o vice-campeonato catarinense, perdendo a final para a equipe do Joinville na cidade de Itajaí, com enorme presença da torcida avaiana no estádio Hercílio Luz.
  • 1988 - conquista o Campeonato Catarinense depois de 13 anos sem conseguir o título. Em 17 de julho, com gols de Marcos Severo aos 8 minutos, Adílson Heleno aos 36 minutos e Itamar do Blumenau aos 51 minutos, todos do primeiro tempo, o Avaí venceu o Blumenau por 2-1, pelo hexagonal final da competição. Maior público da história do clube é registrado: 32.226 torcedores, com muitos ficando do lado de fora. O time da final foi:
Fossati; Netinho, Maurício, Sérgio Márcio e J.J. Rodriguez; Belmonte, Flávio Roberto e Adílson Heleno; Adílson Gomes, Marcos Severo (Mendonça) e Elísio. Técnico: Sérgio Lopes.
  • 1992 - conquista o vice-campeonato catarinense, mesmo tendo um elenco amplamente superior ao adversário. Com salários atrasados, faz uma partida irreconhecível na decisão.
  • 1993 - fica em penúltimo lugar no Campeonato Catarinense, entre 14 equipes, e cai pela primeira vez em sua história para a Segunda Divisão do Campeonato Catarinense.
  • 1994 - em 20 de novembro, conquista a Segunda Divisão do Campeonato Catarinense com uma vitória de 2-1 sobre o Hercílio Luz, de Tubarão, em Florianópolis diante de um palco completamente lotado por uma torcida que jamais abandonou o clube.
  • 1997 - conquista o seu 13º título estadual ao vencer o Tubarão por 2-0 em plena Ressacada completamente lotada com mais de 22 mil torcedores no dia 22 de junho. Os ídolos daquela conquista foram:
Carlão; Cedenir, Raul, Evandro Guimarães e Itá; Régis, Evandro e Helton (Roberto Cavalo); Claudiomir, Jacaré e Dão. Técnico: Luiz Gonzaga Milioli.
  • 1998 - vence os dois turnos do campeonato estadual, mas fica sem o título por força do regulamento que ainda previa um quadrangular. Conquista seu primeiro título nacional, a Série C, derrotando São Caetano(SP) na decisão, fora de casa. Na volta, a festa iniciada no aeroporto tomou conta de toda a Grande Florianópolis. Neste mesmo ano, com a conquista do Criciúma no Campeonato Catarinense, o Avaí ganha o título simbólico de "campeão catarinense do século XX", já que o segundo time com mais troféus na época, o Joinville, com 10 conquistas, não poderia mais alcançar o total de 13 do Avaí. Neste jogo o Avaí jogou com:
César Silva; Edinho (Silva), Rogerio Prateat, Altair e César Souza; Luiz Fernando, Jefferson Douglas (Sandro), Arthur e Fantick; Dão e Paulo César (Humberto). Técnico: Roberto Cavalo.
  • 1999 - reestreia na Série B nacional após 10 anos de ausência. Chega a decisão do Campeonato Catarinense de Futebol contra o seu maior rival. No primeiro jogo, vence diante de mais de 20 mil torcedores. Na decisão, perde o título com um gol legítimo mal anulado na prorrogação.

  • 2001 - chega pela primeira vez ao quadrangular final da Série B, mas não consegue o acesso. Termina em quarto lugar. É registrado o maior público da história da Ressacada em clássicos.[17]
Eduardo Martini; Ferdinando, Turatto, Émerson e Uendel; Marcus Winícius, Léo Gago, Marquinhos Santos (Odair) e Caio; Evando (Lima) e William (Bruno). Técnico: Silas.[20] Cerca de 20 mil foram as ruas comemorar o título.[21]
  • 2009 - O Avaí surpreende o Brasil ao se destacar como a equipe revelação do Campeonato Brasileiro. Termina o campeonato em 6º lugar com 57 pontos, melhor colocação de um clube catarinense na história da competição.
  • 2010 - Novamente com uma campanha irreparável, o Avaí conquista o seu 15º título estadual ao vencer o Joinville por 3-1 no primeiro jogo em Joinville e 2-0 no segundo jogo em Florianópolis, em plena Ressacada com mais de 17 mil pessoas no dia 2 de maio. Os ídolos daquele jogo foram:
Zé Carlos; Rafael, Emerson Nunes (Gabriel) e Émerson; Uendel, Marcinho Guerreiro, Rudnei (Batista), Caio, Davi (Carreirinha) e Patric; Roberto. Técnico: Péricles Chamusca.[22]
  • 2010 - O clube realiza a melhor campanha da história do futebol catarinense na Copa Sul-Americana, e faz seu primeiro jogo oficial fora do Brasil. Após eliminar o Santos na primeira fase da Copa Sul-Americana, no dia 13 de outubro o Avaí vai ao Equador enfrentar o Emelec no Estádio George Capwell. No jogo da volta, classifica-se após vitória por 3-1 e conquista a classificação histórica para o estado de Santa Catarina. Na Série A, Conquista a permanência após muito sofrimento e apoio massivo do seu torcedor, diante de jogos com superlotação na reta final.
  • 2011 - Realiza a sua melhor campanha na história da Copa do Brasil, chegando até a Semifinal. Durante a campanha, eliminou clubes de peso como Botafogo e São Paulo. Ano que também marcou o descenso do time para a Série B, seu primeiro e único rebaixamento nacional.
  • 2012 - O Avaí conquista seu 16º título Catarinense, em duas partidas contra o maior rival, Figueirense. No placar agregado, 5-1 em favor do Leão. A torcida mais uma vez coloriu as ruas da capital de azul e branco em uma grande festa.
  • 2013 - Chega a Semifinal do estadual. Faz ótima campanha na Série B, deixando o acesso escapar na reta final. A torcida da mais um show a parte, registrando os maiores públicos de Santa Catarina durante a competição.
  • 2014 - Após campanha oscilante na Série B (com 12 jogos invictos seguidos de 8 jogos sem vitórias), o Avaí conseguiu o acesso à Série A.
  • 2016 - Conquista o acesso à Série A com uma rodada de antecedência e termina o campeonato da Série B como vice-campeão.

Títulos

Principais títulos
NACIONAIS
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Brasileiro - Série C 1 1998
ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Catarinense 16 1924, 1926, 1927, 1928, 1930, 1942, 1943, 1944, 1945, 1973, 1975, 1988, 1997, 2009, 2010 e 2012

Campanhas de destaque

Avaí Futebol Clube
Torneio Melhor colocação
  Copa Sul-Americana Quartas de Final (2010)
  Copa do Brasil Semifinal (2011)
  Campeonato Brasileiro – Série A (2009)
  Campeonato Brasileiro – Série B (2016)
  Campeonato Brasileiro – Série C (1998)

Histórico em competições oficiais

 Ver artigo principal: Estatísticas do Avaí

Participações

 Ver artigo principal: Temporadas do Avaí
Participações em 2018
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P   R  
  Campeonato Catarinense 78 Campeão (16 vezes) 1924 2018 1
Série B 1 Campeão (1994) 1994 1994
  Primeira Liga 2 Grupos (2016 e 2017) 2016 2017
  Campeonato Brasileiro 9 6º colocado (2009) 1974 2017 3
Série B 21 Vice-campeão (2016) 1980 2018 3
Série C 4 Campeão (1998) 1995 1998 1
Copa do Brasil 13 Semifinal (2011) 1989 2018
  Copa Sul-Americana 1 Quartas de final (2010) 2010 2010

O início

Em sua primeira década de existência, o Avaí torna-se o primeiro campeão catarinense de futebol em 1924, e o primeiro tricampeão com os títulos de 1926, 1927 e 1928. Dois anos depois, conquista o título de 1930. Na década de 1940, o Avaí torna-se a primeira equipe do estado a conquistar um tetracampeonato estadual, com as conquistas de 1942, 1943, 1944 e 1945.

