Pedro Parigot de Souza

(Redirecionado de Pedro Parigot de Sousa)

Pedro Viriato Parigot de Souza (Curitiba, 26 de fevereiro de 191611 de julho de 1973) foi um engenheiro civil e político brasileiro.[1][2]

Pedro Viriato Parigot de Souza
Pedro Parigot de Souza
50.º Governador do Paraná
Período 23 de novembro de 1971
até 11 de julho de 1973
Antecessor(a) Haroldo Leon Peres
Sucessor(a) João Mansur
Presidente da Copel
Período 10 de fevereiro de 1961
até 2 de junho de 1970
Dados pessoais
Nascimento 26 de fevereiro de 1916
Curitiba, Paraná
Morte 11 de julho de 1973 (57 anos)
Curitiba, Paraná
Nacionalidade brasileiro(a)
Progenitores Mãe: Aline Cordeiro Parigot de Souza
Pai: Luiz Parigot de Souza
Partido ARENA
Profissão engenheiro civil

Biografia editar

Formado em engenharia civil pela Universidade Federal do Paraná, com especialização em engenharia hidráulica na França. Foi engenheiro da Secretaria de Viação e Obras Públicas do Paraná e do Departamento Nacional de Portos, Rios e Canais, tendo atuado como fiscal das obras de atracação dos portos de Paranaguá e Antonina, naquele estado, e como chefe das obras de regularização fluvial do rio Iguaçu.

Lecionou hidráulica e hidrologia na Universidade Federal do Paraná. Fundou o Centro de Estudos Hidráulicos do Paraná (CEHPAR), posteriormente denominado Centro de Estudos Hidráulicos Parigot de Souza. Sua vida profissional desenvolveu-se, sobretudo, em projetos e estudos de usinas hidrelétricas no laboratório de hidráulica do CEHPAR, sendo autor de diversos livros sobre o assunto. Foi Presidente do Instituto de Engenharia do Paraná.

Foi Diretor Técnico da Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel) - posteriormente denominada Companhia Paranaense de Energia (Copel) -, na etapa de organização da empresa, em 1955 e 1956, tornando-se posteriormente Presidente[2] desta empresa, de 10 de fevereiro de 1961 a 2 de junho de 1970, período no qual prosseguiu na carreira de docente e pesquisador. Presidiu o Conselho de Administração da Central Elétrica Capivari-Cachoeira S.A (Eletrocap), desde a construção da empresa, em novembro de 1963 até junho de 1970, e exerceu o cargo de secretário executivo do Comitê Coordenador dos Estudos Energéticos da Região Sul (Enersul).[1]

Elegeu-se vice-governador do estado do Paraná em 1971, por via indireta. No mesmo ano, o governador Haroldo Leon Peres foi acusado de corrupção e renunciou, ocasião em que o Prof. Parigot assumiu o governo do estado.

Durante sua gestão, já acometido pelo câncer, licenciou-se várias vezes para tratamento, vindo a falecer no exercício do cargo, quando foi substituído por João Mansur, presidente da Assembléia Legislativa. Em conformidade com a Emenda Constitucional nº 2, de 1972, um novo governador foi escolhido pelo legislativo estadual.

Referências

  1. Pedro Viriato Parigot de Souza casa Civil Governo do Paraná
  2. a b «Galeria de Presidentes da Copel». Companhia Paranaense de Energia - Copel. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Precedido por
Haroldo Leon Peres
Governador do Paraná
1971 — 1973
Sucedido por
João Mansur