Anos 1970

Após um longo período sem títulos do futebol da capital, o Avaí volta a conquistar o estadual nos anos de 1973 e 1975, sendo este último em uma disputa acirrada de 3 jogos contra o seu maior rival. Com um gol de cabeça de Juti, o Avaí conquistou seu 11° título, levantando a taça no estádio Orlando Scarpelli. Com a conquista, o Avaí consolida-se cada vez mais como o mais vezes campeão, fato que tornou-se uma das alcunhas mais famosas do clube.

17 de agosto de 1975 Figueirense 0 – 1   Avaí Orlando Scarpelli, Florianópolis
17:00
  33' Juti Árbitro: José Carlos Bezerra

Anos 1980

Em 1988, o Avaí conquista seu 12° título catarinense contra a equipe do Blumenau, diante de um público de mais de 30 mil torcedores no estádio da Ressacada em Florianópolis, o maior da história do clube.

17 de agosto de 1988 Avaí   2 – 1 Blumenau Ressacada, Florianópolis
17:00
  06' Marcos   06' Adilson Heleno   51' Almir Árbitro: Antonio Rogério Osório

Anos 1990

Em 1997, o Avaí torna-se o Campeão do Século em Santa Catarina, após vencer a equipe do Tubarão na decisão do campeonato catarinense. O Avaí chegava ao seu 13° título, não podendo mais ser alcançado pela equipe do Joinville.

22 de junho de 1997 Avaí   2 – 0 Tubarão Ressacada, Florianópolis
16:00
  17'   26' Jacaré Árbitro: Dalmo Bozzano

2009

Em 2009, o Avaí volta a conquistar um título do campeonato catarinense ao bater a equipe da Chapecoense no estádio da Ressacada. Era o fim de uma espera de 12 anos, para alegria dos 20 mil torcedores que invadiram a avenida Beiramar para comemorar o título.[21]

3 de maio de 2009 Avaí   6 – 1 Chapecoense Ressacada, Florianópolis
16:00
  31' Evando
  05' Léo Gago
  34' Marquinhos

  08' Marquinhos
  12' Lima
  15' Ferdinando

  12' Bruno Cazarini Árbitro: Célio Amorim

2010

Em 2010, o Avaí vence o campeonato catarinense novamente e volta a conquistar um Bicampeonato estadual após 65 anos. A décima quinta conquista do clube veio diante da equipe do Joinville, após uma vitória por 2-0 no estádio da Ressacada em Florianópolis, diante de mais de 17 mil torcedores.

2 de maio de 2010 Avaí   2 – 0 Joinville Ressacada, Florianópolis
16:00
  12' Roberto   32' Davi Árbitro: Célio Amorim

2012

Em 2012, o Avaí conquista seu 16° título estadual após vencer o rival Figueirense nas duas partidas da decisão do campeonato. Com o triunfo, o Avaí desempata a disputa e torna-se o mais vezes campeão do estado de forma isolada mais uma vez. Na partida que praticamente definiu a disputa, vitória avaiana pelo placar de 3-0 na Ressacada.

6 de maio de 2012 Avaí   3 – 0 Figueirense Ressacada, Florianópolis
16:00
  31' Nunes

  03' Felipe   10' Cléber Santana

Árbitro: Paulo Henrique Bezerra

Elenco

Elenco atual

  Última atualização: 5 de agosto de 2017.


Elenco atual do Avaí Futebol Clube[23][24]
N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome
1 G   Kozlinski 20 M   Bryan Urueña 55 M   Juan
2 LD   Leandro Silva 21 V   Luanzinho 77 M   Caio César
3 Z   Betão 22 G   Douglas 80 Z   Airton
4 Z   Alemão 23 A   Toshi 81 A   Vitor
5 V   Luan 26 M   Pedro Castro 87 LD   Gustavo Santos
6 LE   Capa 28 A   Willians Santana 90 LE   João Paulo
7 V   Simião 30 A   Maurinho 93 V   Judson
8 V   Renanzinho 31 A   Diego Tavares 94 V   Lucas Otávio
32 V   Ferdinando 96 A   Devid
10 M   Marquinhos 33 Z   Gustavo 97 A   Lourenço
11 A   Rômulo 35 G   Matheus 98 A   Santarém
13 LD   Maicon 36 LE   Lucas Lovat 99 A   Joel
16 Z   Henrique 38 G   Vitor Prada
19 G   Léo Lopes 51 Z   Salazar

Técnico:   Claudinei Oliveira

Ídolos

  Jogadores que, no mundo, só jogaram pelo Avaí Futebol Clube

  Jogadores que, no Brasil, só jogaram pelo Avaí Futebol Clube

  Jogadores que, em Santa Catarina, só jogaram pelo Avaí Futebol Clube

  Grande Ídolo

Goleiros
  Adolfinho    
  Boos    
  César Silva    
  Eduardo Martini    
  Jorge Fossati    
Defensores
  Altair  
  Deodato    
  Emerson    
  Fateco    
  Loló    
  Procópio    
  Veneza    
Meio-campistas
  Adílson Heleno  
  Balduíno  
  Beck  
  Belmonte    
  Braúlio  
  Régis    
  Felipinho  
  Cléber Santana  
  Marquinhos Santos    
  Zé Macaco  
  Zenon    
Atacantes
  Mílton Cavalazzi  
  Décio Antônio  
  Dão  
  Evando    
  Jacaré  
  Juti    
  Alex Rossi    
  Fábio Oliveira    
  Lico  
  Nizeta    
  Saul Oliveira  
  Toninho Quintino  
Treinadores
  Hemerson Maria  
  Roberto Cavalo  
  Silas    
  Cuca  

Seleção histórica do Avaí

Uma eleição feita em 1998 com um grupo de torcedores, jornalistas e ex-atletas do Avaí, apontou aqueles que seriam os melhores jogadores da história do clube até aquela data.[25]

  Jogadores convocados para a Seleção Brasileira

Símbolos

Escudos

Nos primeiros anos depois da fundação, o Avaí tinha um escudo diferente do atual. O formato era parecido com os escudos que clubes como o Santos usam atualmente, sendo que dentro havia um círculo com fundo branco com as letras "AFC" em azul e em posição central no círculo que significava Avahy Foot-ball Club, que mais tarde passou a se chamar Avaí Futebol Clube e ganhou um novo distintivo.

O escudo atual do Avaí Futebol Clube foi desenhado com base no primeiro uniforme do clube (camisa com listras verticais nas cores azul e branca), usado na época da fundação e que segue até hoje. Ele tem um formato que lembra um triângulo com dois lados em curva. Na parte superior, há a inscrição "AVAÍ F.C.", em azul, sobre um fundo branco. Na parte inferior, são nove listras verticais, sendo cinco azuis e quatro brancas.

Acima do escudo, o clube adota desde 1999 uma estrela amarela que simboliza a conquista do Campeonato Brasileiro Série C, o primeiro (e até hoje único) título nacional do Avaí[31] e do futebol de Florianópolis.

Bandeira

Bandeira branca, com listras azuis horizontais nas extremidades superior e inferior e escudo do clube ao centro, sobre fundo branco.

Mascote

Na década de 1950, quando o Avaí ainda atuava no antigo Estádio Adolfo Konder, o senhor Olímpio que era um narrador de uma rádio de Florianópolis, classificou o time azul e branco como um Leão pela bravura e raça com que tinha atuado em mais uma vitória no clássico da cidade contra o Figueirense. Como o Avaí é o único time de Florianópolis com sede na ilha, o time ficou conhecido como o Leão da Ilha.

Hino oficial

O hino do Avaí tem música de Luiz Henrique Rosa e letra de Fernando José Caldeira Bastos. Os dois criaram a canção em 1971 e, na mesma noite que a compuseram, pegaram o violão e partiram para o estúdio da já extinta Rádio Jornal A Verdade de Florianópolis[32] e apresentaram-na no programa "Zero Hora Esportiva", que apesar do horário (quase uma hora da madrugada), tinha um ibope altíssimo e a repercussão foi muito grande. Após isso, foi feita a primeira gravação do hino com 1.500 discos produzidos e contando com as participações da Banda do Sete, e da cantora Vera Rosa.
No ano de 2004 o Avaí lançou um CD com o hino do clube que, além da versão original, continha versões em outros ritmos como Bossa Nova, Reggae, Rock, Samba, entre outros.

A torcida e o próprio clube costumam dizer que a canção é "um dos mais bonitos hinos do futebol brasileiro".[33]

Torcida

Várias pesquisas de torcida já apontaram a torcida do Avaí como a maior de Santa Catarina. Estimativas recentes apontam um número de aproximadamente 500 mil torcedores do Avaí no total.[4][34]

Em 1998 o Instituto Mapa realizou uma pesquisa que apontou a torcida do Avaí como a mais lembrada na região da Grande Florianópolis. Cerca de 400 pessoas responderam a pergunta "Quem você mais gosta ou aprecia?" Referente a time de futebol. O Avaí disparou em primeiro lugar com 45%, contra 30% do co-irmão. O Resultado final segundo a pesquisa oferecia índice de 95% de confiabilidade com margem de erro amostral na ordem de 5%.

Em 2001 a Revista Placar, uma das mais conceituadas revistas esportivas do Brasil, publicou uma pesquisa feita com 10 mil leitores perguntando qual time eles torciam. Em Santa Catarina o Avaí foi o mais citado com 0,21% da preferência de todos os entrevistados.[35]

Em janeiro de 2005 o Instituto Nexus/SC realizou uma pesquisa com pessoas a partir dos 16 anos e que torciam para um clube local, e novamente o Avaí apareceu a frente com 41,9% da preferência. A margem de erro da pesquisa foi de 5%. Segundo a pesquisa, o Avaí possui mais torcida entre os homens, os mais pobres e com menos instrução.[36]

Em outubro de 2007 a mesma Revista Placar fez uma nova pesquisa agora nas ruas das capitais do país. No resultado de Florianópolis o Avaí apareceu mais uma vez na frente com 19,2% da preferência dos torcedores da capital catarinense.[37]

No ano de 2010, o grupo RIC através do Jornal Notícias do Dia em parceria com o IBOPE Inteligência, realizou a pesquisa IMPAR (Índices de Marcas de Preferência e Afinidade Regional) no estado de Santa Catarina. No quesito Esportes, o Avaí foi apontado como o clube de maior torcida do estado, obtendo 15% do total de votos[38].

Já em 2011, o Grupo RBS através da Lupi & Associados encomendou uma pesquisa para levantar o número de torcedores por clubes no estado. Mais uma vez o Avaí demonstra sua superioridade no quesito. O Leão da Ilha aparece com 30,6% da preferências, seguido por Figueirense (19,8%), Criciúma (11,4%), Chapecoense (10,4%) e Joinville (8,9%).[39]

Ainda em 2011, mais duas pesquisas encomendadas por grandes empresas apontam superioridade do Avaí no estado: a RIC Record através da pesquisa ÍMPAR, onde o Avaí venceu pelo segundo ano consecutivo [40] e também na assinatura do PayPerView, canal fechado da GLOBOSAT [41].

Já no ano de 2012, a Pluri Consultoria, divulga a 1ª Pesquisa Sobre o Potencial de Consumo das Torcidas Brasileiras. Na parte I, mostra que a maior torcida do estado de Santa Catarina é a do Avaí, com aproximadamente 500 mil torcedores.[4]

No ano de 2013 a mesma Pluri repetiu a pesquisa e o resultado não foi diferente, com o Avaí em 25º lugar no âmbito nacional e 1º no estado de Santa Catarina.[42][43] Nesta mesma pesquisa, em uma análise apenas da Região Sul do Brasil, verificou-se que o Avaí ficou classificado na 9ª posição com 2,4% sendo o mais bem colocado do estado, a frente de clubes como o Coritiba e Vasco da Gama.[44]

No ano de 2014 a ESPN elaborou um novo ranking das torcidas no Brasil, que analisa a relação entre o público de um clube e o seu número total de torcedores. Desta vez, as estimativas de tamanho das torcidas foram exatas e de acordo com dados da Pluri Consultoria e do IBGE. Novamente o Avaí Futebol Clube apareceu em primeiro lugar entre os times de Santa Catarina, com 496.000 torcedores.[34] Em seguida, aparecem Figueirense Futebol Clube com 424.000 torcedores, Joinville Esporte Clube com 172.000 torcedores, Criciúma Esporte Clube com 122.000 torcedores e Associação Chapecoense de Futebol com 64.000 torcedores no total.[5][6][7][34]


 
Torcida comemorando o acesso para a Série A

Sócios

Em 2009 o Avaí chegou a alcançar a marca de 13.500 sócios adimplentes, sendo este o maior quadro social da história do clube.[45]

Médias de público

Dentre as principais competições nacionais, a maior média de público do Avaí foi na Série A do Campeonato Brasileiro de 1976, quando 10.820[46] pessoas em média assistiram aos jogos do clube no Brasileirão daquele ano. Todas as partidas do campeonato foram disputadas no estádio Orlando Scarpelli, pertencente ao rival. No ano do retorno do clube à Série A em 2009, uma média de 10.266[47] pagantes por jogo assistiu as partidas no estádio da Ressacada, que tinha capacidade para 15.800 espectadores.

Na Copa do Brasil, a maior média obtida pelo clube foi de 10.045 pagantes em 2011, quando realizou sua melhor campanha indo as Semifinais. Internacionalmente, a maior marca obtida pelo clube foi na Copa Sul-Americana de 2010, quando uma média de 10.280 espectadores por jogo esteve presente nos três jogos do clube durante a competição.

Maiores públicos

Estes são os maiores públicos do Avaí Futebol Clube:

Os maiores públicos
Público Mandante Placar Visitante Competção Data
1 32 226 Avaí   2-1   Blumenau   Catarinense 17 de julho de 1988 [48]
2 22 850 Avaí   2-0   Tubarão F.C.   Catarinense 22 de junho de 1997 [49]
3 21 055 Avaí   2-2   Figueirense   Brasileiro Série B 18 de dezembro de 2001 [49]
4 20 425 Avaí   2-0   Figueirense   Catarinense 21 de julho de 1999 [49]
5 20 016 Avaí   1-0   Brusque   Catarinense 9 de dezembro de 1992 [49]
6 19 985 Avaí   1-2   Santos   Amistoso 15 de novembro de 1972 [48]
7 19 608 Avaí   2-0   Figueirense   Catarinense 10 de abril de 2000 [49]
8 19 591 Avaí   0-4   Internacional   Brasileiro Série A 19 de junho de 1976 [50]
9 18 540 Avaí   0-1   Flamengo   Brasileiro Série A 27 de abril de 1974 [50]
10 17 800 Avaí   3-2   Santos   Brasileiro Série A 28 de novembro de 2010 [49]
11 17 800 Avaí   3-0   Atlético Goianiense   Brasileiro Série A 21 de novembro de 2010 [49]
12 17 498 Avaí   0-0   Internacional   Brasileiro Série A 27 de novembro de 1977 [51]
Maiores públicos após as reformas da Ressacada em 2010
  • 28 de novembro de 2010 – Avaí 3-2 Santos (Campeonato Brasileiro Série A) - Público: 17.800[52]
  • 21 de novembro de 2010 – Avaí 3-0 Atlético Goianiense (Campeonato Brasileiro Série A) - Público: 17.800[53]
  • 12 de outubro de 2013 - Avaí 1-2 Chapecoense (Campeonato Brasileiro Série B) - Público 17.108 [54]
  • 2 de maio de 2010 – Avaí 2-0 Joinville (Campeonato Catarinense) - Público: 17.012[55]
  • 25 de maio de 2011 – Avaí 0-2 Vasco da Gama (Copa do Brasil) - Público: 16.920[14]
  • 6 de maio de 2012 – Avaí 3-0 Figueirense (Campeonato Catarinense) - Público: 16.434[56]
  • 3 de novembro de 2013 – Avaí 0-4 Figueirense (Campeonato Brasileiro Série B) - Público: 16.039[57]
  • 30 de abril de 2017 - Avaí 0-1 Chapecoense (Campeonato Catarinense) - Público: 15.754 [58]
  • 26 de novembro de 2016 - Avaí 1-1 Brasil-RS (Campeonato Brasileiro Série B) - Público: 15.564 [12]


 
Torcida do Avaí. Ressacada lotada em 2013

Recorde de público em 1988

No dia 17 de julho de 1988, o estádio da Ressacada registrou o maior público da história do campeonato catarinense até hoje. A final do campeonato catarinense contra o Blumenau, registrou um público total de 32.226[59] torcedores presentes, para uma renda de Cz$6.100.400,00. O Público pagante da partida foi de 25.735[59].

Houve superlotação em todos os setores do estádio, com milhares de pessoas ficando do lado de fora. No decorrer da partida, preocupada com os ânimos mais exaltados dos torcedores, a administração do estádio resolveu abrir os portões. O Avaí venceu o jogo por 2-1 e conquistou o seu 12° título estadual, para alegria da multidão que invadiu o campo para comemorar.

Avaí, paixão para toda vida

Avaí, paixão para toda vida é o projeto de "sócio-torcedor" do Avaí Futebol Clube criado em 2006. Este projeto foi criado para arrecadar mais sócios para o clube e identificar seus torcedores.
Em 2007 e 2008, o projeto sofreu uma reformulação. Novos planos foram criados, como a modalidade Seja Sócio Desta Paixão,[60] mudando também a taxa cobrada sobre o torcedor.

Camisa 12

Depois do jogo em que, mais uma vez, a torcida do Avaí deu show nas arquibancadas da Ressacada, a diretoria do clube anunciou a exclusividade do uso da camisa número 12 à torcida, imortalizando a mesma. Depois do jogo em que o Avaí venceu o Criciúma por 1 a 0[61] no dia 8 de fevereiro de 2007 pelo campeonato brasileiro da série B de 2007, a diretoria homenageou sua grande torcida com este feito.

Torcedores ilustres

ASSTA

A ASSTA (Associação Sociocultural dos Torcedores do Avaí) é uma entidade sem fins lucrativos, sediada em Florianópolis, fundada em 31 de outubro de 2003.

Vamos Subir Leão

Vamos Subir Leão é a campanha criada pela ASSTA em 15 de outubro de 2008, com o intuito de unir forças com a diretoria do Avaí Futebol Clube no objetivo de arrecadar fundos financeiros para o projeto do clube de ascender à série A do Campeonato Brasileiro de Futebol.

Estrutura

Estádio Adolfo Konder

 Ver artigo principal: Estádio Adolfo Konder

Estádio Adolfo Konder também conhecido com Campo da Liga ou Pasto do Bode, foi o estádio do Avaí nos anos de 1930 a 1982, quando o clube teve o seu atual estádio, a Ressacada, construído. Seu recorde de público é de 19.985 torcedores na partida Avaí 1-2 Santos, em 15 de agosto de 1972.[48]

Ressacada

O Estádio Aderbal Ramos da Silva, popularmente conhecido como Estádio da Ressacada, de propriedade do Avaí, foi construído nos anos de 1982 e 1983 em substituição ao antigo Estádio Adolfo Konder. Seu recorde de público é de 32.226 torcedores na final do campeonato catarinense de 1988.

Desde sua inauguração em 1983 até o ano de 2001, o estádio teve capacidade oficial para públicos superiores a 20 mil espectadores, recebendo todos os seus principais recordes de público durante este período. A partir de 2002 o estádio teve sua capacidade amplamente reduzida pela nova gestão, passando a receber lotações com borderôs reduzidos até o ano de 2009. Com as obras de ampliação do estádio finalizadas em 2010, a Ressacada tem atualmente, capacidade para 17.800 torcedores.

Desde sua inauguração, a Ressacada foi palco de três jogos da Seleção Brasileira e sete finais de campeonatos oficiais.

No dia 31 de agosto de 2007 o Avaí inaugurou, nas dependências do estádio, a Biblioteca Nereu do Vale Pereira.[62]

Em 2008 o Avaí apresentou o novo projeto com previsões de melhorias em seu estádio. O projeto consiste em ampliação do estádio para 30.000 lugares, cobertura nas arquibancadas com cadeiras assim como as sociais A e B, 400 camarotes novos com banheiros individuais, além de prédio de apoio, restaurante, academias, centro de fisioterapia, piscinas, memorial, praça de alimentação, loja do Avaí e setor administrativo.[63]

Em 2010 o estádio teve suas obras de ampliação finalizadas, com o rebaixamento dos novos setores cobertos e a colocação de cadeiras em todo o estádio. A Capacidade atual é de 17.800 torcedores.

Centro de treinamento

O Centro de Formação de Atletas (CFA), que também serve como centro de treinamentos, foi inaugurado em 3 de setembro de 2005. Um dos campos do local, que fica ao lado do Estádio da Ressacada, foi batizado "João Salum" em homenagem ao ex-presidente do clube de 1974 a 1976 e 1980 a 1983.[64]

Avaí Store

O Avaí possui uma rede de lojas oficiais chamada Avaí Store. Hoje, existe a matriz anexada ao estádio da Ressacada e a filial no Centro em Florianópolis, mas o projeto do clube é de ampliar a rede em filiais na mesma cidade e posteriormente em outras, divulgando muito mais a marca do clube.

Sede antiga

A antiga sede do então Avahy Foot-ball Club, localizava-se na Rua Conselheiro Mafra, nº 10 e foi inaugurada no dia 8 de setembro de 1931. A sede contava com um amplo salão de eventos, local para jogos e serviços de botequim. O evento de inauguração aconteceu às 17 horas daquela terça feira.

 
Fachada do Memorial.

Memorial

No dia 20 de julho de 2009, o Avaí inaugurou o memorial de atletas do clube. O local denominado de Memorial Adolfinho,[65] em homenagem ao ex-atleta do clube, conta com histórico de conquistas, ex-atletas, ex-treinadores e muitas curiosidades sobre o clube ao longo de sua existência. Também possui uma calçada da fama, inaugurada pelas mãos do próprio Adolfinho.[66]

O memorial está localizado no Setor A do Estádio da Ressacada, próximo aos bares, logo na estrada do gramado e é aberto ao público para visitação.

Uniformes

 Ver artigo principal: Uniformes do Avaí Futebol Clube

Jogadores

  • 1º - Camisa com listras verticais em azul e branco, calções brancos e meias brancas com listas azuis finas;
  • 2º - Camisa branca com detalhes de azul, calções azuis e meias azuis com listas brancas finas;
  • 3º - Camisa azul, calções e meias azuis;
     
 
 
1º Uniforme
     
 
 
2º Uniforme
     
 
 
3º Uniforme
     
 
 
Combinação

Goleiros

     
 
 
1º Uniforme
     
 
 
2º Uniforme

Patrocinadores e material esportivo

Segue uma relação dos patrocinadores e fornecedores de material esportivo do Avaí ao longo de sua história.[67].

Ano

Patrocinador

Material Esportivo

1981/1986

Adidas

1986/1987

Portobello

Adidas

1988/1989

Serietate

Campeã

1990

Dimas

Malharia NSA

1991

Formacco

Malharia NSA

1991/1992

ECE

Malharia NSA

1993

BESC

Malharia NSA

1994/1995

Pieri Sports

Malharia NSA

1996

Casas da Água

Pieri Sports

1997

Cap Ferrat

Pieri Sports

1998

Portobello

Pieri Sports

1999

Portobello

Avaí Sport Line

2000

Portobello

Planeta Sports

2001/2002

Portobello

Penalty

2003

Cimed e Portobello

Penalty

2004

Santa Rita

Penalty

2004

Claro

Penalty

2004

Arte Solidária, BACK e Claro

Penalty

2004

Portobello, BACK, Claro e Criciúma Construções

Penalty

2005

Claro e Motorola

Kappa

2005

Sucos Camp

Kappa

2005

Claro e Casas da Água

Kappa

2006

Pauta

Kappa

2007

Pauta, Cecomtur e Unimed

Kappa

2008

Pauta, Cecomtur e Unimed

Champs

2009

Pauta e Unimed

Champs

2009

Pauta, Repecon e Unimed

Champs

2009

Pauta, Andra, Brascopper, Coel, VVOA e Unimed

Champs

2009

Pauta, Andra, Brascopper, Coel, VVOA e Unimed

Fanatic

2010

Komeco, VVOA e Unimed

Fanatic

2010

Komeco, VVOA, Fisk e Unimed

Fanatic

2010

Intelbras, Komeco, VVOA e Unimed

Fanatic

2010

Komeco, VVOA, Herbalife, Fisk e Unimed

Fanatic

2011

Intelbras, Eletrosul, Komeco, VVOA e Unimed

Fanatic

2012

Eletrosul, VVOA, Unimed e Caixa Econômica Federal

Fanatic

2013

VVOA, Unimed e Caixa Econômica Federal

Fanatic

2014

VVOA, Unimed e Caixa Econômica Federal

Fila

2014

VVOA, Unimed, ICT do Brasil e Jinggong

Fila

Publicidade

De 1923 a 1987, o Avaí não fez qualquer tipo de publicidade de empresas em seu uniforme de jogo. Até quando o clube assinou um contrato de publicidade com a Formacco Decorama em 1983. Passou pela empresa Pedrita em 1984 e 1985, Portobello S.A. em 1986 e 1987 e, no ano seguinte, o patrocínio principal do time foi a Serietate, empresa do ramo imobiliário. O patrocínio perdurou até o ano de 1989, passando pela conquista do título do campeonato catarinense de 1988.

A marca das empresas, desde então, são estampadas centralmente na parte frontal, abaixo do escudo, da camisa, e, nas costas, acima do número que diferencias os futebolistas.

No ano de 1992, o Avaí assumiu em seu uniforme a marca da empresa catarinense ECE do ramo de engenharia.

Em 1993 o BESC (Banco do Estado de Santa Catarina), assumiu o posto de patrocinador do clube. Nos anos de 1994 a 1996 a antiga malharia Nossa Senhora Aparecida agora como Pieri Sports, reassume como patrocinador principal.

Em 1997 firmou parceria com a revenda autorizada da Peugeot Cap Ferrat, parceria esta que rendeu ao clube o título do campeonato catarinense de 1997.

Ainda no ano de 1998, ano da maior conquista do clube até o momento o Série C, firmou com o patrocínio da empresa do ramo de cerâmicas Portobello até o ano de 2002, parceria esta que se tornou a mais que duradoura da história do clube até hoje.

Entre os anos de 2003 e 2005 o clube não fechou nenhuma parceria duradoura para a exibição do patrocínio master, chegando em 2004 a utilizar o espaço para campanhas solidárias em parceria com a empresa D'Araújo Loducca.

Entre 2006 e 2009 o Avaí estampou o nome e a marca da empresa Pauta Distribuidora que atua no ramo de distribuição de produtos de informática.

Ao final do contrato com a Pauta, o Avaí permaneceu por um tempo sem o seu patrocinador master, inclusive na conquista do seu 15º Título Estadual. Foi na segunda rodada da Séria A do Campeonato Brasileiro, que o clube apresenta o seu mais novo parceiro, a Intelbras, que é uma empresa catarinense assim como o clube e do ramo de telecomunicações[68].

Após o clube não renovar o contrato com a Caixa Econômica Federal (que findava no dia 31 de maio de 2014), o clube fechou uma parceria com um grupo de empresários chineses no dia 3 de junho do mesmo ano. A parceria começou no mesmo dia, com os novos patrocinadores (Jinggong e ICT do Brasil), as duas marcas estampariam a camiseta avaiana. O projeto ainda visa, uma mega ampliação no estádio da Ressacada e obras ligadas ao Avaí na capital catarinense.[69][70]

Material esportivo

O primeiro fornecedor de material esportivo a estampar a sua marca na camisa do Avaí foi a alemã adidas no início da década de 80.

Nos anos de 1988 e 1989 o clube teve seus uniformes fornecidos pela marca catarinense Campeã.

A partir de 1990 deu-se início a parceria com a empresa Malharia Nossa Senhora Aparecida, que aproximadamente no ano 1994 passou a expor sua nova marca: Pieri Sports. A parceria durou até o ano de 1998.

Em 1999 o clube passou a fabricar seus próprios uniformes junto a empresa Planeta Sports, que no ano de 2000 passou a exibir seu logotipo nos materiais do clube.

No ano de 2001 assumiu o posto a empresa paulista Penalty, permanecendo até o ano de 2005.

No ano de 2005 é a vez da empresa italiana Kappa e permaneceu junto ao Avaí por 3 anos.

Em 2008, já para o campeonato catarinense a Champs assume o cargo permanecendo até meados do Campeonato Brasileiro de 2009, aonde que, por problemas de fornecimento de materiais, o Avaí rescinde contrato com a mesma.[71]

Logo ao final da antiga parceria, o Avaí que havia enfrentado problemas de formecimento de materiais com a Kappa e a Champs anuncia uma parceria com a Pieri Sports e assim como no ano de 1999 o próprio Avaí passa a fabricar seus próprios uniformes sob nova grife Fanatic.[72] Ao fim do contrato do clube com a Fanatic em 2013, o Avaí anuncia a nova parceria com a italiana Fila, para a temporada de 2014.[73][74]

Diretoria

Nominata atual
Diretoria
Nome Função
  Nilton Macedo Machado Presidente Executivo
  Eduardo Gomes Vice-Presidente Executivo
  Eduardo Gomes Diretor de Futebol
  Nerto Laudelino Machado Diretor Administrativo e Financeiro
  Davi Ferreira Lima Diretor de Patrimônio e Manutenção
  Ênio Gomes Diretor de Planejamento
  Nesi Nilda Brina Furlani Diretora Social
  Amaro Lúcio da Silva Diretor de Marketing e Comercialização
  Sandro Roberto Zunino Diretor das Categorias de Base
  Hugo Dittrich Diretor de Tecnologia e Informática
  Francisco José Battistotti Diretor de Auditoria e Controle
  Hercílio Costa Neto Diretor de Esportes Olímpicos
  Dr. Pedro Araujo Diretor Dep. Médico

Ex-presidentes[75]

Futebol feminino

No ano de 2008, em uma parceria com a Associação Canto do Rio de Florianópolis, o Avaí Futebol Clube fundou o seu departamento de futebol feminino. A iniciativa teve a participação do presidente do clube João Nílson Zunino e do Instituto Avaí. As meninas do Avaí já em sua primeira competição oficial, que foi o Campeonato Estadual do mesmo ano, conquistaram o vice-campeonato. No ano de 2014 a divisão de futebol feminino do clube sofreu uma nova reestruturação, com o apoio do então novo presidente do clube Nilton Macedo Machado o futebol feminino ganhou força e voltou às disputas estaduais e nacionais.[76][77]

Histórico em competições oficiais

Campeonato Catarinense

Ano 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014
Pos. * *


Campeonato Brasileiro

Ano 2013 2014
Pos. *

Títulos

Jogadoras convocadas para a Seleção Brasileira

  • Anelise Salvaro Lorenzon, goleira, convocada para o mundial feminino sub-17 da Nova Zelândia, em 2008;[78]
  • Thatiane Aparecida Gonzaga, lateral esquerda, convocada para o mundial feminino sub-17 da Nova Zelândia, em 2008.[78]

Futsal

O Avaí Futebol Clube e o Lagoa Iate Clube (LIC) firmaram uma parceria visando formar equipes competitivas de futsal nas categorias Sub-11 e Sub-13 para disputar os campeonatos estadual e regional.

Os clubes entraram em acordo no final de janeiro de 2007 e as equipes já estão em pré-temporada, já que a temporada será iniciada em abril de 2007. Além de fortalecer as equipes de competição, o Avaí-LIC iniciou as atividades de sua escolinha de futsal, visando repassar aos jovens atletas de 5 a 14 anos os fundamentos dessa modalidade esportiva.

O LIC vem investimento na compra de equipamentos para treino e reformando seu ginásio de esportes, onde se encontram as duas quadras em que são realizadas as aulas.

O professor Alex Silva, (eleito o melhor treinador da categoria Sub-9 em 2006, pela Liga de Florianópolis, e o melhor técnico das seleções catarinenses Sub-9 e Sub-11[79]) é o responsável pelas escolinhas de futsal.

Títulos

Sub-12
Sub-13
Sub-14
Sub-15
Principal
  • Campeão Catarinense da 1ª Divisão - 2010[80]

Futebol de areia

O Avaí Beach Soccer estreou em competições oficiais no Campeonato Catarinense de Beach Soccer no ano de 2012. Logo em sua primeira participação e inauguração da competição, o Avaí sagrou-se campeão.[81][82] No ano seguinte, a equipe conquistou o vice campeonato.[83]

Titulos

O Avaí Beach Soccer chegou em (5) cinco Finais das (6) seis competições realizadas no estado de Santa Catarina promovidas pela Federação Catarinense de Beach Soccer (FCBS). Veja abaixo:

  • Campeão Catarinense 2012
  • Campeão Seletiva Grande Florianópolis 2012
  • Vice-campeão Catarinense 2013
  • Vice-campeão Desafio Fair Play Floripa 2013
  • Vice-campeão Desafio Catarinense 2013

A equipe de Beach Soccer do Avaí foi a primeira do estado de Santa Catarina a participar uma competição Nacional:

  • Copa do Brasil de Clubes de Beach Soccer 2012 - (Cidade sede: Rio de Janeiro/ RJ)

Participação em competições Nacionais:

  • Copa do Brasil de Clubes de Beach Soccer 2012 - (Cidade sede: Rio de Janeiro/ RJ)
  • SuperCopa Brasil de Clubes de Beach Soccer 2012 - (Cidade sede: Rio de Janeiro/ RJ)
  • Desafio Fair Play Floripa de Clubes de Beach Soccer 2013 - (Cidade sede: Florianópolis/ SC)
  • Copa Brasil de Clubes de Beach Soccer 2013 - (Cidade sede: Manaus/ AM)
  • Copa Brasil de Clubes de Beach Soccer 2014 - (Cidade sede: Manaus/ AM)

Colocação no Ranking Nacional de Clubes de Beach Soccer:

  • 15º colocado

O Avaí Beach Soccer é carinhosamente conhecido pela imensa torcida Azul e Branca por "Leão da Praia"que por sua vez também é tradicionalmente chamado de "Leão da Ilha".

Principais Jogadores:

  • Cleitinho
  • Coruja
  • Dunga
  • Fabrício
  • Farinha
  • Leandro
  • Willian
  • Zé Boca
  • Zia

Elenco 2014:

  • Goleiros: Gustavo Bertoli e Thiago
  • Centrais: Anderson Canela, Farinha e Willian
  • Alas: Coruja, Dunga, Dunga Potiguar, Guto
  • Pivôs: Flávio, Zé Boca e Zia
  • Técnico: Otoniel Gonçalves

Futebol society

Em fevereiro de 2009, o Avaí lança a sua primeira equipe de Futebol Society. Diante do grande crescimento da modalidade em Florianópolis e em todo o Brasil, o clube se faz presente também em mais este esporte. A primeira competição que disputou foi a V Floripa Cup e, posteriormente, o Campeonato Brasileiro de Clubes.[84]

Categoria master

O Avaí possui uma organização voltada ao Futebol Master onde, além de resgatar as gloriosas memórias do clube através de seus ex-atletas profissionais, ainda incentiva a prática do esporte a qualquer idade.
No ano de 2007 o elenco foi formado pelos seguintes atletas:

  •   Flávio Roberto
  •   Juninho
  •   Luciano
  •   Marcelinho
  •   Naninho
  •   Nico

Títulos

  • 6ª Copa Master Torcedor - 2007

Copa Avaí

A Copa Avaí é um torneio organizado anualmente pelo Instituto Avaí de Responsabilidade Social, juntamente com a Prime Sports Group. O torneio é disputado nas seguintes categorias: Sub-12, Sub-15 e Feminino. A primeira edição foi disputada em 2007, com jogos no Centro de Formação de Atletas, e as finais disputadas no Estádio da Ressacada, geralmente em preliminares de jogos do Campeonato Brasileiro.

Em sua primeira edição, em 2007, a Copa Avaí foi disputada por 18 equipes e 450 crianças e adolescentes. Em 2008, o evento reuniu 40 equipes e um total de 1.000 atletas. Já em 2009, participaram 40 equipes e clubes de sete cidades, incluindo Curitiba. Em 2010, devido à redução de um campo no Centro de Treinamentos, o torneio passou a contar com 24 equipes.

Campeões

Ano

Sub-12

Sub-15

Feminino

2007

Palmeiras (Florianópolis)

Canto do Rio (Florianópolis)

2008

Canasvieiras (Florianópolis)

Triunfo (Florianópolis)

Avaí (Florianópolis)

2009

Posto Biguaçú (Biguaçu)

Vila (Florianópolis)

2010

Canasvieiras (Florianópolis)

Núcleo Avaí Ilha (Florianópolis)

Esportes Olímpicos do Avaí Futebol Clube. Esportes olímpicos

  Ciclismo

Em meados da década de 1990, o arquiteto Hercílio Costa Neto foi convidado para dirigir o Departamento de Esportes Olímpicos do Avaí Futebol Clube. Ele aceitou e surgiu, então, o esporte amador no clube, principalmente o ciclismo que seria destaque nacional e internacional nos anos seguinte.

A estreia do ciclismo avaiano aconteceu em 1997 na Volta Ciclística de Santa Catarina (atualmente Tour de SC). O Avaí conquistou a 3ª colocação por equipes. No final do ano de 1997, o ciclismo do Avaí já era campeão individual e por equipes.

Nos anos seguintes, o ciclismo do Avaí conquistou vários títulos estaduais. Nos jogos abertos, foi campeão por sete anos seguidos, de 1999 a 2005, além de dois troféus nos Joguinhos Abertos de 2001 e 2002. Todas as conquistas em Santa Catarina renderam levaram a equipe a ser indicada pelo ranking da Federação Catarinense de Ciclismo como a melhor de Santa Catarina por seis anos seguidos (1997 a 2002) e três vezes a melhor nas categorias Júnior (1998/1999/2002) e Juvenil (1997/2000/2001).

Fora do estado, a equipe do Avaí esteve presente em algumas grandes competições. Ela foi campeã três vezes da Volta internacional de Porto Alegre (1998/2001/2003) e vice-campeã em 2002. Em 2005, foi campeão individual do Tour de SC, com o atleta argentino Matías Medici, primeiro estrangeiro a vencer a competição. Na Volta de São Paulo, ficou em segundo lugar, sendo que os dois eventos contam pontos ao ranking da União Ciclista Internacional (UCI).

Em abril, o ciclismo do Avaí participou da 64ª Volta Ciclística do Uruguai. Ramiro Cabrera foi vice-campeão na categoria Sub-23. Outras competições internacionais que o Avaí participou foram: Rutas de América e Volta Ciclística Internacional da Juventude, ambas no Uruguai.

O ano de 2007 começou bem para o ciclismo da Ressacada, que é o atual líder catarinense por equipe. Foi a melhor equipe catarinense no Circuito do Boa Vista, prova nacional realizada em Joinville.

Atualmente é a única equipe de ciclismo de Santa Catarina a competir em nível nacional e internacionalData=Janeiro de 2008.

Atletas

Títulos

  • Campeã Geral por equipe da Volta de São Paulo de Ciclismo - 2008
  • Campeão de Montanha, Atleta Marcelo Moser - 2008
  • Campeão Geral da 6º Volta Ciclística Internacional de Gravataí, atleta Ramiro Cabrera Gonzalez - 2008
  • Campeão da Vuelta Internacional do Uruguay Sub-23 - 2009
  • Campeão Brasileiro de Contra-Relógio individual na categoria ELITE, atleta Rodrigo do Nascimento - 2009

  Hipismo

Em fevereiro de 1998, a ideia de montar uma equipe de hipismo foi realizada. O empresário Osvaldo José Vidal com apoio da diretoria do clube, passou a apostar no potencial de seus filhos, praticante do hipismo, cobrindo as despesas da modalidade no clube. O grande objetivo era aumentar o público nas provas da modalidade dentro do Avaí.

Principais resultados

  Basquete

Em junho de 1998, o Leão assinou contrato com a AABB para divulgar o basquetebol da associação em troca da veiculação da marca "Avaí" em suas camisetas. Surgia a equipe AABB/FME/Avaí que particiou por um bom tempo de campeonatos citadinos, estaduais, nacionais e internacionais dentro dessa nova "cancha".

Principais resultados
  • Campeão Metropolitano (infantil)
  • Campeão Metropolitano (infanto-juvenil)
  • Campeão Metropolitano (juvenil)
  • Campeão Metropolitano (adulto)
  • Campeão da Copa Nordeste de Basquete (infantil)
  • Campeão Estadual de basquete (infanto-juvenil)
  • Campeão Regional do Jesc de 2010 (infanto-juvenil)[85]

Marketing e mídia

Instituto Avaí

 Ver artigo principal: Instituto Avaí Futebol Clube

Fundado em Janeiro de 2006, com o objetivo de apoiar e desenvolver ações de promoção desportiva, cultural, educacional e inclusão social, visando sempre preservar e desenvolver o patrimônio físico e humano do Avaí Futebol Clube, o Instituto Avaí segue promovendo atividades junto a seu quadro de funcionários e a comunidade. O Avaí é o primeiro clube brasileiro[86] a possuir um instituto desse tipo, seguindo o bom exemplo de outros grandes clubes do mundo.

Rádio

O Avaí apresentou em 27 de outubro de 2006, num jogo válido pelo campeonato brasileiro da série B, a Rádio Avaí. O clube, em parceria com outras empresas do ramo, criou a Rádio Avaí, que é uma rádio transmitida via internet e que apresenta ao internauta, além de música, boletins com notícias do Avaí, entrevistas e curiosidades.

O Avaí tornou-se, segundo divulgou em seu site oficial,[87] o primeiro clube do mundo a ter uma rádio via internet com 24 horas de programação e transmissões ao vivo.

Jornal

Foi lançado no dia 2 de maio de 2007, o Jornal do Avaí (JA).[88] Trata-se de mais um meio de comunicação do clube com os seus sócios, torcedores e demais.

A cada mês têm-se uma nova edição do jornal com notícias sobre o clube, diretoria, categorias profissional, feminina e de base, esportes olímpicos, parceiros do Avaí, campeonatos em disputa, palavra do presidente, memória Avaiana e muito mais.
O edição fica em responsabilidade do assessores de imprensa do clube Alceu Atherino Neves e Gastão Dubois.

Publicações sobre o Avaí

Livros
  • BARRETO NETO, Alexandrino. Avaí Futebol Clube. Editora Nova Letra, 2008. ISBN 9788576823605
  • GUIMARÃES FILHO, Anatólio Pinheiro. Avaí em Prosa e Verso. Autores Catarinenses, 2009.
  • KLUSER, Adalberto Jorge; MATOS, Felipe; DIAMANTARAS, Spyros Apóstolo. Time da Raça - Almanaque dos 90 anos do Avaí Futebol Clube, 2014.
  • Revista Oficial do Avaí Futebol Clube (bimestral).
Vídeos e filmes
  • Vamos Subir Leão - A conquista do acesso (DVD): Roteiro e Produção Executiva de Diogo Kleinubing e Nilo Sérgio Santiago, Direção de Marcos Bittencourt, duração de 1h20min, 2009.
  • Leão da Ilha - 73 anos - (VHS): Roteiro e Direção: Adalberto Jorge Klüser, Produção: Ilhacolor, duração de 31min, 1996.

Ver também

Referências

  1. Cadastro Nacional de Estádios de Futebol
  2. Confederação Brasileira de Futebol (13 de dezembro de 2016). «RNC - Ranking Nacional dos Clubes 2017» (PDF). Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 16 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 20 de dezembro de 2016 
  3. «Ranking de torcidas: Confira qual rival tem a maior torcida em todo Brasil». Futebol Interior. 1 de janeiro de 2014. Consultado em 1 de janeiro de 2014 
  4. a b c Pluri Consultoria - 1ª Pesquisa PLURI sobre o Potencial de Consumo das Torcidas Brasileiras - Parte I: O tamanho das Torcidas
  5. a b «Ranking de torcidas: Confira qual rival tem a maior torcida em todo Brasil». Futebol Interior. 1 de janeiro de 2014. Consultado em 25 de abril de 2014 
  6. a b «1ª Pesquisa PLURI STOCHOS - Tamanho de Torcidas» (PDF). Pluri Consultoria. Consultado em 25 de abril de 2014 
  7. a b «1ª Pesquisa PLURI STOCHOS - Tamanho das Torcidas por Região - Parte 4: Região Sul» (PDF). Pluri Consultoria. Consultado em 25 de abril de 2014 
  8. «Avaí Futebol Clube - História do clube». Consultado em 26 de janeiro de 2007 
  9. a b «ClicRBS - Avaí faz a melhor campanha de um time catarinense no Brasileirão» 
  10. a b «Zero Hora». Consultado em 12 de dezembro de 2009 
  11. http://www.clicrbs.com.br/especial/sc/qualidade-de-vida-sc/19,0,2628208,Sensacional-Avai-goleia-Flamengo-e-chega-ao-G-4-do-Brasileirao.html
  12. a b http://ndonline.com.br/florianopolis/esportes/avai-e-vice-campeao-da-serie-b-do-brasileirao-com-empate-diante-do-brasil-de-pelotas
  13. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome zerohora.clicrbs.com.br
  14. a b «Irretocável, Vasco vence o Avaí e está na decisão da Copa do Brasil». Estadao.com. 25 de maio de 2011. Consultado em 13 de maio de 2013 
  15. a b Sousa, Jairo Roberto de. Figueirense x Avaí - o clássico de Florianópolis. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2005
  16. http://www.rsssfbrasil.com/miscellaneous/mediaspub.htm
  17. «Bola n@ Área - Campeonato Brasileiro Série B 2001.». Consultado em 5 de setembro de 2008 
  18. «Futebol Interior - Seleção dos Internautas: Avaí deixa corintianos de fora.». Consultado em 30 de dezembro de 2008 
  19. «Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte - CED anuncia os melhores do esporte no Troféu Gustavo Kuerten.». 19 de janeiro de 2009 
  20. «Futebol SC - Avaí volta a ser campeão após 11 anos.». 4 de maio de 2009 
  21. a b «Terra - Festa por título do Avaí reúne 20 mil torcedores». 4 de maio de 2009 
  22. FutebolSC - Avaí vence o JEC e conquista o bicampeonato
  23. «Elenco Avaí Futebol Clube (site oficial)». Avaí 
  24. «Elenco Avaí (OGol)». OGol 
  25. «Sou Avaiano - Os 11 melhores de todos os tempos.». Consultado em 11 de janeiro de 2008 
  26. «ClicRBS - Goleiro Renan, do Avaí, é o primeiro jogador de um clube catarinense a ser convocado para a Seleção Brasileira». Consultado em 26 de julho de 2010 
  27. «Avaí FC - Goleiro avaiano é convocado para a Seleção Sub-19». Consultado em 30 de julho de 2010 
  28. «Avaí Futebol Clube - Goleiro Vítor é campeão pela Seleção Sub-16». Consultado em 27 de julho de 2010 
  29. «RSSSF - Seleção Brasileira restritiva 1984-1987». Consultado em 10 de janeiro de 2008 
  30. «Meu Sport - Seleção sub-20 se apresenta segunda». Consultado em 9 de janeiro de 2008 
  31. «Avaí Futebol Clube - Escudo.». Consultado em 10 de janeiro de 2008 
  32. «Sou Avaiano - História Azurra 1970 a 1979». Consultado em 10 de janeiro de 2008 
  33. «Avaí Futebol Clube - Hino.». Consultado em 10 de janeiro de 2008 
  34. a b c «Novo ranking de público tem Fla e Corinthians em últimos; Sampaio Corrêa lidera. Entenda». Globoesporte.com. 1 de janeiro de 2014. Consultado em 1 de janeiro 2014 
  35. «mktesportivo.com.br». Consultado em 28 de julho de 2008 
  36. «Floripa tem o coração partido». Consultado em 28 de julho de 2008 
  37. «Outer Space - Fórum». Consultado em 28 de julho de 2008 
  38. Avaí Futebol Clube - Pesquisa aponta Avaí com maior torcida
  39. «Avaí bate o Figueirense em pesquisa de torcidas em Santa Catarina». GloboEsporte.com. 30 de agosto de 2011. Consultado em 22 de outubro de 2014 
  40. Avaí Futebol Clube - Santa Catarina é azul e branca!
  41. Ranking do PayPerView 2011
  42. «Pesquisa PLURI STOCHOS das maiores Torcidas do Brasil» (PDF). Pluri Consultoria. 26 de março de 2013. Consultado em 27 de março de 2013 
  43. «Nova pesquisa de torcidas mostra Vasco à frente do Palmeiras». Globoesporte.com. 26 de março de 2013. Consultado em 27 de março de 2013 
  44. «Região Sul é a única em que clubes do Sudeste não têm maiores torcidas». Globoesporte.com. 9 de abril de 2013. Consultado em 9 de abril 2013 
  45. «Presidente do Avaí revela que meta do clube é chegar ao 25 mil sócios em 2011». Hagah. 2 de novembro de 2010. Consultado em 17 de junho de 2013 
  46. «Médias de Público dos principais clubes do Brasil». RSSSF. 2 de novembro de 2010. Consultado em 17 de junho de 2013 
  47. «Médias de Público dos principais clubes do Brasil». RSSSF. 2 de novembro de 2010. Consultado em 17 de junho de 2013 
  48. a b c http://www.rsssfbrasil.com/miscellaneous/attendsc.htm
  49. a b c d e f g http://www.infoesporte.com.br/noticias/avai/estatisticas/14102013/publico-de-avai-x-chape-e-um-dos-maiores-da-historia-da-ressacada/
  50. a b http://www.campeoesdofutebol.com.br/avai_publicos.html
  51. http://www.memoriaavaiana.com.br/avai-x-inter-de-falcao-1977
  52. «Caio faz três e coloca o Avaí na Série A de 2011». Futebol SC. 28 de novembro de 2010. Consultado em 13 de maio de 2013 
  53. «Avaí 3 x 0 Atlético-GO - Leão dá show e sai da zona de rebaixamento!». Futebol Interior. 21 de novembro de 2010. Consultado em 13 de maio de 2013 
  54. «FRIA E FATAL! CHAPE FAZ NO COMEÇO DE CADA TEMPO E VENCE O AVAÍ FORA». Globo Esporte. 12 de outubro de 2013. Consultado em 12 de outubro de 2013 
  55. «Avaí Vence Joinville e conquista o bicampeonato catarinense». Quero Ver Gol. 2 de maio de 2010. Consultado em 13 de maio de 2013 
  56. «Ficha Técnica: Avaí 3 x 0 Figueirense». Rádio Difusora. 6 de maio de 2012. Consultado em 13 de maio de 2013 
  57. «Figueirense vence o Avaí na Ressacada». Globo Esporte. 3 de novembro de 2013. Consultado em 3 de novembro de 2013 
  58. http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/jogo-ao-vivo/catarinense/avai-e-chapecoense-30-04-2017-1600
  59. a b Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome rsssfbrasil.com
  60. «SouAvaiano - Sócio do Coração.». Consultado em 18 de agosto de 2008 
  61. «futebolsc.com». 2 de julho de 2008. Consultado em 2 de julho de 2008 
  62. «Sítio oficial do Avaí.». Consultado em 2 de abril de 2008 
  63. «Avaí Futebol Clube - Estádio (Projeto Novo).». Consultado em 28 de julho de 2008 
  64. «Avaí inaugura CFA». SouAvaiano.com.br. 3 de setembro de 2005. Consultado em 22 de outubro de 2014 
  65. «ClicRBS - Avaí inaugura Memorial dos Atletas no estádio da Ressacada» 
  66. «Diário Catarinense (Roberto Alves) - Contra-Ataque.» 🔗 
  67. Livro: A história das camisas dos 12 maiores times do Brasil, por Paulo Gini e Rodolfo Rodrigues.
  68. Avaí F.C. - Intelbras é o novo patrocinador Master do Avaí
  69. Avaí F.C. - Clube tem novo patrocinador máster
  70. Diário Catarinense - Avaí anuncia novo patrocinador máster: ICT do BRASIL
  71. «ClicRBS - Avaí rescinde com fornecedor de material esportivo e deve apresentar camisa nova» 
  72. Avaí F.C. - Avaí lança marca Fanatic
  73. «Avaí assina contrato com novo fornecedor de material esportivo». Globoesporte.com. 3 de janeiro de 2014. Consultado em 5 de fevereiro de 2014 
  74. «Avaí fecha contrato com a FILA por duas temporadas». Lancenet!. 17 de janeiro de 2014. Consultado em 5 de fevereiro de 2014 
  75. «Avaí Futebol Clube - Galeria ex-presidentes.». Consultado em 10 de janeiro de 2008 
  76. «Time Feminino assina contrato». Avaí FC. 17 de junho de 2014. Consultado em 18 de setembro de 2014 
  77. «Avaí passa a ter futebol feminino para a disputa do Catarinense e Brasileiro». GloboEsporte.com. 18 de junho de 2014. Consultado em 18 de setembro de 2014 
  78. a b «- Relação de convocadas da CBF para o mundial sub-17 2008». Consultado em 11 de julho de 2008 
  79. «Avaí Futebol Clube - Avaí abre escolinhas de futsal no LIC - 15 de julho de 2008» 🔗 
  80. Avaí FC - Moitas/Avaí é campeão
  81. «Avaí fatura o Campeonato Catarinense de Beach Soccer». ND Online. 23 de janeiro de 2012. Consultado em 8 de maio de 2013 
  82. «Avaí é o primeiro campeão do Campeonato Catarinense». CBBS. 23 de janeiro de 2012. Consultado em 8 de maio de 2013 
  83. «Beach Soccer fica em segundo lugar». Avaí. 5 de maio de 2013. Consultado em 8 de maio de 2013 
  84. «Avaí Futebol Clube - Avaí terá equipe de Futebol Society - 17 de fevereiro de 2009» 🔗 
  85. Avaí FC - BASQUETE: Equipe Sub-14 do Avaí é campeã
  86. «FutebolSC.com.». Consultado em 17 de julho de 2007 
  87. «Avaí Futebol Clube - Foi um sucesso o lançamento da Rádio Avaí, ocorrido na noite da última sexta-feira». Consultado em 1 de setembro de 2008 
  88. «Avaí Futebol Clube - Avaí lança Jornal». Consultado em 1 de setembro de 2008 

Ligações externas